Rui Teixeira
Rui Teixeira

Chega com o vestido de noiva, os convidados sentados admiram subitamente a sua presença e o par já está à espera no altar para que comecem as celebrações. É normalmente a noiva quem chega em segundo lugar acompanhada de uma figura paterna para encarar finalmente o noivo! Mas há também quem deseje ajuda a escolher o penteado de noiva, não fazendo sentido traçar este caminho separados. Se já enviaram os convites de casamento, saibam tudo sobre estes protocolos e a melhor forma de chegar à cerimónia!

Cumprir a tradição

Cerimónias puramente tradicionais tendem a cumprir as normas da forma como está estipulado no protocolo. É, assim, ditado que a noiva deve entrar acompanhada do pai ou de uma figura paterna, que se posiciona do seu lado direito. À chegada ao altar, o noivo levanta o véu que compõe o vestido de noiva simples e vê pela primeira vez a sua noiva!

A ordem de chegada

A entrada da mãe da noiva indica que a cerimónia está prestes a começar. Afinal, é ela quem entra em primeiro lugar e se senta à esquerda, no corredor da primeira fila. De seguida, é o noivo quem toma o seu lugar no altar, aguardando por todos os outros participantes. Hoje, muitos casais escolhem que os pais os acompanhem durante todo o caminho até ao corredor.

Tiago & Samantha
Casamento de Tiago & Samantha

O padrinho dos noivos entra lateralmente, pode ou não segurar as alianças de casamento e posiciona-se ao lado do noivo. Segue-se a madrinha e os restantes padrinhos. Por fim e, se o padrinho não carregou as alianças, é a vez dos meninos das alianças as trazerem e antecederam a noiva na sua entrada. Antes da cerimónia, a dama de honor ajuda com o vestido de noiva com renda e a colocar o véu, certificando-se de que tudo está perfeito!

Espaço para inovar

Se há um dia que deve ser planeado exatamente à vossa imagem, é o do casamento! Daí que muitos noivos apareçam já em simultâneo no altar. Se antes era comum que passassem a noite anterior em espaços separados e não se vissem antes de trocar alianças de ouro branco, cada vez menos sentido faz para os casais obedecer a este protocolo, acabando eles próprios por ditar as regras a seguir!

Marco Gaspar - Fotografia
Marco Gaspar - Fotografia

Em boa companhia

Se escolherem não caminhar juntos até ao altar, há muitos e bons companheiros para vos esta primeira etapa! Alguns noivos escolhem subir ao altar com os mais novos – normalmente os meninos das alianças – ou com um ente querido mais velho, criando uma memória única e muito simbólica para este familiar! Não há regras que ditem quem vos deve acompanhar, tratando-se normalmente de alguém especial para os noivos. Irmãos, amigos de longa data ou qualquer membro da família que queiram manter bem perto no momento antes de ter a aliança de casamento na mão serão sempre uma boa aposta!

Ou a solo

A última tendência nesta marcha nupcial é precisamente os noivos caminharem sozinhos até ao altar! Sinal de confiança, independência e muito amor, estão afinal rodeados das pessoas mais importantes da vossa vida. Abracem este momento de introspeção, pois o amor e apoio incondicional são já partilhados muito antes de organizar o grande dia!

Rui Teixeira
Rui Teixeira

Com a tua cara metade, com alguém que consideres muito especial, ou sozinha? Se já tens o anel de noivado, como pensas subir ao altar? Trata-se de uma decisão tão pessoal como ajudar as tuas damas de honor com os vestidos de cerimónia, ou tratar das entradas dos mais pequenos sem instaurar o pânico. Mas em último caso, resume-se a pensar qual será a tua melhor companhia no momento!