João Rebola Photography
João Rebola Photography

O dia C está cada vez mais próximo e começas a sentir um nervoso miudinho... Que vestido de noiva escolher? Que tipo de bolo de casamento melhor se encaixa nos vossos gostos? E onde encontrar aquele topo de bolo de casamento que viste numas fotografias? Será que vais conseguir organizar todos os pormenores do casamento no meio de tanta ansiedade? Talvez este seja o momento de contratar alguém especializado em casamentos, com a experiência e criatividade necessárias para ajudar-vos com os assuntos que envolvem o vosso grande dia!

Neste artigo ajudamos-te a definir algumas características que deves procurar numa Wedding Planner:

Casa dos Arcos Boavista
Casa dos Arcos Boavista

Compatibilidade e experiência

Lembra-te: vais ter de passar vários meses na companhia desta pessoa, por isso é importante que exista empatia e conexão. Também interessa a experiência que tenha, claro está, mas tendo em conta que é a tua visão que deve ser posta em prática, conta que a prioridade da wedding planner seja ajudar-te e não alterar os teus planos. A sua função é interpretar, polir e executar os teus desejos para que possas ter um dia inesquecível, exatamente como sonhaste (ou até melhor!). Deste modo, é importante com converses com potenciais wedding planners e compreendas se existe sintonia. Se partilham o mesmo gosto no estilo de penteados para cabelos compridos já é um bom começo!

Passa as tuas ideias ao papel

A primeira coisa a fazer, depois de toda a inspiração que já viste (das propostas de decoração das mesas às ideias para lembrancinhas de casamento), é criar um projeto conciso do tipo de festa que queres levar a cabo e quanto pretendes gastar. Investiga que trabalhos a profissional já fez e confirma que se enquadram no estilo que procuras. Nesta altura, o ideal é que tenhas na tua lista cerca de três potenciais wedding planners.. Se se inserem na tua visão, orçamento, e estão disponíveis na data que escolheste, é hora de conhecê-las pessoalmente! 

Herdade da Matinha
Herdade da Matinha

A primeira entrevista

Para o primeiro encontro, leva contigo tudo o que conduziu a tua maravilhosa inspiração (desde as ideias para convite de casamento até ao bouquet), assim como a lista de convidados e o orçamento que têm previsto. Lembra-te também de antever possíveis contratempos e pormenores (por exemplo, que podem existir vários convidados com alergias alimentares e que esta informação pode determinar a escolha de um bolo de casamento original ou de todo o buffet). Finalmente, é fundamental saber com detalhe o tipo de serviços que a organizadora oferece e se vão de encontro a tudo o que necessitas. Em conclusão, a primeira entrevista deve servir para partilhar informação e discutir tarefas e orçamentos. 

Contactar outros noivos

É normal que o organizador de casamentos deixe uma lista de referências que deves contactar antes de tomar uma decisão. Falar com outros noivos pode ser importante para não se sentirem defraudados no grande dia. Podes perguntar se o organizador cumpriu o orçamento, se as prometidas lembrancinhas de casamento baratas eram mesmo baratas, se as expectativas do casal foram cumpridas, se ficaram satisfeitos, se houve imprevistos e como foram resolvidos... Toda este feedback fará com que se sintam mais seguros.

Agora que já sabes as guias gerais de como contratar uma organizadora de casamentos, segue mais uma vez a tua intuição e volta a rever aquelas imagens inspiradoras de penteado de noiva! Um daqueles penteados com caracóis era muito charmoso, não achas?