Ilustre Fotografia

O número de convidados pode ser reduzido, mas tal não significa que o casamento não necessite de igual atenção e preparativos. No fundo, muitos dos passos serão os mesmos, independentemente de quantas pessoas estarão presentes.

Esta modalidade de casamentos tem vindo a conquistar cada vez mais adeptos, uma vez que torna o grande dia mais íntimo, na companhia de menos pessoas, mas muito importantes. Fazer um mini casamento tem algumas vantagens: além do fator económico, realizar uma festa mais pequena permite que sejam os noivos a tratar de mais pormenores com alguma facilidade. Inclusive os casais que preferem algo DIY podem ter o seu trabalho facilitado.

Quem convidar?

Estudio2Olhares

Apesar de ser um casamento com menos convidados, há alguns que não podem faltar. Entre eles encontram-se os familiares mais importantes e amigos mais chegados. Na verdade, a lista de casamento é, indubitavelmente, algo que tem de ser feito tendo em conta quem gostariam quem fosse testemunha da vossa união.

Para este tipo de celebração o número máximo de convidados costuma rondar os 100. Isto torna possível aos noivos o convívio com todos, de uma forma mais próxima, o que não é tão fácil quando existe muita gente a celebrar.

O espaço

Lovely Moments

Sendo menos as pessoas presentes, há uma grande variedade de locais onde se podem realizar. Por exemplo, há alguns jardins que se podem reservar, tais como museus, cafés com estilo ou certas salas especiais de hotéis e pousadas. Alguns espaços que não podem ser utilizados para os casamentos convencionais podem ser os ideais para um mini wedding: já imaginaram casar num barco ou até numa carruagem de comboio?

Tendo menos convidados podem até pensar numa viagem de casamento onde todos se encontram num sítio diferente daquele onde vivem para celebrar a vossa união.

A animação

Luis Jorge Fotografia

Como o grupo é menor, há um maior número de atividades que se podem realizar sem causar demasiada confusão. Em relação à música, organizar um karaoke ou um momento de discos pedidos pode ser uma alternativa a uma festa somente com baile.

Por outro lado, podem organizar-se alguns jogos onde todos participam, criando uma alternativa lúdica dentro do casamento. Nestes poderão participar tanto adultos como crianças e os temas podem ser os mais variados, dos mais físicos aos que pedem mais imaginação.

A comida

Jonathan Lima Foto e Filme

Uma vez que as pessoas estarão, à partida, mais à vontade umas com as outras por se conhecerem melhor, a conversa será mais fluída. Por isso é simpático ter sempre pequenos petiscos que se possam saborear enquanto se trocam dois dedos de conversa. E algo melhor para este fim do que finger food?

Também as bebidas podem ser mais ousadas. Porque não ter uma mesa de cocktails variados?

Algumas dicas úteis

Love Photo

Existem coisas que só se podem fazer quando se prepara um casamento intimista. Querem sugestões?

  • Deleguem algumas tarefas nos convidados. Como o trabalho é menos, podem até organizar alguns grupos de ajuda para que tenham um casamento sem stress!
  • Convidem todos a participar na cerimónia de alguma forma (para além da preparação): têm convidados com talentos especiais? Porque não aproveitá-los oferecendo momentos diferentes aos presentes?
  • Preparem vocês mesmos alguns dos elementos decorativos: pequenos arranjos de flores, centros usando materiais recicláveis ou reusáveis (por exemplo, utilizar frascos ou latas decorados como candelabros).
  • Tenham lembranças personalizadas para os convidados, ou pequenos grupos: podem incluir fotos, vídeos ou objetos que achem que vão ao encontro dos seus desejos.
  • Em vez da disposição tradicional de mesas, é mais fácil e até divertido ter apenas uma grande mesa onde se sentem todos os convidados. A sensação de estar em família é altamente potenciada com esta disposição.

Têm mais sugestões para um mini wedding? Quais?