Cotton Dreams

Depois da emoção de receber um anel de noivado, são muitas as tarefas a realizar até ao grande dia. Escolher o vestido de noiva, elaborar a lista de convidados, pensar nos convites de casamento e na animação do copo de água... a verdade é que, no meio de tantos preparativos, são cada vez mais os casais que recorrem à ajuda de uma Wedding Planner para tratar dos preparativos. Se pensam ou já decidiram recorrer a este serviço, assegurem-se de que se adapta ao vosso gosto, estilo e personalidade antes de qualquer coisa. Como? Preparem uma série de questões para a primeira reunião para que possam perceber se existe a conexão necessária para que confiem cada detalhe do vosso dia à sua equipa de profissionais. Tomem nota de algumas das perguntas mais importantes que não devem ser esquecidas: 

BárbarAraújo Photography

1. Tem disponibilidade para tratar de tudo?

A simpatia e disponibilidade de um Wedding Planner pode ser a chave para que tomem a decisão de contratar ou não os seus serviços. A primeira pergunta que lhe devem fazer é em relação à sua disponibilidade. Se pode tratar de tudo, desde a planificação, contacto com fornecedores e presença no vosso dia para prestar apoio e coordenar todo o evento, ou se apenas será um serviço parcial. Também é importante explicarem-lhe o que pretendem – se necessitam que vos dê ideias para convites de casamento e se reúna com os fornecedores, ou se apenas precisam de um apoio para organizar o copo de água – para que o Wedding Planner avalie a sua disponibilidade. 

2. Preço médio?

Um dos temas mais importantes que devem saber antes de contratarem um serviço de Wedding Planner é o seu valor, já que tal é fundamental para saber se está dentro das vossas possibilidades. Ainda assim, se gostarem mesmo de alguém que vos apresentou um orçamento um pouco acima do vosso budget, é sempre possível negociar, pelo que não percam a esperança logo à primeira. Outra coisa fundamental a saber são os valores com IVA e sem IVA, pelo que solicitem sempre um orçamento detalhado e descriminado para saber quanto pretende ou gasta em cada detalhe. Isto é uma forma de terem uma visão mais abrangente dos valores do mercado e também saberem onde podem cortar. Uns convites de casamento personalizados são sempre mais caros do que uns mais simples, e tal é válido para os restantes elementos. A exclusividade paga-se e ao verem detalhadamente todo o orçamento, saberão exatamente onde podem cortar de acordo com as vossas possibilidades.

Cotton Dreams

3. Que serviços inclui?

Nem todos os Wedding Planners fazem a decoração do evento, por exemplo. Muitos possuem os seus próprios decoradores, que idealizam e executam as vossas ideias ao pormenor, desde a elaboração de um Candy Bar que destaque ainda mais um bolo de casamento original ao Photobooth. Outros encarregam-se dessa parte do serviço, desenvolvendo eles mesmos a parte criativa e a execução das vossas ideais. Dependendo daquilo que pretendem para o vosso casamento, saibam qual é a sua especialidade.

4. Quantos casamentos está a organizar?

É importante saberem se a vossa Wedding Planner é muito solicitada ou não, para terem noção do tempo que vai dedicar à organização do vosso casamento. O ideal é que seja algo equilibrado – nem muitos nem nenhum – para que possa dedicar o tempo necessário ao vosso dia. Tenham também em conta que um Wedding Planner que esteja a organizar menos casamentos, provavelmente significa que os seus serviços são mais caros, mas também poderão ser mais personalizados, pela disponibilidade que tem. Assim que, se o orçamento é folgado e querem um serviço de assessoria em todos os detalhes – desde o aconselhamento entre um vestido de noiva com renda ou corte princesa de acordo com o estilo do casamento a todo o contacto com os fornecedores – convém escolherem alguém que mostre inteira dedicação e disponibilidade constante no que diz respeito ao vosso casamento.

Cotton Dreams

5. Quantos casamentos já organizou?

Como em tudo, a experiência em organização de casamento é sempre uma mais-valia, mas não tem de ser determinante na vossa decisão. Ainda assim, é importante saberem um pouco mais sobre a sua experiência, e verem alguns dos seus trabalhos, a fim de perceberem se consegue concretizar as vossas ideias ou vos entende quando lhe pedem ideias de decoração ou sugestões de prendas de casamento originais para os convidados. Quantos mais anos no sector melhor, mas se sentem feeling com alguém que acaba de começar, deem-lhe uma oportunidade de mostrar o que vale, já que, por ser um dos seus primeiros casamentos, terá todo o interesse em que fiquem satisfeitos com o seu trabalho, dedicando-se a 100% ao vosso dia. Para saberem mais sobre os seus serviços, procurem na internet comentários e críticas de noivos anteriores.

6. Organiza casamentos em qualquer lugar?

Se a pessoa já organizou casamentos no local do vosso é uma vantagem, já que conhece os trabalhadores do local, sabe o que esse espaço tem e com o que pode contar. Por outro lado, é importante saberem se o local em questão permite este tipo de serviços contratados externamente, já que muitos contam com este serviço de assessoria. Na maioria dos casos, não há qualquer problema, ainda que possa ter um custo adicional.

My Fancy Wedding

7. Qual é a forma de pagamento? Adapta-se a orçamentos limitados?

Tal como todos os fornecedores, cada um estipula como é realizado o pagamento pelos serviços prestados. Há quem prefira receber por prestações, outros pedem um depósito adicional e existem ainda os que apenas cobram o valor total no final do casamento. Existem os que definem um preço pelo seu trabalho, independentemente de quais sejam os fornecedores contratados, outros apenas trabalham com a sua carteira de fornecedores e ainda os que cobram uma comissão por cada um dos serviços que contrate. A maioria costuma facilitar a forma de pagamento e ajusta os seus valores a orçamentos mais reduzidos, de acordo com as preferências dos noivos. Caso tenham um orçamento ajustado ou pretendam pagar os seus serviços a prestações, conversem sobre isso logo na primeira reunião.

8. Tem carteira de fornecedores ou podemos escolher os que quisermos?

Perguntem-lhe se trabalha fixamente com cabeleireiros, floristas e fotógrafos ou se podem ser vocês a escolher esses serviços. Tudo depende do estilo de casamento, do vosso orçamento, se querem organizar algumas coisas ou se a querem que seja a Wedding Planner a tratar de tudo. Há casais que preferem ser eles a fazer os convites de casamento e outros que apenas querem viver a fase dos preparativos sem se preocuparem com nada. Neste sentido, muitos têm a sua lista de fornecedores de confiança e outros podem trabalhar com fornecedores escolhidos por vocês. Se tiverem dúvidas em relação a isto, deixem-se aconselhar pela sua experiência... talvez vos agrade os fornecedores com quem trabalha!

My Fancy Wedding

Seja qual for a vossa decisão final, lembrem-se de que contar com a ajuda de um Wedding Planner irá libertar-vos da organização de várias tarefas, algo que resulta ser fundamental para aqueles casais que não dispõem de tanto tempo para organizarem o casamento que sempre sonharam. A sua ajuda pode ser fundamental na escolha das lembrancinhas de casamento ou mesmo nos vestidos de cerimónia das damas de honor, pelo que contratarem os seus serviços é sempre uma boa decisão. Não se esqueçam do mais importante: uma wedding planner existe para vos ajudar e nunca para tomar decisões por vocês, pelo que certamente terão o dia que sempre sonharam, com a vantagem de desfrutar com mais tranquilidade da fase dos preparativos.