Mariana Bastos Fotografia
Mariana Bastos Fotografia

A data foi já decidida e impressa nos convites de casamento. Notificaram os convidados através dos save the date com a máxima antecedência, mas de um momento para o outro a vida pode mudar e o dia que tanto esperavam acontecer pode ter de ser cancelado. Se já contrataram todos os serviços e tens estado a decidir qual o penteado de noiva a usar, é de facto uma decisão bastante inoportuna e que implica muito mais do que um não por parte dos noivos ao catering, igreja e aos fornecedores das lembrancinhas de casamento. Em baixo damos alguns insights para vos ajudar a lidar com esta realidade….

As razões

São muitos os motivos que podem levar os noivos a decidir cancelar o dia C. Que é uma situação indesejável, já todos sabemos e, que vais ter de cancelar todos os serviços inclusive as alianças de casamento, também. Mas o que também é profundamente indesejável é escolher uma altura de crise para casar. Seja por doença iminente, problemas pessoais ou qualquer outro motivo que faça o casal pôr em causa a data, merece que se debrucem sobre o assunto. É grave ou importante o suficiente para que tenham de cancelar o evento? Venham descobrir…

Trabalhem com agilidade

Mariana Bastos Fotografia
Mariana Bastos Fotografia

Se há algo que vos tira o sono e preocupa no que toca ao planeamento e realização do casamento, tratem disso o mais rapidamente possível. No caso de cancelamento ou adiamento da data, cada dia que passam é tempo que não poderão recuperar e por isso o desejável é que tomem uma decisão antecipada de modo a afetar o mínimo de pessoas possível. Isto significa que convidados que viagem do estrangeiro possam ainda ter a possibilidade de alterar os seus voos e que os que solicitaram férias à entidade patronal possam guardar o vestido de cerimónia curto e tirá-lo para a data que as remarcarem.

Todas as possibilidades em cima da mesa

Não é uma situação que tenham em mente quando escolhem alianças de ouro branco, mas o cancelamento ou adiar do vosso dia deve sempre ser encarado como uma possibilidade. Na iminência de qualquer surto ou doença que impossibilite o contacto e aconselhe o limitar de atividades sociais e profissionais por um período indeterminado, devem sim pôr em causa o bem estar comum e agir em conformidade com as recomendações das entidades de saúde pública de cada país. Contactem de imediato os fornecedores e sugiram um adiamento das festividades.

Em nenhum serviço é garantido um reembolso total do montante já gasto, porém, é sempre importante sublinhar que quando se trata de um caso de saúde pública, o dever cívico fala mais alto. Sugiram uma renegociação e tenham já uma data em agenda, para facilitar o remarcar de todas as atividades e serviços.

Laranja Metade
Laranja Metade

Comunicação eficiente

Devem sempre ser transparentes com os convidados quando se trata de alterar o que estava nos convites de casamento originais e isso passa talvez por fazer um public announcement assim que houver alterações à data. Como já referimos, é muito importante que o façam assim que decidam implementar mudanças – isto vai dar-lhes tempo de refazer as suas rotinas e causar menos danos à medida que os dias avançam. Seja por email, no vosso site de casamento, por telefone ou pessoalmente, redijam um breve comunicado onde expliquem as vossas razões e apelam à compreensão de todos para este momento.

Fotografarte
Fotografarte

Em caso de cancelamento…

Se esta esta situação for, de facto, incontornável ou se não tiverem para já uma data em mente para quando gostariam de remarcar o evento, dá-se o caso de um cancelamento. Sabemos o quão indesejável é para os noivos e o pesar que pode trazer enquanto decidem se é ou não o melhor caminho a seguir. Neste caso, importa reunir toda a documentação legal referente à prestação de serviços e, acima de tudo, conhecerem bem os vossos direitos! Depois de saberem quais as políticas dos fornecedores face a estas situações, devem também contactá-los para resolver todos os trâmites legais do processo.

Pedro Filipe Fotografia
Pedro Filipe Fotografia

E se tivermos que cancelar o casamento devido ao Coronavírus?

Com a grande parte dos eventos a serem cancelados, e com todas as indicações da OMS, cancelar o casamento de sonho, é já uma realidade para alguns noivos. Se o vosso casamento tinha data próxima, adiá-lo torna-se também numa medida de prenvenção! Por isso, não se alarmem! Tudo bem que há uma série de burocracias, mas pensem que é para o bem de todos. E que casar não está fora de alcance, estará só marcado para outra data! As medidas anunciadas vão até 3 de Abril, depois desta data, conforme a evolução ou não da pandemia, se verá o que pode ser feito. 

Refletir, tomar uma decisão sensata, pensar em tudo o que representa e finalmente comunicá-lo. A parte mais difícil já passou! Se era um sonho subir ao altar com o vestido de noiva, é natural que esta possibilidade não fosse sequer equacionada num momento de euforia! Mas a verdade é que a vida é feita de surpresas e, perante os imprevistos, há que surgir com soluções práticas e pensadas para o bem estar de todos. Se o anel de noivado tem de ficar mais uns meses contigo, não desanimes… em breve poderão trabalhar em conjunto para surgir com uma solução!

Para mais algum esclarecimento, acede a help@casamentos.pt.