Luis Jorge Fotografia

Hoje em dia os casamentos são iguais em praticamente todo o mundo, desde a cerimónia religiosa católica que é a mais habitual, obviamente algumas diferenças vêm exatamente das celebrações religiosas, até à festa do copo-de-água que segue quase todos os mesmos protocolos em todos os sítios.

Se vos apetece fazer algo diferente e original no vosso casamento, podem aproveitar algumas tradições de outros países e para isso nós contamos-vos algumas para que possam conhecê-las e escolhê-las, se assim desejarem. Algumas têm a ver com o bolo de casamento, outras com os vestidos de cerimónia.

Momento para as solteiras e fantasias

No Chile, além do lançamento do ramo tal e qual como se faz aqui, existe uma tradição mais antiga para saber quem será das solteiras a próxima a casar-se. E não só saber quem vai ser a próxima a casar, se não, como vai ser o futuro de cada uma das convidadas solteiras. Do bolo de casamento saem umas fitas, que vão ser puxadas pelas solteiras. Cada uma delas agarra numa destas fitas e depois todas ao mesmo tempo, puxam-nas. Na ponta destas fitas e enterradas no topo do bolo de casamento estão umas figuras prateadas que representam o destino de cada solteira. A aliança de casamento representa o próximo casamento, a figura de uma criança, o próximo nascimento e assim por diante. É sem dúvida um bolo de casamento original e as pequenas de prata podem servir de lembrancinhas de casamento baratas para essas convidadas.

No momento do baile existe também um momento, que agora já se começa a usar na Europa, o cotillón. É um momento em que os convidados têm à sua disposição vários elementos de fantasia, como perucas, máscaras, chapéus, óculos, bigodes, etc. Todos agarram em um ou mais destes elementos, colocam-nos e dançam com eles postos.

Pedro Filipe Fotografia

Também em relação ao momento de saber quem será a próxima a casar, no Brasil, para além do ramo, a noiva lança uma pequena figura do Santo António e a convidada que a apanhar já sabe o seu destino.

Entre moedas e trajes típicos

Em Espanha, os noivos oferecem um ao outro moedas, chamadas arras, que representa a partilha de todos os bens que o casal vai ter no futuro. Na Rússia faz-se um questionário ao noivo sobre a noiva, que supostamente é o que lhe vai dar o direito de casar com ela. Hoje em dia também já se começa a fazer este tipo de coisas em Portugal, especialmente nas despedidas de solteiros. As amigas da noiva fazem à mesma e os amigos do noivo, ao noivo.

Na Áustria, a tradição passa por fazer um jantar no dia anterior ao dia do casamento, onde os convidados levam as roupas típicas da sua região. A tradição começou com as roupas das regiões austríacas, mas com a quantidade de pessoas que hoje em dia se conhece de outros locais, já começa a haver roupas típicas de várias partes do mundo. O noivo e a noiva fazem o mesmo. O dia de usar os vestidos de gala compridos é mesmo só no dia do casamento.

E depois de conhecerem estas tradições, gostaram de alguma para usarem no vosso casamento? Se escolherem a tradição austríaca não se esqueçam de avisarem os convidados com antecedência, por exemplo nos convites de casamento.