Ideias Vintage Fotografia

Rosas vermelhas, hortênsias azuis e lilases, girassóis que espelham o calor do verão... escolher as flores e as cores do bouquet pode ser um verdadeiro desafio. Depois do vestido de noiva e do penteado de noiva, este talvez seja o elemento mais importante e complicado do look nupcial. Afinal, que tipo de arranjo combina melhor com o vestido de noiva de renda que escolheste? Será que podes usar rosas numa cor que destoa completamente da decoração do casamento? Para ajudar-te a responder a estas dúvidas, elaboramos esta pequena guia para acertar nas cores do bouquet

Ideias de Veludo

Características físicas da noiva

Muitas floristas aconselham as noivas a escolher o bouquet de acordo com a cor dos seus olhos, pele e cabelo. Por exemplo, se és uma noiva morena com cabelos escuros, o ideal é que optes por flores em tons quentes (amarelo, laranja, vermelho). As noivas loiras e com pele clara devem, idealmente, escolher flores em tons pastel ou totalmente brancos. Para as ruivas, recomendam-se ramos com muita folhagem verde. 

A personalidade também conta!

No entanto, estes são apenas conselhos e não devem limitar-te na hora de escolher o teu ramo. Afinal, o mais importante é que o teu bouquet te represente e que seja um espelho honesto da tua personalidade. Se te consideras uma noiva clássica e tradicional, certamente vais preferir flores brancas e em tons claros. Se és uma noiva boho, amante dos vestidos de noiva simples e fluídos, talvez prefiras apostar num colorido ramo de flores silvestres. Se te sentes confortável, qualquer cor é válida! 

Partners in Love

Tema & temporada do casamento

Embora se trate de um acessório muito pessoal, o ideal é que o bouquet esteja em harmonia com a temática do casamento. Por exemplo, para um casamento de inspiração rústica, ao ar livre, a noiva deve evitar os ramos de joias e em tons metálicos, que são mais apropriados para cerimónias clássicas e elegantes. Por outro lado, se se trata de um casamento na praia, os bouquets com elementos marinhos (pequenas estrelas do mar, búzios, etc), são mais que apropriados. 

Finalmente, também é importante considerar a estação em que se realiza o casamento. Se o casamento se realiza no verão, num dia seco e caloroso, o ideal é apostar por flores resistentes (ou até por suculentas). Para um casamento no inverno, as tulipas são uma excelente opção, dado que se adaptam bastante bem ao clima mais fresquinho. Afinal, não são só os ingredientes do vosso bolo de casamento original que devem ser de temporada; as flores também devem seguir a mesma regra! 

Joana Cardoso Photography

O significado das cores

Outro fator que pode influenciar (e muito!) a escolha do bouquet é o significado das flores/cores. Por exemplo, sabemos que o vermelho é a cor oficial da paixão. Deste modo, um ramo neste tom vai transmitir amor, entrega e um toque de sedução bastante apreciado pelas noivas mais atrevidas. Por sua vez, os ramos amarelos transmitem vitalidade, alegria e diversão, sendo ideais para os casamentos mais descontraídos. Se pretendes dar um toque de pureza e minimalismo ao teu look, o ideal é que optes por um ramo branco e com pouca verdura. Finalmente, se escolheste um penteado com tranças ao bom estilo hippie, opta por um bouquet colorido que transmita a descontração pretendida. 

Cuidado com as alergias... 

Passas a primavera inteira a espirrar? Então vale a pena descobrir exatamente quais são as flores que não toleras, de modo a que o teu bouquet não se transforme num inimigo... As flores com pólen visível costumam ser as mais perigosas (margaridas, girassóis, crisântemos, violetas...), ao passo que as rosas e os narcisos raramente causam reações. No entanto, caso tenhas muitos problemas com as flores (ao ponto de ficares vermelha, inchada e com dificuldades em respirar), opta por um bouquet de flores artificiais. Hoje em dia é cada vez mais fácil encontrar criações originais e maravilhosas com feltro, origami e joias. Esta pode ser a tua oportunidade para surpreender, sobretudo se optaste por um vestido simples e um penteado apanhado minimalista. 

Miguel Cunha Fotografia

Conclusão? Todas as cores são válidas! Apenas tens de considerar a temporada do ano e o estilo de casamento (para que haja harmonia entre todos os elementos), e compor um bouquet com que te sintas identificada. E esta é a filosofia que deves aplicar a todos os elementos do vosso grande dia: da decoração do bolo de casamento até às frases gravadas nas vossas alianças de casamento, tudo deve ser um espelho das vossas personalidades.