Centrimagem

O momento em que entregas o convite de casamento à tua melhor amiga é muito especial! Surgem abraços emotivos e uma alegria e cumplicidade que não tem fim. Tantos anos a sonhar com o vestido de noiva juntas e finalmente, uma de vocês vai dar o grande passo. A verdade é que ser madrinha do casamento da melhor amiga é o sonho de muitas, este papel vai muito mais além do que mostrar um imponente vestido de cerimónia e estar ao lado da noiva no grande dia. Ser dama de honor significa estar ao teu lado em cada momento dos preparativos, ajudando-te com tudo o que necessites e felicitando-te por cada etapa concluída. Ainda assim, por vezes a emoção é tanta que se podem esquecer realmente de qual é o seu papel e cometer alguns erros perfeitamente evitáveis. Queres descobrir como? Contamos-te os principais para que evites ao máximo que este tipo de situações aconteçam.

1. Aceitar ser madrinha sem pensar

Tudo começa aí! O pedido chega quase na forma de um convite de casamento personalizado, mas este tem apenas o nome de uma pessoa e um pedido muito especial: aceitas ser minha dama de honor? No meio de tanta emoção, é muito comum que estas o aceitem, sem pensar na responsabilidade que este papel supõe. É importante que as madrinhas ou damas de honor saibam que poderão ter mais despesas que uma convidada comum, tendo também de estar disponíveis para ajudar a noiva com os preparativos. Além disso, é importante que esta demonstre ter essa vontade e que não aceite o convite só para te agradar. Se realmente não pode corresponder às expectativas, mais vale ser sincera contigo.

Insónia Wedding

2. Querer impor as suas ideias

Apesar da noiva querer sempre ouvir os conselhos das melhores amigas, não significa que não tenha a palavra final. Esta pode até dar liberdade às suas damas de escolher o estilo do modelo, mas se decide que todas devem usar um vestido de gala comprido, as damas não se devem opor à sua decisão, por mais que queiram usar outro modelo. Este é um dia especial para a noiva e deve ser exatamente tal como ela quer. Outro erro que acontece frequentemente entre damas de honor é querer organizar a despedida de solteira sem ter em conta o que a noiva quer ou não quer, o que pode originar situações desconfortáveis. O mais importante é o seu bem-estar, pelo que as madrinhas devem fazer sempre tudo de acordo com o que ela deseja, tanto nos preparativos como no grande dia.

3. Ser mais dramática que objetiva 

Em muitos casos, as damas de honor conhecem-se apenas no momento dos preparativos e podem existir alguns conflitos. O mesmo também pode acontecer entre a dama de honor e a noiva, seja porque não gosta dos vestidos de cerimónia curtos que escolheste, porque prefere outra cor, ou até porque não está de acordo com as suas tarefas no dia do casamento. Mais do que dramatismos, tudo o que uma noiva precisa no momento dos preparativos é soluções e compreensão por parte das suas damas. Por isso mesmo, deves manter-te sempre firme nas tuas decisões e, caso existam conflitos entre as tuas damas, explicar-lhes que é o teu dia de casamento e que isso deve ser mais importante que tudo o resto, não tomando assim partido de ninguém.

Ana Teresa Miranda Fotografia

 4. Faltar a eventos propostos pela noiva

Se programas eventos de antemão com as tuas damas, não é de muito bom tom que estas faltem, ou avisem que não irão muito em cima da hora. É desagradável estares a contar com elas e estas não aparecerem, seja para irem beber um café ou para te ajudarem a decidir se usas um penteado apanhado ou o cabelo solto no grande dia. Além disso, mostra falta de interesse e disponibilidade da sua parte, a menos que sejam uma situação muito excepcional! Se não podem mesmo estar presentes, o melhor é que te avisem com a máxima antecedência e nunca por mensagem. Um telefonema a explicar os motivos da sua ausência é o mínimo que podem fazer. 

5. Querer ser o centro das atenções

Na tua despedida de solteira, durante os preparativos, no teu dia de casamento...as damas de honor devem saber qual é o seu lugar e que, por mais importantes que sejam, não devem roubar o destaque dos noivos. É aqui que se revela o altruísmo das tuas amigas, quando tratam de providenciar tudo o que é preciso para que te sintas uma verdadeira princesa no teu dia e não o contrário. É a noiva e sempre a noiva que deve ter o papel principal. 

Ludgi Fotógrafos

6. Não ser sincera com a noiva

Apesar da noiva ter sempre a última palavra, não significa que as damas não possam dar a sua opinião, sempre de forma educada e sem ferir os seus sentimentos. As damas devem dizer-te que talvez esse bolo de casamento original que te apaixonou não é o mais adequado para o estilo do vosso dia e que devias optar por outro, ou que te fica melhor um ou outro vestido de noiva. Isso não é o mesmo que tentar impor a todo o custo as suas ideias, mas sim serem sinceras contigo se lhes perguntas a sua opinião.

7. Esquecer-se das suas responsabilidades

Tanto no dia, como nos meses que o antecedem, as damas de honor têm responsabilidades a cumprir. Esquecerem datas, contactos, encontros com a noiva ou com algum fornecedor é um erro grave. As damas devem sempre ter em mente o seu papel e o que têm que fazer. Caso seja impossível ajudar a noiva com as suas prendas de casamento originais, por exemplo, devem sempre avisar com a máxima antecedência para que esta se organize de outra forma.

Fotomiraflores

As tuas damas já cometeram algum destes erros? Pensa que, na maioria dos casos, não o fazem por mal e que uma boa conversa resolve sempre tudo. Elas conhecem-te melhor que ninguém e, apesar de algum conflito que possa surgir, serão as tuas melhores conselheiras tanto na escolha do teu penteado de noiva como no estilo do teu bolo de casamento ou de outros detalhes da decoração. Elas são, sem dúvida o teu grande apoio e juntas, podem com tudo!