O vosso dia está quase a chegar! E, entre a procura do vestido de noiva, os preparativos, as reuniões dos fornecedores e as lembrancinhas de casamento, são muitos os temas a coordenar para que tudo saia na perfeição. Talvez por isso ainda não tenham tido tempo para parar e pensar no destino de lua de mel ideal para vocês. É o momento de o fazer! Se querem que a vossa primeira viagem como casados seja especial e diferente, que tal viajarem até à Estónia? Localizada no norte da Europa Oriental, este é um dos países banhados pelo mar Báltico. Faz fronteira com a Rússia a sul, e está bem perto da Suécia e da Finlândia. Com cidades medievais e cheia de história, a Estónia é, sem dúvida, um país que vale a pena conhecer. Agora que os convites de casamento já foram todos entregues e que estão a ultimar os últimos pormenores, inspirem-se nestes parágrafos! 

Quando/como ir?

Sendo um país nórdico, os invernos na Estónia assumem temperaturas bastante mais baixas do que as portuguesas. No inverno, é possível ver-se lagos gelados e neve por todo o lado, o que pode ser um verdadeiro espetáculo natural para muitos. No entanto, se quiserem visitar o país, pode ser limitador, já que algumas estradas poderão ficar cortadas, devido aos possíveis nevões que acontecem nesta estação. Neste sentido, é aconselhável visitar o país entre Maio e Agosto, quando a primavera e o verão enchem os dias de cores, flores e muito sol. Chegar à Estónia também não é difícil. Desde Portugal, a forma mais rápida é de avião. Não existem voos diretos para a capital, pelo que terão de fazer pelo menos uma escala - o que fará com que a viagem dure aproximadamente 6 ou 7 horas. Logo, para viajar dentro do país, podem usar o comboio ou alugar um carro em Tallin. Se optarem por esta segunda opção, podem fazer um combinado pelos países Bálticos, viajando pela "Via Báltica" que liga a Varsóvia, Kaunas, Riga e Tallin. 

1. Tallinn: um capital mágica!

Tallinn é a capital da Estónia e um dos principais destinos turísticos do país. Antes de partirem à descoberta deste país fantástico, não deixem de visitar a antiga cidade da Liga Hanseática, um importante centro de comércio do mar Báltico desde a Idade Média. Passeiem pelo seu centro histórico com ares medievais, e com uma das arquiteturas mais bem preservadas da Europa. Não é à toa que esta cidade foi considerada Património Mundial da UNESCO pero que uma paragem de vários dias aqui é obrigatório. À noite, percam-se num dos seus restaurantes do centro, e aproveitem para provar algum prático típico da zona - como enguias marinadas, um guisado mulgikapsad ou um prato de carne porco cozida em geleia - e, já de aliança de casamento no dedo, relembrem todos os momentos únicos do vosso dia!

2. De visita à cidade universitária de Tartu 

Desde a capital, podem organizar a vossa viagem como preferirem, mas a verdade é que não podem deixar de conhecer Tartu. Esta antiga cidade universitária é peculiar e autêntica. Ainda preserva os seus prédios em estilo neo-clássico e o antigo – e mítico – balneário à beira-mar, que podem visitar e desfrutar. Tartu é mais uma dessas cidades que parece ter parado no tempo e que vale a pena conhecer. Não deixem de ser perder pelas suas pitorescas ruas e conhecer cada recanto, da antiga catedral à Colina de Toomenag. Espera-vos um dia de passeios, assim que levem roupa confortável. No caso da noiva, é ainda recomendável optar por um penteado apanhado, para estar mais cómoda durante os passeios.

3. Ilha de Saaremaa: um destino medieval a não perder

A Estónia tem castelos de norte a sul, sendo um destino de sonho para os casais mais românticos. De entre todos, há um que não podem deixar de conhecer: o castelo do Bispo de Kuressaare, na ilha de Saaremaa. AUma vez aqui, aproveitem também para contemplar as suas imponentes falésias, que deixam qualquer um estupefacto. Deixem-se levar pela calma da ilha e, principalmente se vão no verão, desfrutem do seu pôr-do-sol desde um dos seus pontos altos. Algo mais que merecido, depois de tantos meses envoltos em preparativos, entre convites de casamento personalizados e outros detalhes da decoração!

4. Narva: a um passo da Rússia!

Se querem fazer um roteiro pelos castelos da Estónia, não podem deixar de visitar Narva e o seu castelo de Hermann, localizado no extremo oriente da Estônia, na fronteira com a Rússia. Grande parte da cidade foi destruída ao longo da segunda guerra mundial, e durante os anos de reconstrução pelos russos, estes proibiram regresso da população estoniana à cidade, justificando assim a mudança drástica da distribuição étnica de Narva. Por esse motivo, muitos falam apenas russo, pelo que é um destino curioso que vale a pena conhecer. Uma pequena cidade pitoresca, que parou no tempo e relembra a época medieval em cada recanto. Se adoram recordar outras épocas – desde logo pelo estilo vintage que escolheram tanto para o vestido de noiva com renda, como para toda a decoração – irão adorar conhecer esta cidade. 

5. Se vão no verão, passem por Parnu

Depois da azáfama que viveram nos últimos meses, entre reuniões com fornecedores, prendas de casamento originais para os convidados, entre outros detalhes, será um sonho poder desconectar uns dias em Parnu. É o destino de verão por excelência da Estónia e não é para menos. Desde os seus resorts, hotéis, restaurantes e uma animada vida noturna, a praias de areia fina e mar calmo, não faltam motivos para passar uns dias nesta região. 

Sobram motivos para visitar a Estónia, onde irão encontrar arte, história e uma cultura baseada em muita tradição. Para além da beleza natural bem preservada deste país nórdico de sonho. Se adoram conhecer destinos de cidades pouco turísticas, sem dúvida de que a Estónia é uma boa opção. O vosso dia foi mágico, os vossos convidados estavam lindos nos seus fatos e vestidos de cerimónia e há momentos como o corte do bolo de casamento que nunca irão esquecer. Aproveitem a vossa lua de mel de igual forma!