Casamento de João & Gisela

Tudo começou naquele dia em que, de forma totalmente inesperada, a tua cara-metade se ajoelhou e te presenteou com um anel de noivado. Passada a alegria e emoção do momento, começaste a descer à Terra e a imaginar como se sentirão os teus amigos ao receber o convite de casamento ou como ficarás com um vestido de noiva e véu... Mas, e agora? Quais são os estados emocionais que te aguardam na odisseia dos preparativos? Vamos dar-te uma pequena guia para que te possas ir preparando: 

1. Felicidade em estado puro!

Antes de tudo, queremos incentivar-te a desfrutar ao máximo da fase do noivado! Afinal, não é todos os dias que se recebe um anel de compromisso, não é? Se ainda tens aquela sensação de borboletas na barriga, não te jogues de cabeça aos preparativos. Permite-te uns dias de felicidade, nos quais possas contar a novidade a todos os teus amigos e familiares ou até organizar um evento para dar a boa nova. Tira milhares de selfies ao teu anel, derrete-te nos braços da tua cara-metade e desfruta deste momento tão único! 

Crème Wedding

2. Sonhar acordada...

Horas e horas no Pinterest a ver ideias para as lembrancinhas de casamento e as últimas tendências em bouquets, noites em branco a idealizar vestidos de noiva rendados e penteados cheios de glamour... Sim, esta é fase pela qual todas as noivas passam após receberem um anel de noivado: a de sonhar acordada! O entusiasmo vai tomar conta de ti e só vais conseguir pensar no teu dia C. Desfruta ao máximo deste momento e aproveita para reunir alguma inspiração, seja para a decoração ou para o teu look nupcial. Mas atenção: não fiques obcecada com o assunto ao ponto de não conseguires conversar sobre mais nada. Lembra-te que, para a maioria dos seres humanos, o mundo continua a girar...

João Patrício Photography

3. 100% determinada!

Agora que já sabes como queres que seja o teu dia C, está na hora de meter mãos à obra! Nesta fase, maioria das noivas sente uma energia fora do comum, que as motiva a contactar com todo o tipo de fornecedores e a marcar as primeiras reuniões. Se te sentes mais dinâmica e eficiente que nunca, aproveita o empurrão para tratar daqueles assuntos mais chatos - sim, a burocracia! - e deixa os temas criativos para depois. Mas não te esqueças de um pormenor importantíssimo: este casamento não é apenas teu, pelo que deves involucrar a tua cara-metade em todas as decisões relacionadas com a sua celebração. Desde a escolha do local até à definição de pequenos pormenores, como o topo do bolo de casamento, todas as resoluções devem ser feitas no plural. 

Lchacal Photography

4. Oh não...!

É inevitável: por muito zen que sejas, eventualmente vão surgir alguns contratempos que te colocarão à prova. Desentendimentos com familiares pela lista de convidados, cancelamentos de última hora, fornecedores sem disponibilidade... O nosso conselho? Sê pragmática e trabalha em equipa com a tua cara-metade. É importantíssimo que se mantenham unidos e que evitem discussões desnecessárias. Esta fase vai levar-vos a um dos dias mais felizes das vossas vidas, pelo que não há necessidade de soltar a/o bridezilla/groomzilla no processo!

Vasco Martinho Fotografia

5. Primeiros sinais de cansaço

"Everything that goes up must come down"... Sim, aquela força e energia dos primeiros meses vai transformar-se em cansaço, sobretudo se te deparares com muitos contratempos durante os preparativos. Quando te sentires esgotada e com baixo astral, faz uma pausa. Vai ao cinema, organiza um jantar com as tuas amigas, marca uma escapadinha com a tua cara-metade ou uma ida ao SPA. O desporto - sobretudo o yoga - também pode ser um excelente aliado nos momentos de cansaço e abatimento. Vais ver que, uma vez que tenhas o corpo e mente descansados, vais conseguir visualizar o pouco que falta para o grande dia e o excelente trabalho que fizeste! 

Tery Kostadinova Make Up

6. Nervos, ansiedade, preocupação... e felicidade em estado puro!

Naqueles dias anteriores ao grande evento, os nervos vão estar à flor da pele! Podem surgir contratempos de última hora - como uma cabeleireira que cancela ou uma previsão meteorológica trágica - que, mais ou menos graves, te afetarão como se não houvesse amanhã. Nestes momentos, acalma-te e lembra-te que não podes controlar tudo. De certeza que surgirá um plano b, c ou d para salvar o dia e fazer com que tudo corra na perfeição. Não temos dúvidas de que quando subires ao altar, para finalmente trocar as alianças com o teu grande amor, a felicidade vai invadir-te de forma excepcional, recordando-te que valeu a pena todo o esforço e dedicação!

Vieira's Foto

Falta muito pouco para que tenhas a aliança de casamento na mão! Mas antes, é imprescindível que te lances à fase dos preparativos com empenho e optimismo. Vais ver que, pouco a pouco, todos os pormenores do grande dia vão ficar definidos, seja o bolo de casamento ou a animação do copo de água.