Está comprovado: quem tem a oportunidade de conhecer o sul de Espanha fica enfeitiçado! E quem consegue viver lá, nem que seja por uns escassos meses, passa a ser andaluz para sempre. Na Andaluzia não há pressa nem stress. As ruas estão pintadas de branco, o mar é quente e as pessoas têm sempre um sorriso para oferecer a quem chega. Isto, aliado a uma gastronomia deliciosa e a uma cultura cheia de identidade, faz com que esta região seja uma das mais fabulosas de Espanha. 

Depois de meses e meses de preparativos, submersos entre a escolha do vestido de noiva, a entrega dos convites de casamento ou a preparação das lembrancinhas de casamento, a Andaluzia pode ser o cenário ideal para uns dias de descanso e muito romantismo. Sim, é provável que este seja um dos destinos mais bonitos que temos perto de Portugal, e um dos mais económicos. Se estão a pensar conhecer esta região, sigam as nossas recomendações: 

1. Cádiz, o início da viagem

Cádiz é uma das cidades mais típicas de Andaluzia, com as suas casas brancas e as suas praias ainda banhadas pelo Oceano Atlântico. Desde Portugal, este poderá ser o primeiro ponto de paragem, antes de descobrirem o interior da região ou a famosa Costa del Sol. Boa parte das atrações turísticas encontram-se no seu centro histórico, que concentra toda a vida da cidade, desde lugares históricos a lojas, bares, cafés, praças e jardins. Passem pelas movimentadas praças da Mina e San Juan de Dios e, desde a Alameda Apodaca, caminhem pelo parque Genovés, um dos mais famosos da cidade. Para os amantes de museus, passem pelo Museu de Cádiz ou pelo Centro Cultural Reina Sofia. Para terminar, conheçam a praia da Caleta ou as praias Valdevaqueros e Bolonia (sobretudo se são amantes do windurf). À noite, deixem-se levar pela animação da cidade, tapeando de bar em bar. Sem dúvida uma cidade onde podes apostar por penteados fáceis e looks descontraídos! 

2. "Quem não viu Sevilha não viu maravilhas..."

Percorrer o centro de Sevilha é viajar até duas épocas de ouro da capital andaluza. A primeira diz respeito do domínio dos mouros, sendo o Alcázar  - o palácio que abrigava os califas - totalmente de arquitetura árabe, com os seus contornos e os seus vários pátios e jardins eternos. A segunda é referente à reconquista da Península Ibérica e à colonização católica. Prova disso é a sua majestosa catedral gótica e as muitas igrejas espalhadas pela cidade. Apesar de não ter praia, Sevilha é dessas cidades onde há sempre algo para descobrir. Paragens obrigatórias: a Plaza de España, um imponente edifício que deixa transparecer toda a história da cidade, a emblemática Catedral de Sevilha e a Torre Giralda. Um passeio romântico ao fim da tarde seguido de uma noite de flamenco parecem ser o plano perfeito para vestires um dos teus vestidos de cerimónia curtos!

3. Córdoba e a Medina Azahara

Declarada Património da Humanidade pela Unesco, em Córdoba irão viajar no tempo até ao esplendor de grandes povos que passaram pelo sul da Península Ibérica, já que as marcas de um passado glorioso outrora formado pelo Império Romano, e posteriormente pelos mouros e ainda pelo povo judeu, podem ver-se por toda a cidade. Estátuas, colunas, mausoléus, pontes romanas e até mesquitas... A Medina Azahara, localizada a poucos minutos de Córdoba, é um incomparável exemplo da arquitetura árabe que devem conhecer. No bairro judeu, mais conhecido pela Judería, a sinagoga do século XIV guarda os seus arcos intactos. Percam-se pelo seu centro histórico e visitem o Alcázar de Los Reyes Cristianos, que serviu de fortaleza a Fernando de Aragão e a Isabel de Castela durante a expulsão dos mouros. Não deixem de visitar a Mesquita Catedral, cheia de colunas e arcadas adornadas com azulejos coloridos e de inspiração árabe. À noite, jantem num dos muitos restaurantes típicos da cidade e aproveitem as suas temperaturas amenas, que convidam a vestidos leves e penteados apanhados, perfeitos e práticos para suportar o calor. 

4. Málaga, a cidade da alegria

Malaga, ciudad genial! É assim que se define uma das mais alegres e carismáticas cidades da Costa del Sol, banhada por praias de areia escura e águas tranquilas. Com leves traços árabes no seu centro histórico, tal como todas as cidades de Andaluzia, Málaga une cultura e ócio de forma inigualável. Desde o seu centro histórico, podem caminhar por toda a cidade e subir ao Castelo de Gibralfaro. O Teatro Romano e as Pileta de Garum transportam qualquer um aos tempos do domínio romano. Por sua vez, la Alcazaba é o exemplo vivo da ocupação árabe. E claro, não deixem de visitar o Santuario de la Victoria e o Palácio de Buenavista. Se são amantes do vinho doce, podem visitar o seu Museo del Vino e percorrer a famosa Calle Larios,até chegarem à Plaza de La Constituición, ponto de atos sociais da cidade. Para os amantes de arte, o Museu Picasso é uma boa oportunidade para conhecerem mais obras do artista natural desta cidade mágica. 

5. Mil e uma noites em Granada  

Se existe uma cidade que evoca toda a essência árabe desta região, essa cidade é Granada. Vibrante, cosmopolita, cultural e autêntica, a Alhambra abençoa lá do alto esta fantástica metrópole, da qual também é possível contemplar a Serra Nevada. Assim que chegarem a Alhambra - a construção árabe mais famosa do mundo - nunca mais a esquecerão. A que um dia foi cidade palatina, palácio de reis e fortaleza, é agora o principal ponto de atração turística da região. A espera para entrar vale a pena, pois encontrarão edifícios, torres, pátios e jardins absolutamente únicos no seu interior. Além disso, percam-se pelas ruelas repletas de comércio e bares do famoso bairro de Albacín, considerado Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, e passeiem pelo seu centro histórico, onde podem igualmente contemplar edifícios impressionantes, como a Catedral. O Realejo é o antigo bairro judeu da cidade que merece uma paragem, assim como Sacromonte, o bairro mais peculiar de todos, graças às suas casas construídas em covas. 

6. Almería: combinação perfeita de praia e cultura

Além da sua beleza, Almería conta com uma forte tradição de artesanato pela sua geografia e pela quantidade de núcleos artísticos que concentra. O seu património cultural, histórico, monumental e artístico faz com que este cantinho andaluz mereça uma paragem. Isto porque Almería, além de conter traços romanos e árabes, também é ideal para quem procuram uns dias de praia e descanso. Ao longo de mais de 200km de litoral, Almería oferece aos seus visitantes o melhor das suas praia, calas e costas. Uma paisagem que também se pode admirar a marca de antigas civilizações, onde o monumental Alcazaba ou as Torres de Vigia são um must. Na rota das melhores praia da zona, estão Poniente, Almeria, Cabo de Gata e Levante, banhadas por um mediterrâneo cálido e sereno. É a ocasião perfeita para celebrarem as vossas alianças de casamento de forma muito romântica!

Dom Rogério Oiã

O que acham desta viagem? Se preferem um destino mais económico para a lua de mel, este pode ser um roteiro interessante e cheio de cidades a conhecer. Depois de decidirem detalhes como o bolo de casamento ou os vestidos de cerimónia das damas de honor, há que pensar nesses merecidos dias de descanso a dois para recarregar baterias. Andaluzia é o destino ideal para uma viagem económica, repleta de cultura e diversão!