Historias com Alma - Casa Grande do Fontão

Pode ser o sonho de alguns casais: casar e, em seguida, partir de lua-de-mel. No entanto isso não significa que todos queiram a mesma coisa e é evidente que não é algo imprescindível.

Podem haver luas-de-mel alternativas e usufruir de algum tempo a dois não significa que seja obrigatoriamente numa viagem. Para os que pensam saltar este passo, aqui ficam cinco motivos.

1. Poupar um pouco

Casar pressupõe uma despesa muito grande e, se tiveram muitos gastos na festa, pode ser que agora sintam necessidade de poupar para outros projetos que tenham.

Os gastos do dia-a-dia vão continuar a existir e nem sempre é possível fazer tudo de seguida. Se têm uma lista alargada de objetivos a cumprir talvez precisem de poupar para os poder realizar. E a lua-de-mel pode ser adiada ou passada sem viagem.

2. Destination wedding

Se o vosso casamento já inclui a viagem (neste caso não só para vocês como também para os convidados), podem aproveitar para conhecer melhor a zona onde vão casar. Tirem mais uns dias e deixem-se ficar, já sem o nervosismo dos preparativos. É muito provável que descubram coisas novas nas quais não tinham podido reparar nos dias antes do casamento.

ByTravel Setúbal

3. Costumam viajar muito

Se são um casal que costuma viajar muito, a viagem de lua-de-mel pode não criar um grande entusiasmo em vocês. Porque não ir apenas para um sítio recatado e ter uns dias de descanso?

4. Não vos apetece

Depois de todo o stress que envolveu o casamento, é natural que não queiram começar novas aventuras em que tenham de respeitar qualquer tipo de plano. Há muitos casais que decidem adiar a viagem para outra altura (ou até outra época do ano). Podem esperar uma altura em que estejam com mais vontade de viajar.

5. Roteiro dos sonhos

Têm uma viagem de sonho que ainda não conseguiram realizar e neste momento não têm disponibilidade financeira? Então talvez seja preferível adiar este plano, juntar um pouco mais de dinheiro e ter a viagem que sempre sonharam a dois.