Mariana Carmona Fotografia
Mariana Carmona Fotografia

Um pouco extra e talvez desnecessário, mas… pode bem salvar-te a noite! Se tantas noivas escolhem um vestido de cerimónia para continuar o dia depois de votos e alianças brindarem o altar, porque não também um segundo par de sapatos? Os stilettos perfeitos carregam-te com toda a elegância e até mesmo a tua postura e o penteado de noiva saem a ganhar com um par tão desafiante! Se há mulheres que já nasceram praticamente a caminhar em saltos, há também quem dê prioridade ao conforto e prefira não se preocupar com passos de dança e com a possibilidade de chegar ao momento de cortar o bolo de casamento pouco confortável. Mas será esta uma hipótese para todas?

Elegância vs estabilidade

É certo que os saltos mais finos e elevados não são práticos para aguentar muitas horas e que o mais pequeno vacilo pode comprometer-te. No caso de não prescindires de um sapato de salto agulha para combinar com o vestido de noiva curto, o nosso conselho é óbvio: investe num segundo par. Se fores capaz de comprometer altura – ou talvez consideres um salto compensado – nem sempre é necessário fazer o investimento.

Mariana Carmona Fotografia
Mariana Carmona Fotografia

Ter em conta o vestido

Noivas mais baixinhas vão normalmente preferir trocar alianças de casamento nas alturas, enquanto as mais altas talvez prescindam deste fator. A altura e tipo de corpo de cada mulher nem sempre está relacionado com o tipo de calçado. Mas se há algo a ter em mente se ponderas comprar outro par para brilhar no grande dia, é se o vestido o permite! Modelos longos podem ser usados com qualquer tipo de sapato, mas se procuras mesmo trocar para um vestido de gala comprido a meio da festa, vale a pena pensar num par diferente e que se adeque ao novo look.

E o tipo de solo

Ler os votos na praia, num jardim ou no terraço de pedra de uma casa com história não será nunca semelhante. A estabilidade e o tipo de solo que encontram vai condicionar muito mais o tipo de calçado que escolhem do que propriamente o vestido, sendo que muitos casais optam por fazer a cerimónia e o copo de água em locais distintos. Assim, tem sempre em mente as características do sítio antes de escolher o que calçar, uma vez que conforto e estabilidade vêm sempre em primeiro lugar neste caso.

Rita Plácido
Rita Plácido

A segurança de ter opções

Mesmo com uma proposta extremamente confortável, é uma jogada inteligente ter uma segunda opção. Embora o par que compraste seja perfeito para caminhar em superfícies mais rígidas, podes querer algo diferente para tirar fotografias ou apenas para fazer uma pausa entre cada momento do dia!

Diversificar a escolha

Se tens alguma dificuldade em tomar decisões e até mesmo escolher o vestido de noiva com renda levou meses de debate e ponderação, ter um segundo par para usar a meio do dia é um alívio. Não só te vai beneficiar quando te apaixonares pelos dois e for quase impossível decidir, mas também poderás escolher diferentes acessórios para conjugar.

Encaixa no orçamento?

Parece que optar por uma alternativa só traz benefícios, mas há que ter atenção a fatores como o preço ou o custo-benefício na hora de decidir. Um novo par de sapatos é um custo extra no vosso casamento, que devem ponderar especialmente se não pensas dar-lhes uso mais tarde.

José C. Dias
José C. Dias

Um backup de segurança, uma garantia que vais sentir-te sempre fantástica no vestido de noiva e um presente muito especial para as mais indecisas! Escolher um segundo par de calçado para o grande dia pode ser a tua salvação, mas também tornar-se dispensável consoante as vossas prioridades. Se já enviaram os convites de casamento e decidiram tudo, qual será a tua escolha neste aspeto?