Artur Oliveira Ferreira - Photography

O bolo de casamento é quase como um importante convidado na vossa festa! Depois de trocarem o anel de noivado pelas alianças e de prosseguirem com o vosso dia, o corte do bolo é um dos momentos mais esperados e românticos da noite! Mas sejamos sinceros: escolher o peso, a cor, o design e o sabor não é propriamente fácil... Cada fornecedor obedece a um conjunto de exigências, pensado para cumprir todos os parâmetros dos noivos. Se já enviaram os convites de casamento e estão na fase de escolher os melhores profissionais para o vosso dia, não percam estas dicas para acertar no pasteleiro: 

Quinta de Sonhos

1. Definir um estilo

Antes de entrarem na fase de entrevistas para encontrar o vosso perfect match, certifiquem-se de que têm uma ideia do que querem. Folheiem revistas de bolos de casamento simples, investiguem combinações de sabores e pesquisem todos os designs que estão na moda… é claro que se estiverem indecisos, um pasteleiro vai sempre conseguir guiar-vos na melhor direção, porém, convém que tenham já algo em mente quando estabelecerem o primeiro contacto. 

2. Limitar as opções

Selecionar o vosso fornecedor para o bolo de noiva não é fácil, daí ressaltarmos que um dos primeiros passos deve ser restringir as vossas opções. Se tiverem alguma dificuldade nesta fase, peçam a opinião a amigos e familiares que possam facilmente partilhar a sua experiência ou recomendar-vos algum serviço. Também podem dar uma vista de olhos pelos fornecedores anunciados no nosso portal e conhecer a opinião de outros casais sobre os seus serviços. Com esta informação nas mãos, vai ser muito mais fácil escolher os profissionais a contactar! 

Somos Fratelli

3. Quanto ao orçamento...

Estabelecer um orçamento pode, à partida, ser uma das tarefas mais trabalhosas que têm pela frente, mas é importantíssimo transmitir aos profissionais quanto estão dispostos a pagar e manterem-se firmes na vossa decisão. Sim, um bolo pode ser simples à partida, mas o butter cream, os enfeites e o topo do bolo de casamento podem torná-lo muito dispendioso. Definam quanto estão dispostos a investir e sejam assertivos com os valores – e mantenham-se afastados de fornecedores que excedam o vosso budget!

Quinta de São Thiago

4. Procurar referências

Hoje em dia não há desculpa para não ter feedback de todos os profissionais ao vosso alcance. As redes sociais são uma excelente plataforma para os negócios e, nada como pesquisar todas as críticas para chegarem a um veredicto. Além disso, podem solicitar a cada profissional um portfólio dos seus trabalhos já concluídos. Questões relacionadas com a sua experiência, licenças, estilo dos bolos de casamento originais, logística ou detalhes para entrega também não devem ser esquecidas nas várias reuniões que tiverem.

5. Agendar uma prova

Após terem escolhido o profissional, está na hora de um dos momentos mais esperados de sempre antes de trocar alianças de casamento.… a prova! Agora é o momento de avaliar o aspeto, a textura, a conjugação de sabores e as bebidas com que melhor combina. A maioria dos fornecedores vai providenciar-vos uma panóplia de sabores diferentes, para que avaliem qual o vosso favorito!

Sweet Eli

Escolher os fornecedores vai muito além do produto que têm para oferecer e as reuniões vão dar-vos uma ideia da personalidade dos profissionais e da sua capacidade de lidar com contratempos. Se já escolheste o vestido de noiva e te falta apenas assinar alguns contratos, põe estas dicas em prática e segue para o próximo passo. Não tarda estarão a escolher as lembrancinhas de casamento para oferecer a todos!