Pikitri - Sapatos de criança
Pikitri - Sapatos de criança

A chegada do primeiro filho é algo inesquecível. Para trás ficam as memórias de um dia de casamento de sonho, da felicidade sentida no momento em que vestiste o teu vestido de noiva pela primeira vez, do dia em que recebeste o anel de noivado ou de quando começaram a entregar os vossos convites de casamento. A vossa história já é longa e feliz, e chegou agora o momento de aumentarem a família. Se estão prestes a ser papás, é normal que estejam a sentir imensos sentimentos singulares e questionando como será a nova rotina... Para ajudar-vos a lidar com esta fase da melhor forma, reunimos seis conselhos que vos podem inspirar: 

Pikitri - Sapatos de criança
Pikitri - Sapatos de criança

1. Limitem as visitas nas primeiras semanas

Sim, sabemos que é algo complicado e difícil de explicar, sobretudo às vossas famílias... Mas, se sentirem necessidade de ter uns dias só para vocês e para o vosso bebé, não tenham medo de oficializar a vossa vontade. Nem todas as famílias são iguais e, se sentirem que precisam de um pouco de espaço, têm todo o direito de exigi-lo. E lembrem-se: nesta fase, tanto vocês como o bebé precisam de um ambiente confortável e tranquilo, coisa que não é possível se a casa estiver sempre a abarrotar de gente...

2. Não tenham medo de pedir ajuda

Por outro lado, toda a ajuda é pouca nos primeiros dias de recém-papás. Assim que, se acham que a ajuda da vossa família não será mais um motivo de stress, não deixem de contar com ela. Por muito que dividam equitativamente as tarefas entre vocês – limpar a casa, cuidar do bebé a meio da noite, trocar as fraldas, etc - é sempre bom contar com uma mãozinha extra, sobretudo nas primeiras semanas. Em suma, se se sentem extremamente cansados e desorientados, não tenham reservas na hora de pedir auxílio, seja a um familiar ou a um amigo de confiança. 

3. Ignorem os comentários que não acrescentam nada

Façam o que fizerem, vai haver sempre alguém com comentários negativos e que vos fará sentir que não são bons pais. Nada mais errado, sobretudo vindo de pessoas sem o mínimo de noção da situação. Lembram-se dos comentários que tiveram de ouvir quando decidiram ter uns convites de casamento personalizados e à vossa maneira? Tal como nesse momento, ignorar é sempre o melhor. Coloquem uma barreira invisível entre vocês e esses comentários, e não se deixem afetar por conselhos, sugestões ou opiniões que não fazem nada mais do que deixar-vos inseguros no vosso papel. Filtrem apenas o que querem ouvir e nem percam tempo a pensar no que não vos importa. Já têm muito com que se preocupar!

4. Respirem e sigam o vosso instinto

O instinto maternal/paternal é mais importante do que tudo o resto. Por isso, e por mais conselhos/opiniões que vos possam dar, tenham confiança na vossa voz interior. Confiem que estão a fazer um ótimo trabalho como pais e resolvam as coisas à vossa maneira. Respirem quando se sentirem pressionados a fazer algo que não querem, tentem explicar o motivo pelo qual estão a fazer o que estão a fazer e, em último caso, reforcem que os pais são vocês e que o cuidado do bebé está a vosso cargo. Deixem claro que, apesar de estarem abertos a sugestões, a decisão final sobre como atuar é vossa. 

5. Não tenham medo de falhar

Falhar é algo normal e serve para que aprendam e se tornem cada vez mais seguros e experientes no vosso novo papel. Assim, não tenham medo de falhar quando trocarem a primeira fralda ou durante a primeira refeição. Os primeiros dias são confusos e atribulados e cada casal sobrevive como pode a esta nova realidade. O importante é que se mantenham unidos nesta nova fase, nas coisas boas e nas coisas más.

6. Desfrutem ao máximo do vosso bebé

E, por fim, o mais importante de tudo: desfrutem ao máximo do vosso bebé e desta nova fase tão especial. Tentem, a todo o custo, ter tempo a três para se adaptarem todos a esta nova realidade, principalmente quando voltarem a casa depois da semana na maternidade. É importante estabelecerem e fortalecerem vínculos com o vosso bebé, que deve estar o mais tranquilo possível. Por isso, e por mais ansiosos que os vossos familiares e amigos estejam por conhecer o novo membro da família, não deixem de ter o vosso espaço, tal como o fizeram no casamento. Há momentos que são só vossos, como a troca das alianças de casamento ou a dança dos noivos. Os outros podem observar à distância, mas têm que dar-vos toda a privacidade necessária nesta primeira fase.

HJ Photo & Video
HJ Photo & Video

Mais calmos depois de lerem alguns destes conselhos? Com o tempo, todos encontrarão o seu lugar e espaço, mesmo que tal pareça impossível nos primeiros dias. A chegada de um bebé é algo único e é normal que as família percam um pouco a noção da realidade. Já vos aconteceu no momento do casamento, durante a escolha do bolo de casamento ou mesmo das lembrancinhas de casamento e, no final, tudo se resolveu. O importante é manter a calma e aproveitar este momento único ao máximo.