Fotoclik

A preparação de um casamento não tem só a ver com a escolha do vestido de noiva nem dos detalhes do teu look ou da decoração. Principalmente se se tratar de uma cerimónia religiosa, há muito para além do bolo de casamento que podem ainda desconhecer. Um casamento católico inclui uma missa e, juntamente com isso, a parte em que se celebra o casamento em si. Se querem saber como preparar tudo de forma especial, devem conhecer a estrutura de uma cerimónia religiosa, pois esta tem preceitos e protocolos que se têm de cumprir. E se já enviaram os vossos convites de casamento, está na altura de conhecerem todos os passos que darão juntos.

Documentos necessários

Devem iniciar o processo um mês antes do casamento. Os documentos necessários são: cartões de cidadão dos dois noivos, certidões de batismo e atestados de estado livre (para provarem que não estão casados com outras pessoas). Quando preencherem todos os impressos, os editais são afixados na respetiva paróquia e ficarão públicos durante 8 dias, para o caso de haver algum impedimento.

Já no dia da cerimónia, tudo começa com o recebimento e a entrada dos padrinhos e madrinhas com os seus vestidos de cerimónia curtos. Os convidados entram na igreja, onde lhes são indicados os lugares (ou se sentam de forma livre) e lhes é entregue o programa da cerimónia. Os padrinhos entram com os restantes convidados e, normalmente, sentam-se nas primeiras filas. Na verdade, eles apenas têm de assistir à cerimónia – por serem testemunhas do acontecimento - e a sua participação só é ativa no final, quando companham os noivos para assinar o livro.

Entrada dos noivos

Por sua vez, o noivo, acompanhado da sua mãe, caminha até ao altar, onde já os espera o padre e os convidados, que assistem de pé. O primeiro momento alto da cerimónia está prestes a chegar: a entrada da noiva. Vêm as crianças com as cestas de flores e as alianças e as damas de honor com os seus vestidos de gala compridos. Finalmente, a noiva entra na igreja acompanhada pelo seu pai. O protocolo manda que ela vá do lado esquerdo e o pai do lado direito, de quem está virado para o altar. Quando chegam ao altar, o pai entrega-a ao seu futuro marido.

Fotoclik

A missa

Finalmente, o sacerdote dá as boas vindas aos noivos e a todos os presentes. Começa por falar do motivo de estarem ali todos reunidos, agradecendo a sua presença. Anteriormente, os noivos escolheram duas leituras, do conjunto das sugeridas pelo sacerdote, que são lidas por dois dos convidados também escolhidos pelos noivos – são chamadas as leituras ou liturgias da palavra – e, se os noivos quiserem, podem inspirar-se nestas leituras para colocarem algumas nas suas frases para os convites de casamento. Uma outra ideia seria colocar o programa da cerimónia no mesmo convite. Após as leituras, o sacerdote fala delas e explica-as – a homília – e também se dirige aos noivos e lhes fala da sua futura vida em conjunto.

Segue-se o sacramento do matrimónio. Este é o momento em que o padre pergunta aos noivos se aceitam todos os compromissos do casamento e em que eles dizem o tão aguardado ‘sim, quero’. É apenas depois do sacramento que os noivos trocam as alianças de casamento. Primeiro, é o noivo quem coloca a aliança no dedo anelar da noiva e, depois, é a vez da noiva fazer o mesmo. Depois da tão aguardada união sagrada, chega o ofertório, ritual em que o padre apresenta o pão e o vinho, como corpo e sangue de Cristo, a eucaristia, momento de paz em que ser consagra o pão e o vinho e se reza o ‘Pai Nosso’. E, depois, a comunhão, na qual se toma simbolicamente o corpo de Cristo.O padre termina a cerimónia abençoando os noivos e todos os convidados.

Saída da igreja

Quando termina a cerimónia, os convidados vão saindo e distribuindo entre todos as pétalas de rosas e o arroz. Os noivos assinam a ata matrimonial, juntamente com os seus padrinhos e, depois, enquanto saem da igreja, são lançadas sobre eles as pétalas e o arroz, como símbolo de abundância na sua nova vida em conjunto.

Fotoclik

Estes são todos os passos que devem seguir, caso casem pela igreja. Depois da entrega do anel de noivado, podem começar a pensar em toda a estrutura da cerimónia, que músicas vão escolher, que leituras vão ler e depois disto podem dedicar-se ao resto da organização da festa do casamento, como o que vão oferecer como lembrancinhas de casamento aos convidados.