Estúdios Santa Cruz

Casais há muitos... e casamentos também! Uns sonham com um dia romântico, onde um vestido de noiva princesa e um fato elegante sejam os grandes protagonistas, enquanto que outros apaixonam-se pela ideia de dar o nó ao ar livre, num ambiente descontraído. E, para os que idealizam um enlace íntimo e inesquecível, existem os destination wedding! Se vocês estão a pensar que esta é a solução ideal para o vosso enlace - e até já sabem qual é o país que querem mencionar nos convites de casamento - não deixem de ler este artigo! Do alojamento ao bolo de casamento, vamos explicar-vos quem deve pagar o quê, de acordo com a etiqueta.

T A L E S | Weddings in Portugal

A ajuda dos pais

Tal como aconteceria se se casassem na vossa região, num destination wedding os pais podem responsabilizar-se pelos gastos que quiserem/puderem. Desde o local a detalhes como o bolo de casamento original ou decoração, tudo é uma questão de conversarem e definirem quem pagará cada elemento do enlace. Tendo em conta que, dependendo do sítio, alguns gastos podem ser mais ou menos elevados, ponderem dividir as contas de acordo com as vossas capacidades. Os vossos pais podem pagar o copo de água, por exemplo, e deixar os restantes gastos à vossa responsabilidade. No entanto, se não existirem problemas de orçamento e eles quiserem assumir os gastos, atuem como se o casamento se realizasse na vossa cidade/país.

Estúdios Santa Cruz

O que pagam os noivos?

No caso dos pais pagarem o copo de água, a cargo dos noivos podem ficar outros gastos, tais como as flores da decoração, as prendas de casamento originais e tudo aquilo relacionado com os seus visuais. Por outro lado, podem também dar um suporte aos convidados, que terão que se deslocar da sua área de residência para assistir ao casamento. Como? Conseguindo ofertas mais em conta nos hotéis locais ou pagando uma porcentagem do alojamento - o que é muito comum sobretudo se se trata de um mini wedding.

Além disso, de certeza que irão precisar de uma destination wedding planner, que auxilie com a organização do enlace e contratação de fornecedores locais. Trata-se de um serviço indispensável para os que organizam um casamento à distância, e cujos gastos devem ser suportados por vocês, para que possam sentir-se livres de eleger uma equipa que vos transmita confiança. 

Twin Box Media

As deslocações dos fornecedores

Muitas vezes, os noivos que casam longe de casa decidem levar consigo o fotógrafo, o videógrafo e outros profissionais de confiança. Se for o vosso caso, lembrem-se que os gastos extra devem ser assumidos por vocês, tanto no que diz respeito às deslocações como ao alojamento. Se o vosso objetivo for conseguir um enlace económico, a nossa recomendação é que tentem contratar fornecedores locais, com a ajuda de uma wedding planner. 

Oui Love You

E os convidados?

A cargo dos convidados devem ficar as deslocações e o alojamento - ou uma porcentagem, no caso de conseguirem uma "group rate" num hotel da região. As atividades extra, como excursões ou saídas que não estejam contempladas no programa do evento, também devem ficar a seu cargo. No grande dia, aqueles que precisarem de maquilhadora e/ou cabeleireiro para elaborar um elegante penteado apanhado, também terão de assumir estes gastos pessoalmente.

All Story Is

Serviços para o dia C

No próprio dia, há que contar com uma equipa de maquilhagem e beleza, que deve ser um gasto suportado pelo casal. Mesmo que a noiva opte por um penteado de noiva de cabelo solto, é seguro admitir que, como mínimo, ela precisará de uma make-up artist que a auxilie com a preparação. Para não haver surpresas de última hora, confiem nas sugestões da vossa destination wedding planne e contratem serviços locais. Caso decidam organizar tudo por vossa conta, realizem uma pesquisa exaustiva sobre os melhores fornecedores da região onde querem casar e estabeleçam contacto com a maior antecedência possível. 

AndreNikita Photography

Façam uma tabela de gastos e percebam quanto cada um dos envolvidos nos preparativos vai gastar. Tal é fundamental para definirem e controlarem o orçamento disponível e poderem pensar mais concretamente noutros detalhes, como o número de convidados que podem ter e quantos convites de casamento devem enviar. Quanto mais cedo definirem isto, mais cedo os convidados poderão organizar a deslocação, comprar as viagens e pensar na melhor forma de transportarem o fato ou vestido de cerimónia até ao local. Com tempo e organização, tudo será mais fácil. Vai ser um dia inesquecível!