Luis Jorge Fotografia

A família é uma grande parte da nossa vida e, juntamente com os amigos, são as primeiras pessoas às quais apresentamos o nosso par romântico. No entanto, muitas vezes, seja por questões de distância ou de pura logística, torna-se difícil reunir as famílias dos noivos e fazer as devidas apresentações. Quando já existe um anel de noivado na história, esta realidade pode preocupar os noivos, pois torna-se óbvio que chegou a hora de marcar um encontro oficial. Se já estão à procura de ideias para os vossos convites de casamento, tomem nota das nossas dicas para lidar com esta situação:

A expectativa

Não há normas nem convenções quando se trata de apresentar a família dos noivos. Na verdade, trata-se de encontrar o momento e o sítio mais oportuno e, a partir daí, avançar sem medos. Se sabes à partida que vais passar os próximos meses a escolher vestidos de noiva com renda e fornecedores, já assumiste que vais permanecer com o teu parceiro, por isso trata-se de relativizar a situação. Antes de mais, comecem por preparar os vossos pais e família, falando dos interesses da família do outro cônjuge, das suas tradições e valores, de forma a ir preparando o terreno. 

Luis Jorge Fotografia

Preparar-se para os desafios

Embora todos imaginemos que ambas as famílias se vão dar lindamente e que a conversa à mesa vai fluir com naturalidade, temos sempre de nos preparar para o pior. Mesmo que os vossos pais partilhem muitos valores comuns, nada vos garante que se vão dar bem... Mas não desanimem! Trata-se de um processo e é perfeitamente natural que não corra às mil maravilhas logo no primeiro instante. Neste tipo de relações, o tempo é um poderoso aliado! 

O primeiro contacto

Seja numa festa, num almoço, num evento ou em qualquer outra ocasião, é importante que escolham o momento mais oportuno para se apresentarem. Já sabem que encontros em casa acabam por colocar as pessoas mais à vontade, no entanto, encontros inesperados num café, numa livraria ou numa festa podem revelar-se autênticas surpresas e correr ainda melhor! Na dúvida, optem por um ambiente acolhedor, como a casa ou um restaurante onde sejam clientes assíduos, e celebrem juntos o anel de compromisso

All Story Is

Alimentar a relação

Depois de se conhecerem, poderão finalmente dar os primeiros passos na relação e envolverem-se ainda mais enquanto família. Uma relação entre famílias mantém os princípios básicos de qualquer outra relação – o respeito, a comunicação, a entreajuda… – e, como tal, precisa de ser constantemente trabalhada para ter êxito! Envolvam os vossos pais nos preparativos, peçam-lhes ideias para os convites de casamento, para a decoração e para o menu. Façam programas onde possam participar ambas as famílias e esforcem-se para que construam uma base sólida de apoio e confiança mútua. Um último conselho? Não deixem que se gere um clima de competição entre ambas famílias. 

Deixar todas as possibilidades em aberto

É claro que, depois de ter a aliança de casamento na mão, o maior sonho do casal é uma família feliz, onde todos se deem bem. Porém, nem sempre esse é o cenário possível e, antes de criarem ilusões, é importante terem isso em mente. Embora todos se esforcem para que as famílias se relacionem sem problemas, as pessoas são diferentes, têm diferentes feitios e modos de estar na vida muito divergentes. Se as vossas famílias não se derem tão bem quanto idealizaram, não se martirizem! A verdade é que não adianta investir em esforços constantes para criar um ambiente agradável se não estão todos na mesma página. Nesse caso, assumam que isso é normal e esforcem-se apenas por garantir o vosso bem estar!

Romã Eventos

A família é um grande pilar da nossa vida por isso, antes de pensarem em vestidos de noiva e decorações, é fundamental que todos se conheçam. Não há nenhuma fórmula mágica para garantir que as famílias dos noivos se vão unir para sempre e até juntar-se para escolher os vestidos de cerimónia... mas há formas de criar o ambiente mais propício para que se possam dar a conhecer da melhor forma! Tens alguma dica ou experiência que queiras partilhar?