Cada etapa a seu tempo. Uma vez casados, é normal que recordes com um sorriso o momento em que vestiste o teu vestido de noiva pela primeira vez, a emoção dos convidados quando receberam o vosso convite de casamento ou aquele corte do bolo de casamento tão emocionante. Sim, o teu dia deixará saudades e recordações ficarão para sempre mas, como marido e mulher, é tempo de olharem em frente e projetarem um futuro a dois. Nesta linha, é normal que a ideia de aumentar a família ganhe cada vez mais força. Sem perceber, talvez dês por ti a ver quartos e roupas de bebé ainda que antes desse momento, existam alguns cuidados que devem ter para uma gestação saudável e responsável. Se estão a pensar ser pais em breve, deixamos cinco cuidados a ter em conta e que não devem, de todo, ignorar.

You Click Me
You Click Me

1. Primeiro de tudo: ir ao médico!

É muito importante consultarem um ginecologista e urólogo antes de engravidarem, já que convém fazerem vários exames para saber se está tudo bem. No caso dos casais que decidam engravidar logo após o casamento, pode acontecer que o stress e agitação vivida com os preparativos – convites de casamento personalizados, traje nupcial e todas as outras tarefas – ou a nova adaptação à vida de casados dificulte a concepção e seja preciso voltarem à rotina normal antes de qualquer coisa. Além disso, ambos devem fazer umas análises gerais para saber se está tudo bem ou se alguma alteração hormonal ou complicação de saúde poderá dificultar a gestação. Depois disso, deverão pedir umas análises mais especificas para despistar DST’s ou quistos nos ovários, no caso das mulheres. Três meses antes de começarem as tentativas, façam todos estes exames e vejam também se têm todas as vacinas em dia. No caso da mulher, é recomendado também um exame do Papanicolau e uma ecografia ao órgão reprodutor, bem como uma avaliação da tiroide. Já os homens devem realizar exames de sangue e sorológicos, hepatite B, sífilis e HIV.

 2. Interromper o método contraceptivo

Dependendo do método que usam, a interrupção pode ser mais ou menos imediata. Muitos casais decidem engravidar só depois do casamento, para se dedicarem totalmente aos preparativos, onde a sua única preocupação seja encontrar um vestido de noiva com renda ou escolher as cores da decoração. Por esta razão, muitas mulheres nem pensam interromper o seu método contraceptivo nesse período, mesmo que queiram engravidar logo após o casamento. Tal pode fazer com que demorem mais tempo a ficarem grávidas depois, já que o corpo precisa de se desabituar do método contraceptivo primeiro. Aparte do preservativo, onde a interrupção é imediata e não constitui nenhuma carga hormonal, todos os outros métodos necessitam tempo para que o corpo de desabitue deles, assim que contem que poderá ser normal demorarem alguns meses a engravidar e que isso não supõe nenhum sinal de infertilidade.

Bravo - Fotografia e Vídeo
Bravo - Fotografia e Vídeo

 3. Exercício e alimentação equilibrada

Uma alimentação equilibrada é a base de tudo! É fundamental tanto para que te vejas perfeita num vestido de noiva simples e ajustado como para que fiques grávida mais facilmente. Isso, aliado a algum exercício físico, é a chave para que o teu corpo mantenha todos os níveis equilibrados. E atenção: esta ponto é válido para os dois. Deixem de lado as gorduras e os doces e optem por incluir na vossa dieta carnes brancas, verduras e frutas, leguminosas e cereais. Três meses antes de começarem as tentativas, é importante que tomes ácido fólico que não só aumenta a fertilidade como garante o bom desenvolvimento do bebé. O álcool, o café, o tabaco e o consumo de bebidas alcoólicas também deve ser evitado neste período.

 4. Quando é o meu período fértil?

O período fértil da mulher é o momento do ciclo menstrual onde esta tem mais possibilidades de engravidar. É importante que, como mulher, conheças muito bem o teu ciclo – duração, data da menstruação, se é regular, quantos dias dura a menstruação, etc – para que o possas calcular mais facilmente. Em ciclos considerados regulares (de 28 a 30 dias), a ovulação acontece mais ou menos 14 dias depois do primeiro dia da tua menstruação, sendo que os teus dias mais férteis são os três anteriores e os três seguintes do teu dia da ovulação. Há testes que te podem ajudar a calcular o dia exato, e existem também alguns sintomas indicadores de que te encontras na tua semana mais fértil. Aumento ligeiro da temperatura, acne, dor abdominal, instabilidade emocional ou aumento da líbido e do apetite são alguns deles.

 5. Sem pressas nem pressões

Se querem viver esta etapa de forma saudável, o mais importante é não haver pressões ou stress apenas porque a gravidez não acontece após algumas tentativas. Está comprovado que o stress inibe e não ajuda à gestação, além de que é inimigo da perfeição. Tal como aproveitaram ao máximo a fase dos preparativos, envolvidos entre as vossas prendas de casamento originais e os detalhes da decoração, também agora é o momento ideal de desfrutarem um do outro. Um jantar romântico em casa, escapadas a dois, idas ao spa... vale tudo para relaxarem e passarem tempo de qualidade como casal. Mantenham a chama viva e aproveitem o momento!

Ricardo Meira
Ricardo Meira

Além de todos estes cuidados, revejam ainda a vossa situação financeira, laboral e familiar, para que a gestação seja o mais feliz e tranquila possível. Talvez a tua preocupação neste momento seja pensar nos vestidos de cerimónia das tuas damas ou admirar todos os dias o teu anel de noivado mas de certeza que este momento chegará e convém estarem preparados ao máximo. Caso já estejas nesta fase, é uma questão de tempo até ter teres o teu bebé nos braços!