O Nepal, localizado na região dos Himalaias, é um dos países mais fascinantes do continente asiático. Nele situa-se o Monte Everest, o ponto mais alto do nosso planeta, a cidade-lago de Pokhara e Lumbini, onde nasceu o Buda, e ainda o Vale de Kathmandu, onde se reúnem 7 monumentos que são Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade da UNESCO. Se já trataram dos pormenores mais importantes do vosso dia C - do envio dos convites de casamento à escolha do vestido de noiva - talvez esteja na altura de começarem a pensar na vossa lua de mel! Para os casais que sempre sonharam com uma viagem ao continente asiático, o Nepal pode ser o destino perfeito para celebrar as alianças de casamento. Querem saber mais sobre este magnífico país? Então não interrompam a leitura!

Questões práticas

Como o Nepal tem o típico clima das monções, é essencial ter em conta as suas temporadas ao organizar a viagem. Os melhores meses são os de outono e primavera, nomeadamente outubro e novembro. A época das monções, que costuma ocorrer entre junho e setembro, é a menos recomentada para visitar o país. 

Desde Portugal não existem voos diretos para o Nepal. Para viajar para o berço de Sidarta Gautama, geralmente existem voos de Lisboa com uma escala em Doha ou no Dubai. Caso viajem desde o Porto, o voo de conexão costuma ser em Istambul. Os preços, como é compreensível, variam bastante conforma o mês e a companhia aérea, pelo que vos recomendamos a pedir alguns orçamentos na vossa agência de viagens. 

O Vale de Kathmandu

Kathmandu, a capital do Nepal, ainda não recuperou do terramoto de 2015 que arrasou o país. No entanto, apesar da sua aparência degradada, não deixem de dedicar-lhe alguns dias de passeio! Entre pessoas, vacas, carros e tuk tuks, Kathmandu vai fascinar-vos com a sua personalidade hospitalária e sorridente. Uma vez aqui, tentem ficar hospedados no bairro de Thamel que, apesar de ser um dos mais turísticos, é o que conta com a maior - e melhor! - oferta de lojas, restaurantes e bares. Locais imperdíveis para visitar? A Durbar Square, o Swayambhunath - também conhecido como Templo dos Macacos - os templos Boudhanath & Pashupatinath, o parque Dreams of Gardens e o parque de Ratnapark.

Lumbini, o berço do Buda

Perto da fronteira com a Índia encontra-se a cidade de Lumbin, famosa por ter sido o local de nascimento do príncipe Siddhartha Gautama. Reconhecida como Patrimônio Histórico e Cultural pela UNESCO, Lumbini é um dos lugares mais sagrados de peregrinação para os budistas. Uma vez aqui, não deixem de visitar o templo Maya Devi, onde se encontra a pedra onde a mãe de Buda deu à luz, e a Shanti Stupa, rodeada de templos de diversos países. 

Pokhara, um oásis de tranquilidade

A 200 km de Kathmandu encontra-se Pkhara, um local onde reina a tranquilidade e a descontração. Localizada nas margens do lago Fewa, Pokhara é o destino perfeito para os casais que querem conhecer a natureza mais exuberante do país e praticar algum desporto radical. Para além de ser o local perfeito para embarcar numa aventura de kayaking ou mountain biking, Pokhara também vos permitirá várias caminhadas de sonho, sendo a mais popular a que conecta o local com a Shanti Stupa. 

Parque Nacional de Chitwan

Se o que vocês querem é realizar um safari inesquecível, o Nepal tem um local verdadeiramente imperdível: o Parque Nacional de Chitwan! Este parque, declarado Patrimônio Natural Mundial pela UNESCO, alberga mais de 600 espécies de plantas, 526 espécies de pássaros, 49 de anfíbios e 50 de mamíferos. Aqui poderão observar várias espécies em perigo de extinção - como o rinoceronte indiano e o tigre da bengala - e até realizar um passeio de elefante pela selva. 

Everest, o ponto mais alto do mundo

Na fronteira com a China encontra-se o famosíssimo Everest, com 8.848 metros de altitude. Caso queiram aproveitar a vossa viagem ao Nepal para ver este fenômeno da natureza, organizem uma rota de trekking no campo base do Everest. Os passeios costumam ser de 10 dias e incluem alojamento e guias, mas também podem fazê-lo de forma autónoma. Vilas, templos, vales e glaciares... esta pode ser a aventura mais inesquecível da vossa lua de mel! Se preferirem uma opção mais curta e easy, sempre podem optar por fazer um circuito de 3-4 dias no Annapurna - que é um dos destinos de trekking mais belos do país. 

Para os foodies...

Se caminhar não é para vocês, temos excelentes notícias: a gastronomia do Nepal é uma verdadeira pérola à espera de ser descoberta! Como é de esperar, um dos ingredientes estrela da gastronomia nepalesa é o curry. Deste modo, o frango com curry é um dos pratos mais apreciados do país, sobretudo para fazer frente às noites mais gélidas. Por outro lado, o Momo - que se pode considerar como um primo afastado do dumpling - é uma das iguarias prontas a ser consumidas em qualquer estação e momento do dia. O Dal Bhat é outro dos pratos mais populares - e deliciosos! - que têm de experimentar, sobretudo se gostam de molhos ligeiramente amargos. Finalmente, se passarem por Bakhtapur, não deixem de provar o iogurte típico da região!

Cheios de vontade de conhecer este magnífico país? Então façam uma pausa na busca de lembrancinhas de casamento e visitem o vosso agente de viagens. Peçam-lhe alguns orçamentos e comecem a preparar uma viagem de sonho ao país de Sidarta Gautama! Existirá melhor prenda de casamento para um casal aventureiro como vocês?