Se há algo pelo qual todos os recém-casados anseiam é a primeira viagem juntos. Depois de tantos meses entre provas de vestidos de noiva, degustações de bolos de casamento e reuniões com fornecedores, nada como um passeio romântico para desconectar! Se gostam de calor, culturas diferentes e sabores exóticos, então Marrocos poderá ser o local perfeito para conhecerem a dois. Há toda uma experiência sensorial rodeada de sons e cheiros que vos marcarão e deixarão com vontade de voltar para conhecer mais. Estão curiosos? Então façam uma pausa na busca de lembrancinhas de casamento e deliciem-se com estas propostas: 

Quando ir?

Há dois aspetos a ter em conta quando se planeia uma viagem a Marrocos: a época do ano e o Ramadão. A fim de tirarem o melhor partido possível deste país, com uma cultura verdadeiramente apaixonante, escolham entre a primavera - meados de março até maio - e o outono - setembro a novembro - para celebrar as vossas alianças de casamento! As outras alturas do ano podem apresentar temperaturas ou demasiado altas ou baixas, o que poderá colocar em causa os vossos passeios e visitas. Além do clima, informem-se sobre a altura do ano em que decorre o Ramadão - o mês de jejum e purificação dos muçulmanos -, uma vez que o país funciona a meio gás durante esse período e muitos restaurantes e cafés fecham durante o dia e os serviços reduzem as horas de expediente.

Como chegar?

Boas notícias: existem voos diários e diretos para Marrocos desde Lisboa e Porto, com preços e horários bastante variados. Regra geral, os voos diretos têm como destino Casablanca e Marrakech, embora também se possam encontrar outros para Fez e Tânger. Para encontrar os melhores descontos e pacotes de viagens, consultem o vosso operador turístico e peçam alguns orçamentos. De certeza que vão conseguir encontrar o tour dos vossos sonhos pelo norte de África! 

O que visitar

Não faltam pontos de interesse para conhecer em Marrocos. Afinal, estamos a falar de um país que tem 10 lugares classificados como Património Mundial pela UNESCO! Destacamos alguns destes e outros que, pelas suas belezas naturais, monumentos e cultura, farão as vossas delícias:

Rabat

É uma cidade que se divide em duas vertentes opostas. Uma mais moderna, que alberga o metro de superfície, centros comerciais, museus e uma marina de luxo, e a Medina, onde se concentra todo o comércio tradicional, um imenso mercado a céu aberto, com bancas de madeira espalhadas pela histórica zona murada, onde se vendem todo o tipo de produtos: especiarias, de cheiros e cores intensas, malas, pashminas e azeitonas. 

Medina de Fez

Se pretendem vivenciar o ambiente das 1001 noites, Fez é o lugar ideal para o fazerem! A cidade está repleta de bonitos palácios e jardins, riads, cerca de vinte mil fontes, arcos e portas monumentais que vos convidarão a continuar a reviver os momentos mágicos da vossa boda. Tal como em todas as cidades marroquinas, também Fez possui uma Medina que, à semelhança das restantes, apresenta um emaranhado denso de becos, ruas e ruelas. Aventurem-se por este labirinto e deixem-se deslumbrar pela sua beleza arquitetónica. 

Marrakech

Uma cidade que nem precisa de apresentações, não é? Marrakech é o maior destino turístico de Marrocos, pelo que não podem deixar de dedicar-lhe um ou dois dias! Visitem a Praça de Djemma el-Fna e percam-se pelas lojinhas e cafés que se aglomeram à sua volta. Visitem também a Medina, o coração da cidade, a Mesquita de Koutoubia, o encantador edifício da Madrassa Ben Youssef e o Jardim Majorelle, organizado e idealizado pelo pintor francês Jacques Majorelle. Se tiverem tempo, aproveitem para visitar os principais palácios da cidade - como o de Badi ou da Bahia -, cujas majestosas arquiteturas vos vão deixar embasbacados! 

Chefchaouen

Outra cidade obrigatória para todos os que visitam a Marrocos! Conhecida como a cidade azul, Chefchaouen é uma pequena cidade localizada a 100 km de Ceuta. Uma vez aqui, não deixem de visitar a Praça de Hamman, onde poderão encontrar os melhores restaurantes e lojas de artesanato da cidade. O Museu Kasbah também merece uma visita, sobretudo pelas magnificas vistas que oferece da cidade azul. E se quiserem um panorama ainda melhor - sim, existe! - caminhem até à Mesquita Espanhola, cujo trilho começa ao lado do Cafe Abdoul. 

Sol, mar e descanso total

Depois da azáfama que foi preparar o dia perfeito e de o terem vivido ao máximo, nada como desfrutar do verdadeiro “descanso dos guerreiros”. Marrocos oferece várias praias paradisíacas com areais a perder de vista, mar azul e águas quentes para banhos longos e momentos de desconexão. A escolha é vossa, mas deixamos algumas sugestões que vos vão deixar sem respiração:

Saïdia

Saïdia consagrou-se como um dos destinos mais procurados e divulgados de Marrocos. Localiza-se no extremo nordeste de Marrocos e é banhada pelo Mar Mediterrâneo, o que lhe confere temperaturas de água do mar muito agradáveis. Se decidirem conhecer este cantinho de sonho, aproveitem para fazer uma excursão a Oujda - e/ou a Nador - e à Montanha do Camelo, onde poderão apreciar umas espetaculares grutas. 

Baía de Tamuda

Esta baía, localizada na costa norte junto a Tetouan, distingue-se pelo seu longo areal, de onde brotam incríveis resorts de luxo - como o Banyan Tree Tamouda Bay. Para além de praias, a zona de Tamuda oferece ainda uma grande lista de atividades para recém-casados, como golfe, passeios de barco e desportos aquáticos. 

Baía de Dakhla

É considerada uma das praias mais bonitas de Marrocos. Situa-se no sul do país, na costa atlântica, e pertence à província de Oued Ed.Dahab. O facto de estar muito próxima do deserto leva a que as temperaturas sejam muito altas, chegando a atingir os 40º no verão, o que é bastante convidativo para mergulhos e passeios pela beira-mar a dois. 

Gviagens
Gviagens

Uma gastronomia única!

A gastronomia marroquina é diversificada, condimentada e autêntica. Os frutos secos e os legumes predominam e usa-se e abusa-se das especiarias - algumas têm propriedades afrodisíacas, o que poderá aumentar o clima de romantismo que estão a viver! O cuscuz – bolinhas de sêmola de trigo, parecido com arroz – é muito apreciado e usado. Cozinha-se ao vapor e acompanha legumes, carne ou peixe. Se preferirem algo mais típico, podem optar pelo Tagine, que consiste num cozido ou guisado de legumes, geralmente acompanhado de carne de frango ou cordeiro. A doçaria também um ponto forte desta gastronomia. O mel é muito utilizado e pode ser encontrado em bolinhos, crepes, feqqas - biscoitos com amêndoas -e nos ghoriba - bolinhos de côcô ou amêndoa e sésamo. Desde o pequeno almoço até ao jantar, há o hábito de comer frutos secos em todas as refeições. Os mais típicos e usados são as amêndoas, as castanhas, as nozes, os figos, as ameixas e as tâmaras. A riqueza desta cozinha vai despertar as vossas papilas gustativas para sabores exóticos e únicos que despertarão os vossos sentidos e, quiçá, a imaginação.

A verdade é que depois das emoções do dia C, é natural que os noivos precisem de descansar e acalmar as emoções. Marrocos vai permitir-vos isso e muito mais enquanto deixam para trás os momentos mais estressantes em que escolheram as frases para os convites de casamento e os vestidos de cerimónia. Chegou a hora de irem continuar a viver o vosso conto de fadas a dois!