Nadar numa praia tailandesa, apreciar o nascer do sol nas Caraíbas ou participar num workshop de hula no Hawaii... Estes são os cenários que maioria dos recém-casados deseja para celebrar as alianças de casamento. No entanto, e como toda a regra tem excepção, também existem aqueles que preferem desbravar cidades cheias de cultura e história e, pelo caminho, visitar os seus museus mais emblemáticos. Se vocês se sentem abrangidos neste segundo grupo - ao ponte de terem escolhidos ilustrações estilo Matisse para os vossos convites de casamento - temos boas notícias! Hoje vamos dar-vos uma lista de 6 museus europeus que podem ditar o destino da vossa lua de mel! Ponham de parte as lembrancinhas de casamento e os DIY e inspirem-se nestas propostas: 

1. National Gallery, Londres

Se ainda não conhecem Londres, não deixem de colocar este destino na vossa wish list! Se adoram arte e cultura, esta é uma das cidades mais fabulosas que podem visitar. Dos musicais do Piccadilly Theatre aos museus de arte contemporânea, não vos faltarão opções para desfrutar da capital inglesa! Nesta linha, queremos que apontem o National Gallery como paragem obrigatória, sobretudo se são adeptos de arte clássica. Situado na famosa Trafalgar Square, o National Gallery tem uma das coleções de arte mais importantes do mundo, albergando obras de grandes artistas como Van Gogh, Velázques e Michelagelo. Um conselho? Alimentem-se bem e preparem-se para passar muito tempo dentro do edifício, já que este possui mais de 2300 obras.

  • Como chegar? Metro Charing Cross.
  • Preço: Gratuito.
  • Horário: Geralmente, das 10:00 às 18:00 (e sexta-feira até às 21:00)

2. Prado, Madrid 

A capital de nuestros hermanos tem uma oferta cultural fabulosa! Plazas com uma arquitetura surpreendente, museus dos mais diversos estilos, jardins e parques repletos de história e uma vida noturna invejável... sim, Madrid é um excelente destino de lua de mel, sobretudo para os que procuram uma opção low cost. No que diz respeito aos museus, escusado será dizer que o Museu do Prado é o mais importante de Espanha, com numerosas e valiosíssimas coleções de escultura e pintura. A coleção de arte espanhola é a mais fascinante do museu, já que permite aos visitantes apreciar obras de Francisco Goya, Velázques, Mariano Fortuny e El Greco. Se sempre quiseram apreciar quadros como "As Meninas" ou "O Jardim das Delícias", este local é um must na vossa passagem por Madrid! 

  • Como chegar? Metro Banco de España e Atocha. 
  • Preço: Gratuito das 18:00 às 20:00. 15€ nos restantes horários. 
  • Horário: Geralmente, das 10:00 às 20:00.

3. State Hermitage, São Petersburgo

Nas margens do rio Neva, em São Petersburgo, ergue-se um dos edifícios mais fascinantes e requintados do mundo: O State Hermitage Museum. Com mais de 3 milhões de obras de arte, este museu é a principal atração da cidade, e uma das mais visitadas em todo país. Sejamos sinceros: é praticamente impossível visitar as 1000 salas que compõem o museu; mas vale a pena apreciar o Palácio de Inverno - que é precisamente onde se localiza a entrada e bilheteira -, e explorar as grandes obras do local: as Madonas de Leonardo Da Vinci, a coleção de Matisse, de Van Gogh e de Picasso e, para os fãs de escultura, a famoso estátua "Crouching Boy" de Michelangelo.

  • Como chegar? Metro Admiralteyskaya, Nevsky Prospekt e Gostiny Dvor
  • Preço: Depende do que inclua a visita.
  • Horário: Geralmente, das 10:30 às 18:00.

4. Museu Vasa, Estocolmo

No ano de 1628, o navio Vasa naufragou pouco depois de iniciar a sua viagem inaugural. Hoje, este é o navio do século XVII mais bem preservado do mundo, estando em exposição em Estocolmo, num museu que recebeu o seu nome. Como podem intuir, trata-se de um museu bastante curioso, dedicado sobretudo à tradição náutica do país. Aqui, os visitantes podem apreciar os diversos aspectos construtivos e de preservação e restauro da embarcação, assim como conhecer a vida na Suécia no século XVII. Um pequeno conselho? Se efetivamente quiserem passar por este impressionante museu, levem um casaquinho extra! De acordo com a informação que o próprio site facilita, as temperaturas do local são bastante baixas, por temas de preservação. 

  • Como chegar? Não existe metro. A viagem tem de ser em autocarro ou barco. 
  • Preço: SEK 150 (aproximadamente 14€)
  • Horário: Geralmente, das 10:00 às 17:00 no inverno, e das 08:30 às 18:00 no verão.

5. Louvre, Paris

Ah, o eterno Louvre! O que seria desta lista se não mencionasse um dos museus mais fabulosos do território europeu? Quem visita Paris, a cidade do amor, raramente consegue abandoná-la sem dedicar um dia a esta maravilhoso palácio. Atualmente, estima-se que o Louvre tenha mais de 35 mil obras em exposição permanente, das quais se destacam obras incomparáveis como a Monalisa, de Leonardo da Vinci, a Venus do Milo, do escultor Alexandre de Antioquia, a Liberdade Guiando o Povo, de Delacroix, e as Bodas de Caná, de Paolo Veronese. Mas há muito mais: das antiguidades egípcias à arte grega e islâmica - sem esquecer o impressionante apartamento de Napoleão III - o Louvre promete horas e horas de arte, que podem ser intercaladas com rápidas visitas aos cafés e restaurantes que o edifício alberga. 

  • Como chegar? Metro Palais-Royal - Musée du Louvre
  • Preço: 17€
  • Horário: Geralmente, das 09:00 às 18:00 (fechado à terça-feira).

6. Galleria degli Uffizi, Florença

Florença é, para os amantes da arte renascentista, a cidade mais fabulosa do mundo. Prova disso é a mítica Galleria degli Uffizi - conhecida em Portugal como a Galeria dos Ofícios - um edifício construído por Giorgio Vasari em 1560 que, atualmente, alberga algumas das obras de arte mais impressionantes do mundo. Nas suas cinquenta salas, o museu exibe obras do século XII ao século XVIII, dando especial destaque aos artistas do renascimento italiano. Exemplos? Leonardo da Vinci, Rafael, Michaelangelo, Paolo Uccello, Ticiano, Rubens e Caravaggio. Definitivamente, existem milhares de obras singulares para apreciar nesta Galeria... mas não cabem dúvidas de que a grande pérola do museu é o quadro "O Nascimento de Vênus" da autoria de Sandro Botticelli. Já imaginaram a sensação de vê-la ao vivo e a cores, numa cidade tão romântica quanto Firenze...? Um sonho de lua de mel! 

  • Como chegar? Não existe metro. A viagem tem de ser em autocarro. 
  • Preço: varia entre 10€ e 20€, conforme a temporada.
  • Horário: Geralmente, das 08:30 às 18:50.

Outras opções

Já pensaram nas dezenas de museus que podem visitar durante a vossa lua de mel? Se estiverem em Paris, não deixem de dar um saltinho ao famoso Musée d'Orsay ou ao Centre Pompidou. Se escolheram a Inglaterra como destino, visitem também o British Museum e o TATE Modern. Em Amesterdão, não deixem de dedicar um dia ao fabuloso Rijksmuseum e ao Museu de Van Gogh, onde poderão apreciar quadros famosíssimos como "Sunflowers". Em Atenas, não percam a oportunidade de conhecer o museu da Acropolis. Em Berlim, o Museum Island é um verdadeiro must, assim como o Museu de Design da Bauhaus. Na Itália, onde encontrarão opções de uma ponta à outra, não podem mesmo perder os Museus do Vaticano, o Museu Nacional de Arqueologia de Nápoles e, para os amantes da arte contemporânea, a coleção Peggy Guggenheim, em Veneza. Finalmente, se decidirem dar um passeio por Portugal, não deixem de visitar o Museu Nacional do Azulejo e o Museu Calouste Gulbenkian, em Lisboa, o Museu Serralves, no Porto.

Por muito alegre e memorável que o dia C seja, temos a certeza de que vão adorar guardar os vestidos de cerimónia e iniciar a vossa primeira viagem de casados! Se a arte é uma das paixões que mais vos une, deem uma prenda de casamento especial um ao outro: um tour pelos museus mais emblemáticos da Europa! Do Museu do Prado ao State Hermitage, são muitas as obras com que poderão contactar - e, claro está, muitas as cidades que poderão explorar! Já sabem quais são os museus que não podem faltar na vossa viagem? Contem-nos tudo!