Marit de la Vera Photography
Marit de la Vera Photography

Nas relações românticas - sobretudo nas mais longas e comprometidas - existem imensas etapas: conhecer a família, estar presente em eventos com os amigos, falar sobre promessas de futuro e, invariavelmente, ter aquele anel de noivado no dedo...! Viver juntos é algo que não depende necessariamente do casamento ou se te imaginas com um vestido de noiva em breve. No entanto, é uma grande decisão e mudança na vossa vida, que acarreta esforço contínuo e compromisso de ambos os lados. O mais importante antes de tomarem a decisão de viver juntos é saber o porquê de o estarem a fazer! Manter uma relação a funcionar requer intenção, e não apenas mudanças para tornar tudo mais fácil ou confortável. Se já pensaram nos convites de casamento, aqui têm uma lista de questões para avaliar!

Marit de la Vera Photography
Marit de la Vera Photography

A vossa rotina pode alterar-se

Quando tens o teu próprio espaço, estás habituado(a) a acordar a uma determinada hora, a ter a tua própria organização e a fazer as tarefas de uma forma específica. Porém, tudo muda quando divides casa com alguém que amas! Ambos vão ter de fazer pequenos sacrifícios e de adaptar as rotinas à outra pessoa, de modo a sentirem-se confortáveis no vosso próprio espaço. Para evitar possíveis atritos, discutam de antemão as vossas preferências e hábitos mais pessoais; de certeza que vão conseguir encontrar o equilíbrio! 

O teu parceiro/a vai conhecer os teus hábitos mais peculiares...

Será que cantas no duche, que adoras experimentar penteados apanhados ou que a tua vida tem de estar sempre acompanhada por uma playlist? Podes ficar a par dos hábitos do teu parceiro muito antes de se juntarem, mas há sempre algo mais por descobrir que ainda vos pode surpreender... Estão preparados para ver o lado mais íntimo e "secreto" um do outro?

Márcia Raposo Photography
Márcia Raposo Photography

Vão falar sobre finanças

Decidir como organizar e onde investir os vossos rendimentos vai ser uma constante, pelo menos no primeiro ano a morar juntos. Na verdade, vocês são duas pessoas singulares, com hábitos e backgrounds diferentes e, por isso, é normal que encarem os gastos também de forma diferente. É normal este ser um assunto fraturante quando decidem trocar alianças de casamento, mas quando moram juntos, tudo muda! Há as despesas da casa, com comida, com deslocações, as compras, os jantares e as saídas e, de repente, dás por ti a achar que a outra pessoa é demasiado permissiva – ou forreta – com as contas...

Diana Nobre Fotografia
Diana Nobre Fotografia

As discussões vão surgir – e tornar-se mais frequentes

Ao viver juntos, há muito mais espaço para surjam momentos em que as vossas mentalidades e gostos choquem. Pratos por limpar na cozinha, sapatos sujos no tapete da sala, shampoos com as tampas abertas... rapidamente vão compreender que partilhar uma casa requer muita paciência e jogo de cintura. Mas lembrem-se: também terão mais tempo e intimidade para fazer as pazes depois de cada discussão! 

A vossa relação vai mudar

Passar a viver juntos não significa que tu e o teu parceiro vão mudar drasticamente, mas é irrealista considerar que a vossa relação se vai manter igual com este grande passo. As pessoas mudam com o tempo - certamente que daqui a uns anos não escolheriam o mesmo sabor para o bolo de casamento original nem convidariam exatamente as mesmas pessoas para partilhar este dia, mas isso significa apenas que estão a crescer! Esperem uma grande evolução no vosso relacionamento que, apesar de poder incluir alguns atritos e momentos de adaptação, acabará por fazer-vos mais fortes e unidos!

Marit de la Vera Photography
Marit de la Vera Photography

Há muitas mudanças a acontecer quando decidem viver juntos? Há! Mas será que mesmo assim vale a pena? Sem dúvida! A experiência de partilhar uma casa e uma vida com a pessoa que mais amamos é única e, quer aconteça antes ou depois de cortarem o bolo de casamento, não há nada melhor do que sentir que, aos poucos, estão a formar a vossa pequena família! Se já entregaram as lembrancinhas de casamento e deram esse gigante passo que é partilhar um lar com a vossa cara metade, contem-nos como tem sido a experiência!