Lara & Diogo - Memory Maker
Lara & Diogo - Memory Maker

Casar na nova normalidade é mais regrado, exige adaptação e muito planeamento. Os convívios, as reuniões familiares, as saídas de amigos, todos eles têm agora de ser adaptados e de obedecer a diversas regras para eliminar o risco de contágio. O desafio? Manter a cumplicidade, o amor e a euforia mesmo num clima como este.

Lara & Diogo - Memory Maker
Lara & Diogo - Memory Maker

A Europa passou por uma das provas mais duras neste 2020, com um vírus que surgiu de repente e se alastrou a uma velocidade que ninguém conseguiu prever, acabando por impactar um dos setores mais felizes e promissores, que tanta esperança deposita nos noivos. Mas será possível dar a volta e superar um momento crítico com amor e criatividade? Vejamos como têm decorrido os casamentos um pouco por toda a parte.

Cerimónias informais

Passamos de um encontro religioso que junta toda a família para um número de convidados restrito, uma cerimónia a céu aberto e um clima informal, que retira alguma rigidez ao protocolo. Muitas cerimónias adiadas, mas a maioria adaptada para cumprir todas as diretrizes. Entendemos que o poder de adaptação assume aqui um fator fundamental e, quem sabe se não condicionará também os hábitos dos noivos no futuro, que tendencialmente têm vindo a optar por festas mais pequenas com menor número de pessoas presente, resultando em enlaces intimistas.

Alexandre  & Marisa
Casamento de Alexandre & Marisa

Com o devido espaçamento

Longe, mas sempre perto. A máscara é o acessório obrigatório, a desinfeção constante das mãos também e guardar de 1 a 2 metros é um cuidado que subitamente todos nos vemos obrigados a obedecer, quase instintivamente, mas isso não significa que a proximidade seja um problema. Há formas de reinventar e adaptar as atividades, guardar alguns metros dos outros convidados e manter o contacto e a proximidade, ainda que com a distância adequada.

Reduzir, consciencializar, adaptar

A primeira mudança que impacta todo o casamento é a redução na lista de convidados. Com as diversas medidas do governo – e diferentes adaptações a cada país – o mais provável é que os noivos tenham de escolher quem vem e quem tem de ficar na lista de espera para celebrar mais tarde. A esperança de que em breve voltará tudo ao normal deve fazer-nos marcar planos, férias e roteiros e agendar para um momento mais oportuno.

Márcia  & João
Casamento de Márcia & João

Uma componente importante é também a forma como os profissionais se têm vindo a adaptar. As novas medidas exigem planeamento e os responsáveis pelos espaços e pelo catering um pouco por toda a Europa têm revelado uma posição ativa neste segmento. Seja a incluir sinalética para relembrar todos os convidados dos cuidados a ter, dispor frascos de álcool gel em diversos locais de fácil acesso, reforçar as medidas de distanciamento e aplicar estas e outras regras à hora da refeição, os profissionais têm feito tudo ao seu alcance para proporcionar um ambiente seguro e de confiança para os noivos, garantindo o cumprir de todas as medidas.

Celebrar os momentos especiais

O amor não pode ser adiado, mas o casamento sim. Umas semanas, meses ou uma estação significa pouco para quem canaliza tantos recursos para este dia. Embora um pouco abalados, os noivos um pouco por toda a Europa têm-se esforçado por manter viva a expectativa e contam com o melhor serviço dos profissionais para tornar o sonho realidade. Isso verifica-se nos casais que decidiram seguir em frente apesar de todas as contrariedades, adaptar o espaço, a hora da refeição e a animação e desfrutar de momentos incríveis, que tantas vezes conseguem superar as expectativas.

Lara & Diogo - Memory Maker
Lara & Diogo - Memory Maker

Mudar os planos, adaptar as datas e rever os convites é o que tantos noivos têm optado por fazer quando o que estava nos planos era um dia único com zero preocupações. Mas com todos os desafios em mãos, o feedback dos noivos mantém-se positivo, a expectativa aumenta e a realização pessoal também, ao decidir celebrar num momento como este. Adaptar e descomplicar acabam por ser máximas que fazem a diferença, quando o que mais importa é o compromisso e dedicação com que enfrentam este dia.