A aliança é o símbolo por excelência do casamento. A própria palavra “aliança” significa acordo, pacto entre duas partes. No caso do casamento celebra-se um acordo ou compromisso de cumplicidade, amor e fidelidade. Deste modo, a aliança é o representante material da união entre os noivos, que se comprometem a partilhar os bons e os maus momentos da vida.

Origem e história das alianças

Lidesvideo - Photography & Films

Existem várias teorias acerca das origens do uso das alianças. Possivelmente este costume de as incluir nas cerimónias de casamento terá origem nas celebrações hindus. No entanto, terá sido popularizada pelos egípcios, que usavam os anéis como símbolo do infinito e da eternidade. De facto, sendo círculos, as alianças não têm princípio nem fim e seria esta a ideia que os egípcios quiseram materializar ao usarem as alianças como símbolos de união no casamento: uma união eterna, em que o começo e o fim se fundem.

Quando Alexandre o Grande invadiu o Egipto o costume passou a ser incluído na tradição grega. O povo grego acreditava também na existência de uma veia que passava pelo dedo anelar esquerdo que teria uma ligação direta com o coração, daí as alianças, símbolo de um amor contínuo, serem usadas neste dedo. Também segundo a acupuntura existe um meridiano, o do coração, que passa pelo anelar esquerdo e o do coração. A aliança terá sido, muito provavelmente adotada pelos romanos quando estes conquistaram a Grécia. Foram também os romanos que instituíram a obrigatoriedade do uso de alianças pelos esposos.

A tradição chinesa

Lidesvideo - Photography & Films

Segundo a tradição chinesa, as alianças usam-se no mesmo dedo mas por um motivo diferente: se se juntarem as mãos unindo-as pelas gemas dos dedos e se dobrarem os dedos maiores, deixando os restantes esticados, é possível separar todos os pares de dedos exceto os anelares. Estes simbolizam precisamente os membros do casal (o polegar representa os pais, o indicador os irmãos, o maior o próprio e o mindinho os filhos), ou seja, todos se acabam por separar à exceção dos esposos que estarão unidos toda a vida.

Tipos de alianças

Cascaisphoto Produções

As alianças de namoro surgiram bastante mais tarde e eram usadas na mão direita. Apenas quando o casal anunciava o seu noivado (que teria de ser no máximo um ano antes do casamento) passavam a usar uma aliança na mão esquerda. Esta, por ser mais próxima do coração, representava então um compromisso mais sério. No dia do casamento a aliança de noivado seria substituída pela de casamento, tal como acontece atualmente nos casos em que os casais usam estas alianças.

As alianças de casamento

Regra geral as alianças de casamento são de ouro, podendo também ser usados outros materiais como a prata, a platina ou o aço. Cada vez existem mais possibilidades que deixam aos noivos uma ampla escolha.

Na parte interna da aliança é costume gravar-se o nome dos noivos (na aliança do noivo o nome da noiva e na da noiva o nome do noivo, embora haja quem escreva nas duas o nome de ambos) e a data do casamento. Pode ser uma boa cábula para os que têm dificuldades em decorar datas!