Azulclaro Fotografia
Azulclaro Fotografia

Comprar ou alugar… eis a questão! Assim que tens o anel de noivado, há inúmeros dilemas que surgem no que toca a tudo o que têm de adquirir. Comprar ou não o vestido de noiva, os acessórios, os sapatos e toda a decoração? Felizmente, existem alternativas, como é o caso do aluguer do fato de noivo! Simples, prático e muito mais económico, é uma excelente opção se querem poupar para as lembrancinhas de casamento e lua de mel, ou simplesmente se não querem um fato inutilizável a ocupar espaço no armário. Venham conhecer os prós e contras!

Vantagens

A poupança

Ideal Concept
Ideal Concept

Sem dúvida o motivo nº1 para quem decide alugar o fato – o fator financeiro. É uma peça especial, sem dúvida, mas vais usá-la apenas uma vez, ao trocar alianças de casamento. O valor de aluguer é significativamente mais baixo do que o da compra, daí que seja a opção preferida dos noivos!

Sustentabilidade

De que adianta ter uma peça de roupa nova, por vezes feita à medida, para ser utilizada apenas uma vez? O vestido de noiva com renda irá para o armário e, o mesmo acontecerá com o fato. Não será mais ecológico- e sustentável – não poluir e evitar o desperdício, optando pelo aluguer?

Sem Asa
Sem Asa

Compromisso (ou a falta dele)

Pensar num fato, escolher o tecido, acertar nas medidas, eleger as melhores cores… tudo isso faz parte do processo de escolha deste conjunto de peças que formam o look nupcial, mas aí também deve ser somado o peso da responsabilidade e a pressão social para que tudo seja perfeito! Ao alugar, estás a retirar-lhe o tal peso do compromisso e a tratar esta roupa como aquilo que efetivamente é: um acessório. Importante, é certo, mas há claramente outros pontos do dia para onde devem dirigir a vossa atenção.

Desvantagens

As provas

RPPereira Produções Fotográficas
RPPereira Produções Fotográficas

Decidir alugar o fato de noivo não te dispensa de todas as provas para averiguar se assenta na perfeição. Quer compres ou alugues o conjunto que decidas usar, é importante comparecer às várias provas, fazer os ajustes necessários e esperar que o fato fique, finalmente, pronto – o que poderá sempre levar algum tempo a concretizar-se.

Propriedade

Enquanto há noivos que não se importam de usar algo alugado ou emprestado, há outros que preferem ter algo que lhes pertence, mesmo que seja usado apenas para a ocasião. Se o fato personifica para ti algo muito importante e simbólico – à semelhança dos acessórios do penteado apanhado da noiva, por exemplo – talvez recorrer ao aluguer não seja a melhor opção.

Os cuidados a ter

Alugar o fato significa devolvê-lo, no final do dia ou das semanas que passam na lua de mel após entregar as prendas de casamento originais, intacto. Pequenas nódoas, mangas que alargaram, botões que saíram, tecidos manchados ou ligeiros rasgões serão tidos em conta e, possivelmente, sair-te-ão do bolso mais tarde. Ao usar um item alugado, todo o cuidado é pouco, sobretudo quando se fala de um autêntico ambiente de festa!

Vitor Pina
Vitor Pina

Já ponderaste na decisão de comprar ou alugar este item? Os fatos são normalmente compostos por camisa, calças, blazer e casaco, sapatos e outros acessórios. Trata-se de uma deliberação, averiguar se vale mesmo a pena adquiri-lo por inteiro ou se, à semelhança de um vestido de cerimónia, não há qualquer entrave a finalizar o aluguer e devolvê-lo no final da festa! Este método sem compromisso tem-se revelado mais económico, simples e sustentável do que proceder à compra e, por isso, uma ótima opção se já enviaram os convites de casamento. Dá-nos o teu feedback sobre o tema!