Kup Eventos

Ter uma mesa de frios é, de facto, um costume na maioria dos casamentos do nosso país, já que representa um dos primeiros momentos de convívio entre os convidados e os noivos. A mesa de frios é versátil e adapta-se a todos os estilos de enlace, do o mais clássico ao mais intimista e é, por norma, uma responsabilidade da equipa de catering ou do espaço contratado. Por isso, se já escolheram o local do copo de água, enviaram todos os convites de casamento e já decidiram outros detalhes fundamentais - como o vestido de noiva ou as prendas de casamento - é hora de se dedicarem ao menu! Se pensam ter uma mesa de frios, aqui ficam seis aspetos fundamentais que não devem ignorar. Para que tudo esteja perfeito, não pode haver margem para erros: 

Casa de Abis

1. Indicada para que tipo de casamentos?

A mesa de frios dá as boas-vindas ao copo de água e adapta-se a qualquer estilo de casamento, do mais requintado ao mais informal. Depois de todas as emoções que os convidados viveram ao ver-vos trocar as alianças de casamento, este é o momento perfeito para recuperarem energias e conversarem entre si. Em casamentos mais formais e com um maior número de assistências, deve estar à disposição dos convidados antes dos noivos chegarem ao local do copo de água. No caso dos casamentos mais pequenos e informais, esta pode fazer parte do menu escolhido, sobretudo se optaram pelo regime buffet.

2. O que colocar na mesa de frios?

Numa mesa de frios, não existe propriamente um critério sobre o que incluir ou não incluir no menu. Tudo depende do gosto e orçamento dos noivos, bem como do estilo ou época do casamento. Um casamento no outono e inverno centra-se mais nos queijos, enchidos, patés, pães variados, frutos secos ou compotas, ao passo que os casamentos que se celebram na primavera-verão pedem frutas variadas, saladas frescas, sushi e/ou marisco. Ainda assim, existem opções que nunca falham seja qual for a época do ano, tais como o presunto e uma tábua variada de enchidos, queijos, azeitonas, ovos de codorniz, salgadinhos, marisco, tostas, frutas e pãezinhos de várias qualidades. 

Kirill Pervukhin

3. Como montar a mesa?

A apresentação da mesa de frios deve ir de encontro ao estilo do vosso casamento, assim como os outros elementos decorativos – convites de casamento personalizados, mesas decoradas com as cores do casamento, etc. Ainda assim, o primeiro que devem ter em conta é a separação dos pratos e alimentos por afinidade, isto é, queijos todos juntos, ao lado dos enchidos, seguido das várias saladas, por exemplo. As travessas e as taças grandes devem estar alinhadas e normalmente colocam-se no centro da mesa, sendo que devem ser de fácil acesso para os convidados. No final, é necessário decorá-la em função do estilo do enlace. Pequenos arranjos florais, elementos rústicos, fotografias, velas... as opções são infinitas! Pensem apenas que estas não devem tapar ao comida ou dificultar o acesso dos convidados aos pratos. 

4. É necessário alugar o material à parte?

Como sempre, tudo depende das características do casamento. Há quem opte por contratar o espaço com o material que este dispõe incluído, e existem os que preferem alugar o material à parte, de forma a personalizar ainda mais o evento. No caso da mesa dos frios, costuma ser o catering - ou o local do evento - a responsabilizar-se pelo material, pelo que muito dificilmente terão de se preocupar com o tema. No entanto, se querem uma decoração ou algum elemento particular que não esteja incluído na oferta, podem sempre alugar ditos objetos ou contratar uma equipa de decoração que se responsabilize pela ornamentação do espaço. Com a sua experiência, de certeza que vão montar o espaço tal como imaginaram e ainda dar-vos sugestões para outros cantos da festa, como o local do photobooth ou das vossas prendas de casamento originais.

In Weddings Photography

5. Com que antecedência deve ser preparada? 

Como todos sabemos, maioria dos alimentos que compõem a mesa de frios estragam-se com facilidade. Deste modo, não é recomendável deixá-la totalmente pronta com muita antecedência, sobretudo se a festa se celebrar durante o verão. O ideal é prepará-la no próprio dia do enlace, em simultâneo com a cerimónia. Assim, após a troca das alianças de ouro branco, todos os presentes poderão desfrutar de uma deliciosa mesa de frios, com a qualidade dos produtos frescos e recém preparados! 

6. Equipa de catering: sim ou não? 

Por norma, uma mesa de frios não necessita de uma equipa de garçons a servir, mas tudo depende do tipo de casamento. Muitos serviços de catering oferecem também este serviço e é sempre útil ter alguém que vá servindo os convidados enquanto colocam a conversa em dia e reponham a comida na mesa sempre que acabe. Caso não tenham este serviço incluído, avaliem se vale a pena contratá-lo. Talvez num casamento com poucos convidados não seja necessário, mas num casamento maior, esta poderá ser uma boa opção.

Kirill Pervukhin

Sem dúvida de que ter uma mesa de frios no grande dia é sempre uma mais-valia para todos.Os convidados poderão desfrutar de um momento mais relaxado antes do copo-de-água, além de que faz com que conversem entre si e fiquem mais à vontade. Depois da mesa de frios, segue-se o copo-de-água, mas antes de pisarem a pista, ainda há a entrega das lembrancinhas de casamento e o corte do bolo de casamento, assim que convém comerem e beberem algo logo após a cerimónia. Escolham tudo de acordo com o vosso gosto e o dos convidados, e não se esqueçam de enquadrar a mesa de frios no estilo do vosso dia. Todos irão adorar e apreciar este momento delicioso!