T A L E S | Weddings in Portugal
T A L E S | Weddings in Portugal

O vestido de noiva já foi guardado. O bolo de casamento é uma doce recordação, da qual guardam uma fatia para saborear no primeiro aniversário de casados, e até a lua de mel ficou para trás, imortalizada numas lindíssimas fotografias. Agora, a rotina voltou a instaurar-se. No entanto, é óbvio que as coisas nunca mais vão ser as mesmas... As alianças de casamento inauguram o principio de uma vida a dois, que pode ser marcada por momentos tão maravilhosos quanto complicados. Para ajudar-vos a começar o vosso casamento com o pé direito, compilamos 5 reflexões importantes que vos podem inspirar:

Ritmos & Reflexos
Ritmos & Reflexos

1. Aprender a conviver com alguns defeitos

O noivo demonstrou ser uma pessoa teimosa ao insistir que queria um bolo de casamento simples e minimalista? A noiva revelou um pessimismo inesperado ao não encontrar o vestido de noiva Rosa Clará com que tinha sonhado? Acreditem: isto é apenas o principio. Com o passar do tempo vão descobrir vários defeitos na vossa cara-metade, uns mais suportáveis que outros. Mas é importante ter em mente uma filosofia bastante simples: não podemos mudar as pessoas. Podemos aceitá-las e inspirá-las, nada mais. Aprender a conviver com os defeitos do outro requer grandes doses de carinho, compreensão e empatia. E, a não ser que dito "defeito" traga consequências graves para a relação, ambos devem esforçar-se por compreender a outra parte. 

2. As decisões afetam o casal

Depois do casamento, qualquer decisão tomada a nível individual pode afetar a dinâmica do casal. Por isso, é muito importante que as decisões sejam comentadas e pensadas em conjunto. Se escolheram os vossos convites de casamento personalizados como uma verdadeira equipa, devem aplicar a mesma dinâmica a todas as deliberações que possam afetar a vida em comum. Um dos pontos onde é fundamental exercer a transparência e a comunicação ativa diz respeito às vossas finanças conjuntas. Em Portugal, maioria dos divórcios dá-se por problemas relacionados com a gestão do dinheiro. Por isso, não tomem decisões neste âmbito sem consultar a vossa cara-metade. O mesmo é válido para outros temas, como a gestão da casa e a educação dos filhos. 

Danilo Antonio Photographer
Danilo Antonio Photographer

3. Amor e sexo: novas perspectivas

Com o passar dos anos, é normal que a vossa concepção de amor comece a mudar. A paixão inicial começa a dar lugar à cumplicidade, o que se reflete na intimidade. De acordo com as estatísticas, é a partir dos dez anos de casamento que as diferenças se começam a sentir. A boa notícia é que, na maioria dos casos, a relação muda para melhor! O mesmo acontece com o sexo. Depois de vários anos de relação, a vossa intimidade vai estar no auge, o que permitirá que desfrutem do sexo com maior descontração e naturalidade. Mas lembre-se: nada de entrar em piloto automático! É importante manter a "chama acesa" e inovar. 

João Terra Fotografia
João Terra Fotografia

4. O poder da comunicação

Não tenham dúvidas: a comunicação é a base de qualquer relação. Por isso, se querem que o vosso relacionante seja sinónimo de cumplicidade e compreensão, não descuidem este importantíssimo pilar. Do mesmo modo que debateram com honestidade o que fazer com as prendas de casamento, também devem conversar sem receios sobre qualquer tema que vos possa afligir. Um conselho? Se a tua cara-metade te está a contar algo, presta-lhe atenção. Deixa o telemóvel e a televisão de parte. A comunicação de qualidade tem a empatia por base, mas também ganha pontos com o contato visual. 

5. Com o passar dos anos...

Bodas de papel, de prata, de ouro... Os anos vão passando e vocês continuam juntos e unidos. "Qual é o segredo para uma relação de sucesso?", vão perguntar-vos. A resposta é simples: cada casal constrói a sua relação de acordo com os seus valores. Não existe uma receita para o êxito. Por isso, evitem ao máximo comparar-se com outros casais e invejar outras relações. Desde que exista amor e respeito, cada um sabe de si e do que lhe convém. Sejam felizes e não percam tempo com comparações! 

Pó de Arroz
Pó de Arroz

Os casamentos nem sempre são fáceis. No entanto, com respeito, amor, empatia e muita comunicação, tudo pode ser resolvido! Afinal, quando colocaram o anel de noivado na mão, sabiam que estavam destinos a viver uma experiência única e repleta de aventuras! Não duvidem que, num abrir e fechar de olhos, vão estar a trocar as alianças de boda de prata perante os vossos amigos e familiares, celebrando um amor verdadeiro e indestrutível!