Miguel Cunha Fotografia
Miguel Cunha Fotografia

O dia C está repleto de ritos e tradições, algumas delas tão enraizadas que nem sequer questionamos a sua origem! Uma delas é a do arroz. Após trocarem alianças no altar, ansiamos que o casal saia da igreja para atirar arroz sobre o vestido de noiva e surpreender todos com este (já aguardado) ritual. Há noivos que dispõem cones de arroz à saída da igreja, como se de lembrancinhas de casamento se tratassem, e convidados irreverentes que preferem trazer a sua própria matéria prima para a festa. Se já enviaram os convites de casamento, porque não conhecer um pouco mais sobre as origens desta tradição milenar?

O simbolismo por detrás…

A tradição de atirar arroz entre aplausos após os noivos trocarem alianças de casamento está inteiramente ligada ao que esta união representava antigamente. A união e a prosperidade, o desejo de formar família e a sorte para os recém-casados… escolhido pela sua disponibilidade constante e custo bastante baixo, o arroz representava precisamente a fertilidade e a prosperidade. Assim, atirá-lo sobre o casal funcionava como uma bênção, desejando aos noivos os maiores votos de sorte, boas colheitas e uma grande família!

Crescimento e união desde o primeiro dia

As alternativas ao arroz incluíam trigo - segundo o que se acredita ser a tradição na Roma antiga - e aveia. A mensagem aqui é clara: todas estas sementes são coisas que crescem, assim como se espera de uma relação ou amor entre duas pessoas! Esta chuva de arroz envolve todos os convidados, das crianças aos mais velhos, não suja os vestidos de cerimónia curtos, não depende do clima e é sem dúvida um momento de união, daí que tenha persistido ao longo dos séculos!

Eternaly You
Eternaly You

Adaptação aos dias modernos

Embora seja ainda o momento favorito de muitas crianças e adultos, sem contar com o bolo de casamento original, a verdade é que muitos noivos optaram por dar uma pegada mais atual a esta tradição ancestral. Se há casais que dispõem pequenos cones de arroz à saída da igreja, para que ninguém tenha de carregar sacos consigo, outros trazem confettis, bolhas de sabão, flores ou balões para animar o momento!

A tradição, em redor do globo!

Em Itália, os convidados lançam nozes açucaradas aos noivos à saída do altar. Em Marrocos, figos e passas representam a fertilidade e são, por isso, os favoritos no momento de celebrar após as alianças de ouro branco. Nos Estados Unidos, as tradições variam, mas normalmente, nenhum item comestível é usado neste momento, dando a flexibilidade aos noivos – e aos convidados – de escolher o que atirar nesta parte da celebração!

Adler Kernkamp
Adler Kernkamp

Papelinhos e pétalas de flores, confettis ou a sua versão DIY! Já pensaram como adotar ou adaptar esta tradição para o vosso dia C? O arroz, à semelhança de qualquer outro cereal ou fruto seco, é símbolo de crescimento e prosperidade, daí que se tenha popularizado como ícone para lançar sobre os noivos à saída da igreja. Todos os ritos e tradições têm o seu porquê, desde o bouquet da noiva, a troca de alianças e o cortar do bolo de casamento. Amor, dedicação, crescimento e prosperidade são palavras de ordem em todos estes pequenos ritos que ditam a nossa cultura, não fosse o casamento em si o celebrar de tudo o que une dois indivíduos. Se já tens o teu vestido de cerimónia, qual a tradição que gostavas de conhecer a seguir?