My Sweet Love
My Sweet Love

A alegria está instalada! Finalmente o pedido foi feito e o anel de noivado já está no dedo como prova de um amor incomparável. Agora começa a preparação do momento com que sempre sonharam: o vosso dia C. Há milhentas tarefas para tratar e decisões tomar, como a escolha do menu da boda e dos sabores do vosso bolo de casamento. Mas antes de tudo isto, é muito importante que definam o estilo do vosso enlace e, posteriormente, o dos convites de casamento. No universo dos convites - e da papelaria em geral - existem imensos pormenores que devem ser considerados, das cores ao design. Hoje vamos falar sobre a caligrafia e a importância da mesma:

Levado à Letra
Levado à Letra

Letra legível

A escolha da caligrafia certa é quase tão importante como a do penteado apanhado da noiva; se um cabelo fora do sítio pode comprometer o conjunto, a escolha errada da letra também pode alterar a percepção do evento e até a compreensão do leitor. Como tal, é sempre recomendável que testem vários tipos de letra antes de se comprometerem com uma. Em suma, o tipo de caligrafia que utilizarão para as frases do convite de casamento deve ser o mais legível possível, enquadrando-se ainda no estilo/temática do dia C. 

... e de acordo com a identidade visual do enlace

Para além de nítida, a letra escolhida para os vossos convites deve respeitar a identidade visual do casamento. Por exemplo, se querem ter uma festa requintada, onde o glamour dos vestidos de gala compridos seja uma constante, é recomendável que optem por uma caligrafia artística inglesa, com inclinação e formas exuberantes. Por outro lado, se desejam que o vosso evento seja descontraído e moderno, com pitadas do estilo industrial chic, nada como uma caligrafia mais moderna e simples, sem enfeites excessivos. 

Story2Remember
Story2Remember

Uma seleção cuidada das cores

Está claro que o vosso casamento contará com uma palete de cores oficial; como tal, tudo terá de fazer pendant com o tema principal, dos convites de casamento personalizados à decoração das mesas. Se já têm uma caligrafia preferida, verifiquem se as cores escolhidas se adaptam ao tipo de letra. Peçam várias alternativas e decidam, com base na estética e na praticidade, a que melhor traduz o ambiente que idealizaram para o vosso dia C. 

Atenção ao tipo de papel

Mais um pormenor que parece insignificante, mas não é! A gramagem do papel escolhido e a impressão são dois aspetos que estão intimamente interligados. Façam um ou dois convites-teste para verificarem se está tudo como idealizado e só depois partam para a impressão final. E não se esqueçam: para além da parte estética, também é fundamental que confiram a ortografia das palavras, a pontuação do texto e os nomes. 

Ideia Genial
Ideia Genial

Como escolher o caligrafista?

A arte da caligrafia exige um estudo minucioso de cada letra. Como tal, encontrar um profissional com experiência e habilidade pode revelar-se algo complicado, sobretudo se não sabem por onde começar. O nosso conselho? Visitem o nosso diretório de fornecedores de convites de casamento e descubram artistas verdadeiramente talentosos um pouco por todo o país. Estabeleçam contacto com os vossos preferidos e tentem marcar uma visita presencial. Só assim poderão explicar exatamente o que pretendem e conhecer de perto o trabalho do caligrafista. 

Levado à Letra
Levado à Letra

Todo o cuidado é pouco na escolha da caligrafia dos vossos convites de casamento originais, o primeiro contacto dos vossos convidados com o grande dia. Depois de terem esta decisão tomada, podem começar a pensar nos menus do copo de água e no packaging das lembrancinhas de casamento que, idealmente, deve ter uma estética semelhante à dos convites.