Copenhaga é a maior e mais importante cidade da Dinamarca. A sua privilegiada localização e o ambiente que se respira na cidade são, sem dúvida, as suas maiores atrações. A cidade escandinava combina a perfeição entre o antigo e o moderno. Podem desfrutar de um agradável passeio pelas sinuosas ruas do seu centro histórico e visitar os edifícios mais vanguardistas do momento. Uma mistura de harmonia e tradição da monarquia e de novas expressões culturais.

Apesar de ter um serviço público de transportes excelente, recomendamos que aluguem uma bicicleta ou que passeiem a pé. Ficarão impressionados e apaixonados pela atmosfera relaxante da cidade, ideal para vos fazer esquecer toda a agitação vivida nos últimos meses com os preparativos do casamento

Assim, e se querem conhecer mais sobre a cultura e os habitantes desta cidade maravilhosa, bem como as suas principais atrações turísticas, não podem deixar de parar nos seguintes locais que enumeramos: 

  • Castelo de Rosenborg: trata-se de um castelo-palácio de estilo renascentista que foi construído em 1606. As cifras evidenciam que este é um dos lugares mais visitados da cidade. Os seus jardins, considerados os mais bonitos da cidade, recebem todos os anos cerca de 2 milhões de turistas, enquanto o castelo é visitado por cerca de 200.000 pessoas. 
 

 

  • Christiania: o seu nome completo é  “Distrito Livre de Christiania Copenghague”. Pode considerar-se que como o último local hippie. Atualmente, vivem cerca de 1.000 de pessoas nesta pequena cidade, acompanhadas pelas várias centenas de cães que passeiam livremente pela área. Esta é uma comunidade independente e auto governada, altamente recomendável de visitar. 
  • A Pequena Sereia: é o símbolo da cidade. Esta pequena estátua de bronze que dá as boas-vindas ao porto da Dinamarca, foi inspirada nos contos de Andersen. Tirar uma fotografia junto a ela é fundamental. 
  • Palácio Real Amalienborg: é residência de inverno da família real dinamarquesa, desde 1974. Considerada uma autêntica joia arquitetónica da Dinamarca, trata-se de um complexo composto por quatro palácios estilo rococó. Não percam a mudança da guarda, de certeza que vos surpreenderá. 
  • Jardins Tivoli: é um dos parques de atrações mais antigos e mais bonitos da Europa. Encontra-se em pleno centro da cidade e é um dos sítios mais queridos pelos dinamarqueses. Durante o verão, celebram-se no seu espaço, concertos e eventos especiais, e no inverno, é usado para um mercado de natural único. Propomos que visitem este local ao anoitecer, quando o parque os seus jardins ganham uma magia especial, graças às suas luzes. 
 

 

  • Nyhavn (Porto Novo): é a rua mais pitoresca da cidade. Para além da imagem que todos temos em mente da cidade, as casas típicas coloridas situadas na margem do canal mais famoso de Copenhaga, resultam numa imagem inesquecível. Antigamente, esta era uma das zonas mais pobres da cidade. Hoje em dia, transformou-se numa das zonas mais privilegiadas, com vários hotéis de luxo, clubs de jazz e espaços incríveis. 
  • Stroget: o centro do comércio de Copenhaga, articula-se em redor da avenida Stroget, a rua pedonal mais comprida da Europa, segundo os dinamarqueses. Nasce na praça da Câmara Municipal e acaba na Praça Real. Pelo caminho, encontrarão as mais exclusivas lojas da cidade. 
  • A Torre Redonda: nesta torre, encontrarão o mais antigo observatório astronómico da cidade, bem como a biblioteca universitária e a sua capela. É o lugar ideal para contemplar as magníficas vistas que oferece a cidade. 

Caso fiquem com vontade mais, sugerimos uma excursão à cidade universitária de Aarhus, a segunda maior cidade da Dinamarca. Outra opção é fazer uma excursão de um dia pelos castelos, situados a norte. Um percurso ideal para os amantes da história e da arquitetura.