NunoBelo Photographer

Já imaginaram todo o espaço do vosso casamento a ser filmado em diferentes perspetivas? Vistas panorâmicas do vosso bolo de casamento ou até mesmo do vestido de noiva, e do magnífico penteado da noiva? Gostariam de usar um no vosso casamento? Neste artigo dizemos-vos tudo o que precisam de saber sobre o tema: o uso dos drones.

Antes de mais gostaríamos de explicar o que é um drone, embora já praticamente tenhas ouvido falar e saibas o que é, um pouco mais de conhecimento sobre o tema não faz nenhum mal. Um drone é um veículo aéreo não tripulado. São controlados à distância por meios eletrónicos e computacionais, sob a supervisão de humanos, ou mesmo sem a sua intervenção, por meio de controladores lógicos programáveis.

Este aparelho foi criado para fins militares de modo a serem usados em missões de alto risco sem pôr em perigo a vida humana. Hoje em dia é já usado por civis, principalmente por fotógrafos profissionais ou mesmo realizadores de cinema, pois conseguem ângulos difíceis de captar por um operador. Estão disponíveis para comprar por qualquer pessoa e começam a ser usados para fotografar e filmar eventos como os casamentos.

O drone deve estar identificado

aparelho deve estar identificado numa placa, onde deve estar gravado o nome e os dados da empresa que faz o serviço, com a devida autorização para pilotar o equipamento.

Condições e requerimentos

Devem avaliar se o local onde vão celebrar o casamento cumpre as condições necessárias e se o espaço é adequado para o uso de um drone. O ideal é que seja um espaço ao ar livre para que o aparelho se possa deslocar, de modo a não incomodar os convidados, e também é a melhor maneira de ganhar mais distância para conseguir imagens mais espectaculares.

Também devem escolher uma empresa que já tenha alguma experiência usando este tipo de equipamento.

On The Air Movies

Regulamento sobre uso de drones

No passado mês de Janeiro entrou em vigor o regulamento sobre a utilização do espaço aéreo por drones. Permite-se apenas o uso durante o dia e até uma altura de 120 metros, de modo a minimizar os riscos para pessoas, bens e outras aeronaves. Em caso de infração a coima pode chegar aos 2.500 euros. Normalmente não acontece neste tipo de eventos, mas caso o voo tenha se ser feito acima dos 120 metros, tem de se pedir autorização expressa à ANAC (Autoridade Nacional da Aviação Civil).

Os drones devem voar sempre com luzes de identificação e os pilotos não podem exercer funções quando se encontrem em qualquer situação de incapacidade da sua aptidão física ou mental. Antes de contratarem o fornecedor deste serviço devem verificar que cumpre com todos estes regulamentos. Aqui podem encontrar-se as zonas permitidas e interditas: voanaboa.pt.

Vantagens

Vão poder obter imagens que não podem ser produzidas através de fotografia ou vídeo normal, como as vistas desde as alturas, que vos podem dar uma panorâmica de todo o ambiente da festa. Perspetivas completamente diferentes de todos os momentos, como o momento do brinde, em que em vez das imagens serem feitas de lado, podem ser feitas no alto do topo do bolo de casamento, no momento do seu corte.

O aparelho pode captar todos os elementos da festa, recriando um pouco a história do casamento, começando por filmar os vossos convidados, os seus looks, principalmente os vestidos de gala compridos, as obras de arte dos seus cabelos com penteados apanhados, semi-apanhados ou soltos, passando pelo cantinho dos vossos presentes de casamento e terminando com uma imagem aproximada das vossas mãos, mostrando as vossas alianças de casamento.

Se decidirem ter um drone no vosso casamento, podem mencioná-lo no vosso convite de casamento, para avisarem os vossos convidados que vai andar por ali um aparelho. Pode até ser uma boa desculpa para fazer uns convites de casamento originais