Primeiro que tudo, relembramos que o casamento é uma celebração do amor que te une ao teu parceiro e, de certo modo, à sua história. A menos que tenhas a grande sorte de te casares com o teu primeiro amor, a probabilidade de teres ex namorados na altura em que recebes o teu anel de noivado é enorme! Se com o passar dos anos e as mudanças de rotina há relações que são esquecidas, também é verdade que, pelas mais variadas circunstâncias, alguns ex namorados podem ainda fazer parte da tua vida. E embora não haja nada de errado em manter uma relação cordial ou mesmo uma amizade com um ex, a verdade é que tudo muda na hora de escolher um vestido de noiva e, por vezes, a decisão de convidar essa pessoa para um dia tão marcante pode fazer-te vacilar. Para te assegurares de que fizeste a escolha certa, hoje deixamos algumas questões em que deves meditar antes de enviar o convite de casamento.

1. O teu ex está presente na tua vida?

Se estás a ler este artigo, é muito provável que a resposta a esta pergunta seja sim. Seja por motivos pessoais ou profissionais, o teu ex pode continuar a fazer parte da tua vida e, dependendo do vosso grau de intimidade (se são colegas de trabalho, amigos ou se ponderas pedir-lhe ajuda para escolher o teu vestido de noiva com renda), apenas tu poderás avaliar se faz sentido que ele faça, ou não, parte do teu casamento.

2. Como é a relação dele com o teu noivo?

Comunicação é chave e, se ao conversar com o teu noivo não deste a melhor impressão do teu ex namorado, é natural que ele não queira que ele faça parte do vosso grande dia. No entanto, a tua situação pode ser exatamente o oposto e eles podem, de facto, ser conhecidos ou mesmo amigos! Neste caso, é importante questionares o teu noivo se se sente confortável na presença do teu ex namorado e, se a resposta for positiva, avançar e fazer o convite de casamento. Se, por outro lado, prevês um ambiente pesado e desconfortável neste dia com o teu ex namorado presente, talvez não seja sequer necessário pedires a opinião ao teu noivo.

3. Há quanto tempo estiveram juntos?

Entre uma relação de escola primária ou liceu e uma relação de muitos anos em que estiveram próximo de se tornar noivos existe uma grande diferença. Todos tivemos relações ou paixonetas quando éramos muito novos e, hoje em dia, o mais normal é rirmo-nos da situação! Mas se o teu ex teve um papel mais preponderante na tua vida e estiveram mesmo prestes a trocar alianças de casamento, pode fazer todo o sentido convidá-lo para a tua festa! Avalia o que sentes por essa pessoa (ressentimento ou amizade e boas memórias) e pensa se tudo ficou claro e resolvido de ambas as partes. Se a resposta for sim e essa pessoa continuar a estar presente na tua vida, convida-a juntamente com a sua namorada ou noiva atual.

4. Possuem filhos em comum da anterior relação?

Algumas pessoas sentem-se confortáveis com a presença da sua ex mulher ou marido nas suas vidas, não só porque já estiveram casados anteriormente, mas porque, por vezes, têm crianças dessa mesma relação. É normal quererem compartilhar momentos saudáveis todos juntos e, caso tenham uma relação igualmente feliz, convidar o teu ex para estar presente, juntamente com os filhos, é uma excelente maneira de comemorar o início desta nova fase familiar!

5. Os vossos familiares sentem-se confortáveis?

Sim, a tua decisão e a do teu noivo é a que mais pesa quando pensam em convidar alguém com quem tiveste um relacionamento no passado, mas, no meio de tudo isto, não nos podemos esquecer da família e dos amigos. Embora tenha ficado tudo bem entre vocês, eles podem recordar os momentos menos bons que passaram juntos e a ideia do teu ex estar presente no dia em que vais subir ao altar com aquele vestido de noiva curto talvez não seja assim tão agradável. 

6. Consegues apresentá-lo sem que se torne constrangedor?

Se a ideia de o apresentares como amigo aos teus avós te soa estranha e pouco natural, então não penses duas vezes! Também não é boa ideia convidares o teu ex para este dia caso estejas preocupada com o seu comportamento ou o ambiente seja constrangedor na sua presença. Se a única forma em que pensas nele é como teu ex namorado, então a resposta é definitivamente não.

A verdade é que esta é uma questão muito sensível, para a qual ninguém está tão bem preparado para responder como tu! Acima de tudo, é importante perceber a forma como te relacionas com o teu ex namorado e de que forma a sua presença vai alterar a dinâmica de cada momento da vossa festa até cortarem o bolo de casamento. Se, ainda assim, continuas com dúvidas, procura aconselhar-te junto do teu noivo ou pede a opinião às tuas melhores amigas quando as ajudares a escolher os vestidos de cerimónia. Nada melhor do que seguires a tua intuição e fazeres o que consideras mais acertado!