Era uma vez...

Tudo começou quando uma amiga da Teresa - com a qual tem, atualmente, mais de 60 anos de amizade - lhe apresentou um amigo do seu namorado da altura… Longe estavam de imaginar que aquela inocente apresentação, há mais de 50 anos, viria a mudar as suas vidas para sempre.

A amizade que se desenvolveu entre a Teresa e o António transformou-se em amor, acabando por culminar no tão ansiado pedido de casamento. Naquela altura, era algo que ambos desejavam e consideravam natural, pelo que, segundo os mesmos “não houve uma grande cena romântica”. Com naturalidade e carinho, o sim surgiu e levou-os ao altar, num soalheiro dia de verão. Rodeados pela família e pelos amigos mais chegados, a Teresa e o António oficializaram assim a sua união que, 50 anos mais tarde, mantém-se firme e triunfante!

Meio século depois

Assim, em Agosto de 2018, o casal decidiu celebrar as bodas de ouro na companhia de todos aqueles amigos e familiares que acompanharam o seu amor de perto. Com a ajuda da irmã da Teresa, a Isabel, o “segundo” casamento começou a ser organizado, de acordo com os gostos e indicações dos noivos.

A celebração foi realizada na Quinta Nossa Senhora Auxiliadora, localizada num lindíssimo entorno natural perto de Cascais. Motivados pelo estilo rústico e acolhedor do local (que até conta com uma quinta pedagógica com vários animais), o casal optou por uma decoração à base de sarrapilheira, dando especial destaque ao laranja e ao amarelo. 

Descontraído e romântico, o ambiente criado pelos noivos foi captado na perfeição pela lente da fotógrafa Rita Plácido, que não perdeu nenhum dos detalhes do grande dia. Do topo do bolo de casamento (com a romântica frase “We Still Do”), aos gestos de cumplicidade e carinho entre os noivos, não cabem dúvidas de que se tratou de um dia muito especial.

Os momentos mais felizes

De facto, a celebração foi tão emocionante que não faltaram lágrimas de alegria! Para o casal, não houve felicidade superior à de celebrar esta data com a sua família, tanto com os que presenciaram o primeiro casamento, como com os mais jovens, que testemunharam na primeira pessoa como o amor pode resistir à erosão do tempo.

A Teresa também destaca o quanto se emocionou durante a preparação, que contou com a insubstituível ajuda da neta mais nova, e a sua chegada à quinta, acompanhada pelos filhos. Para surpreender o casal, estes realizaram ainda um filme de 20 minutos, no qual se resumiam os marcos mais importantes dos últimos 50 anos. No meio de foguetes, danças e brindes, o casal viveu um dia inesquecível, à altura do seu inabalável amor! 

Um conselho para os jovens casais

As bodas de ouro são um verdadeiro privilégio. Como tal, decidimos pedir à Teresa e ao António que nos revelassem o segredo de um casamento de sucesso... A sua resposta não podia ser mais inspiradora: 

"Aos casais jovens que estão a começar uma vida a dois aconselhamos que vejam se os une uma grande amizade. A paixão será fugaz. Fica o amor e a amizade que cresce com o tempo. E sejam tolerantes e respeitadores do outro. Vão ver que chegam aos 50 anos de casados a desejar que venham mais 50!"