Foi em contexto de trabalho que os caminhos de Andreia e André se cruzaram, e desde aí nunca mais se largaram, como em um verdadeiro romance da literatura, com direito a final feliz! Juntos construíram um futuro e um dia único que atravessou os tempos mais difíceis, mas daí surge também uma história interessante para contar. É em momentos desafiantes como este que nos certificamos de que o amor vence sempre e acaba por sair vitorioso perante todas as batalhas.

Do menu à decoração, passando também pela música, contamos aqui uma história de sucesso e o relato de um dia emocionante, que os protagonistas repetiriam sem pensar duas vezes.  Acompanhem connosco a travessia deste dia memorável, com a garantia de celebrar o primeiro aniversário de casamento exatamente no mesmo espaço, onde as lembranças mais felizes do casal começaram a ganhar forma!

Quando tudo começou

Foi em 2016 que os noivos se conheceram e que um acaso do destino deu início esta história de amor. Andreia começava um novo desafio profissional e o contacto diário com cerca de 400 pessoas nunca levou ninguém a adivinhar que fosse naquele contexto dar de caras com a sua alma gémea. “Foi uma história muito engraçada” relata a mesma, pois após o primeiro encontro tudo se processou de forma muito intuitiva. Cruzaram-se em contexto de trabalho, mas nada faria adivinhar que o futuro reservava tantos desafios e histórias para contar ao recém casal.

Uma relação cheia de acasos espontâneos

No primeiro encontro começaram logo a namorar e, a partir daí, foi um passinho até começarem a viver juntos! Cada casal tem o seu ritmo e este amor manifestou-se de forma imediata, até mesmo com o pedido, que merece todo o protagonismo… Tudo aconteceu em 2019, na altura do Natal.

E que melhor época para uma surpresa destas do que ter todo o amor reunido na mesma casa. O namoro contava com poucos anos, mas o pedido surgiu na altura certa. E foi assim que, entre família, uma filha e as pessoas mais importantes, Andreia e André decidiram dar o próximo passo com um pedido apaixonante!

Decisões em tempo record

A data inicial para dar o nó era a 30 de março de 2020, pouquíssimas semanas após explodir uma pandemia e ser instaurado o estado de emergência no país. Com data marcada e convites enviados há meses, ninguém poderia adivinhar o que estava prestes a acontecer. “Foi um desfecho um bocadinho complicado” relatam Andreia e André, pois o enlace acabou por ser adiado apenas uma semana antes de se concretizar. A adaptação não foi fácil e tranquilizar os convidados muito menos.

As mudanças a implementar

Como se uma redução significativa no número de convidados não fosse suficiente, os noivos tiveram de pôr em prática outras medidas para garantir que todos podiam usufruir do seu dia de sonho… da melhor forma possível. Foi o que aconteceu com famílias mais extensas, que tiveram de se limitar apenas a dois representantes.

As decisões não foram nada fáceis de tomar, releva o casal, que teve de dar uma reviravolta completa no que tinha idealizado. Mas o trabalho da quinta Acordeon e de todos os funcionários foi fundamental, em especial da organizadora, que se encarregou de tudo para garantir um casamento único, mesmo com todos os condicionantes, “tivemos uma quinta espetacular, na qual mesmo durante a pandemia manteve sempre o contacto connosco para explicar tudo o que teria de acontecer” explica Andreia.

Além de todas as mudanças na decoração, como os placards, a restrição de pessoas e adaptação do espaço, os noivos tiveram ainda de alterar as datas, e acabaram por trocar alianças num belo dia de verão, a 10 de julho.

Apoio constante dos fornecedores

Andreia e André foram um caso de sucesso, que apenas demonstra a importância de jogar todas as cartas em equipas nas quais podemos confiar. Saber descansar e delegar tarefas, mesmo no seio de uma pandemia, apenas é possível com uma equipa muito competente ao lado, que faça com que a segurança e confiança sejam valores essenciais.

É assim que os noivos caracterizam o trabalho de Ana Borges, diretora Geral do espaço. O casal sentiu-se tranquilo durante os preparativos e revela que o trabalho de Ana foi “fundamental para encarar o dia com mais leveza”.

Celebrar o amor mais puro

Todas as mudanças valem a pena se a promessa é um dia único, cheio de história e alegria! E foi isso mesmo que o casal conseguiu no seu casamento, que inicialmente foi idealizado para o interior, mas que fez todo o sentido celebrar cá fora, bem ao estilo festa de cocktail. Todo o staff usava máscara, a desinfeção dos espaços e superfícies era constante e o medo inicial rapidamente deu lugar a uma sensação de segurança e confiança que garantiu que todos desfrutavam sem qualquer receio, “não estava à espera eu fosse tão bonito, tão calmo e que corresse tão bem na verdade” conta Andreia.

Do menu à decoração, os noivos confiaram inteiramente na quinta e garantem não se ter arrependido. "Perante tudo o que estava a acontecer à nossa volta, correu muito melhor do que o esperado e o feedback que obtivemos foi ao encontro disso mesmo”.

O casal refere que ninguém estava, de facto, à espera que corresse tudo tão bem. E foi essa a magia do momento e a mensagem que quiseram transmitir a outros noivos, nesta altura tão pautada por dúvidas e incerteza. “Casem-se, pois no meio de todo o mal, há sempre alguma coisa boa. Não sabemos quando tudo vai voltar ao normal, por isso não deixemos para mais tarde, porque o amor vence tudo”.