Crème Wedding
Crème Wedding

Para as longas viagens de carro ou de comboio, no avião a caminho daquele destino paradisíaco após brindarem com o bolo de casamento ou naquele time off que sabe tão bem ser passado ao sol… ler é mesmo o melhor remédio e um mecanismo tão bom de concentração, memória e raciocínio que sem ele te sentirias provavelmente incompleta. Entre as pausas para tratar dos convites de casamento, falamos hoje de algumas das mulheres que marcaram o panorama literário dos últimos tempos, que inspiraram movimentos, criaram autênticas obras primas e que podem até ter-te influenciado na compra do vestido de noiva. Completa a tua lista com alguns dos nomes mais sonantes do século XXI!

1. Elena Ferrante

Procura o anonimato, mas as suas obras falam por si. Foi com Amiga Genial que iniciou a série Série Napolitana, composta por quatro romances que contam e acompanham a história de duas amigas ao longo da sua vida. Elena Ferrante nasceu em Itália, venceu diversos prémios internacionais e foi reconhecida como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista TIME. Pode ser o pretexto ideal para uma lua de mel italiana após trocar alianças de casamento, onde possam desbravar os cenários que servem de palco para a ficção.

Sara Duarte - Productions
Sara Duarte - Productions

2. Delia Owens

Nasceu em 1949 nos Estados Unidos e foi como coautora de livros de ficção sobre o período da sua vida como cientista de vida selvagem em África que ficou célebre e ganhou o prémio John Burroughs, por Nature Writing. Mas é na verdade pelo seu romance Lá Onde o Vento Chora que a incluímos nesta lista. Uma história de crescimento, solidão e isolamento, uma ode ao amor e à partilha, num cenário triste mas conectado à natureza num misto de drama e romance que te vai prender desde as primeiras páginas!

3. Inês Pedrosa

Nasceu em Coimbra, conta com um percurso ímpar no jornalismo, trabalhando em rádio, televisão e imprensa e foi entre 2008 e 2014 diretora da Casa Fernando Pessoa. Trabalha como tradutora e curadora de eventos literários e participa semanalmente no debate político O Último Apaga a Luz, na RTP3 e no programa semanal de debate sobre literatura A Páginas Tantas, da Antena 1. Inês Pedrosa é uma figura incontornável do panorama literário português cujos livros já te deves ter cruzado muito antes de pensar em alianças de ouro branco. A romancista conta com uma vasta obra da qual fazem parte títulos como Nas Tuas Mãos, Fazes-me Falta, A Eternidade e o Desejo, Desamparo e O Processo Violeta, o seu mais recente romance.

Greenpick
Greenpick

4. Rosa Lobato de Faria

Também conhecida do grande púbico como atriz de teatro e cinema, Rosa Lobato Faria é lisboeta, nasceu em abril de 1932 e faleceu em fevereiro de 2010, aos 77 anos. Poetisa e romancista, na sua escrita está sempre presente o amor como pano de fundo. Deixou incompleta a obra Vento Suão, que ainda assim foi publicada em 2011, tal e qual como a autora o deixou. Poetisa e romancista, foi também autora de diversos livros para o público infantil.

5. Laura Esquível

Sublime autora de best-sellers como O Diário de Tita ou Como Água para Chocolate, que obteve um êxito internacional sem precedentes e acabou por ser adaptado para o cinema, em 1993. Laura Esquível é uma escritora mexicana, com uma escrita que te pode inspirar enquanto escolhes o vestido de noiva com renda. Começou por ser professora e autora de obras de teatro para a infância e, em 2015 foi eleita deputada pelo Movimento de Regeneração Nacional.

Galeria Oliveira Fotografia
Galeria Oliveira Fotografia

6. Isabel Allende

Nascida em 1949 no Perú, escreve em 1982 o seu primeiro romance. A mítica A Casa dos Espíritos torna-se uma obra de culto da literatura latino americana, onde a autora explora as paixões da família Trueba, num contexto revolucionário e de contrarevolução. Seguem-se muitos outros êxitos internacionais, que a autora coleciona junto da perícia de escrita e capacidade de cativar o leitor. Leitura obrigatória se a lua de mel em vista após cortar o bolo de casamento original decorre na América Latina.

Foi homenageada, na altura pelo presidente Barak Obama com a Medalha Presidencial da Liberdade - a mais importante distinção civil nos Estados Unidos – e, em setembro deste ano vence o Prémio Liber, atribuído pela Federación de Gremios de Editores de España, reconhecida pela sua longa carreira e promoção da leitura em todo o mundo.

7. Anne Carson

N’A Beleza do Marido, a autora canadense conta, de forma ficcional, a história de um casamento, comparando-o sempre a um “tango”, que tem de ser dançado até ao fim. Nasceu em 1950 e é uma poeta, tradutora, ensaísta e professora de clássicos canadiana, vive em Montreal e o seu primeiro livro Eros, o Agridoce, publicado em 1986 foi nomeado um dos 100 melhores livros de não-ficção de todos os tempos.

8. Toni Morrison

Nasceu em 1931, em Ohio e faleceu o ano passado. Toni Morrison deixa um legado de romances que abordam a problemática da população negra nos Estados Unidos, focando-se em particular no caso feminino. Foi autora e docente na Universidade de Princeton, galardoada com prémios literários dos quais se destacam o Pulitzer e o Nobel da Literatura e também condecorada pelo Presidente Obama com a Medalha Presidencial da Liberdade. Entre a sua vasta obra destacam-se romances como A Dádiva, A Nossa Casa é Onde Está o Coração e Deus Ajude a Criança.

Galeria Oliveira Fotografia
Galeria Oliveira Fotografia

Qual a tua relação com a leitura nesta fase do casamento? Se durante os preparativos, enquanto escolhias o penteado de noiva e o vestido os livros funcionavam como um escape, talvez após a lua de mel sejam aquele momento de prazer que faz recordar do compromisso que era o anel de noivado. Dá uma vista de olhos por algumas das obras destas célebres mulheres e escritoras… não te vais arrepender!