Ir para o conteúdo principal
Casamentos

O principezinho: as melhores frases para entenderem o vosso amor

“O principezinho”, de Antoine de Saint-Exupéry, é um clássico da literatura. Se procuram frases que vos ajudem a entender o vosso amor, venham descobrir as mais poéticas lições de amor do livro.

Ainda sem wedding planner? 🗒
Peça informação e preços de Organizadores a empresas próximas de si
Ilustração: Antoine de Saint-Exupéry
Ilustração: Antoine de Saint-Exupéry

Ilustração: Antoine de Saint-Exupéry
Ilustração: Antoine de Saint-Exupéry

Quem nunca se inspirou na história do Principezinho? Este livro foi editado pela primeira vez em 1943 e, desde então, que se tornou num clássico instantâneo. Conta a história de um aviador que se despenha no deserto e conhece um rapaz que vive num distante asteroide, que partilha apenas com uma rosa.

É uma história sobre amor e solidão, mas também sobre cura e amizade. Um livro repleto de lições, considerado por muitos um manual de aprendizagens. 

O que o Principezinho ensina sobre o amor?

No que toca ao amor, as aprendizagens são ainda mais significativas. De uma forma leve, simples e singela, o livro fala-nos que amar é permitir que o outro seja feliz, mesmo quando o caminho dele for diferente do nosso. É um sentimento que vem do desejo de se oferecer completamente, nas profundezas do coração. Por isso o amor nunca deve ser fonte de sofrimento. Amar é atribuir ao outro um lugar no nosso coração.

Love Lens

Frases do Principezinho para entenderem o vosso amor

Com tantas lições que envolve o livro, deixamos algumas frases, de certa forma marcantes, e que acreditamos que irá aportar muito valor a cada um de vocês, de forma olharem para o que vos une de outra forma. Ora vejam...

1. "Quando o mistério é demasiado grande, não nos atrevemos a desobedecer"

Tal como a aparição do principezinho no deserto, o amor pode ser um mistério ao qual não devemos fugir, não devemos questionar. Entreguem-se de alma e coração à vossa relação e ela será eterna.

2 - “Mas, se tu me cativares, passamos a ter necessidade um do outro.”

Conquistar a cara-metade é uma tarefa que deve ser mantida ao longo de toda a vida e não só no início da relação. Embora um casamento saudável não deve basear-se em dependência, mas sim em respeito e amor, nesta frase, a necessidade é uma metáfora para vontade de estar com o outro.

3 - “Só se conhecem as coisas que se cativam.”

Numa relação longa, como um casamento, é preciso haver muita entrega. Só com um nível de entrega muito alto é que duas pessoas podem conhecer-se a 100% e a partir de aí construir uma relação sólida e cheia de cumplicidade.

4- “Tu serás para mim único no mundo. Eu sei para ti única no mundo.”

Quando se casa com a pessoa que mais se ama no mundo, é natural que só se tenha olhos para a alma gémea. Mas esse sentimento deve perdurar durante muito mais tempo, já que é esse fascínio um dos motores de um casamento de sucesso.

Hexafoto

5- “Se vieres, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu vou começar a sentir-me feliz. Quanto mais se aproximar a hora, tanto mais feliz eu me sentirei.”

Um dos factores-chave numa relação a longo prazo é o entusiasmo em ver o outro e a admiração que se tem pela cara-metade. Assim, esse entusiasmo deve ser mantido e alimentado por muitos anos para que a relação seja duradoura.

6- “É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.”

Não há prendas, nem grandes festas ou viagens que cheguem aos calcanhares de um amor verdadeiro. Mesmo que, à vossa volta, ninguém consiga ver o que vos une, vocês sabem o que sentem, porque o veem com o coração e não com os olhos.

Pedro Sampaio - Imagens com emoções

7 - “Tornas-te responsável por tudo o que cativares.”

O amor é um sentimento muito forte que tem de ser alimentado e regado com regularidade. Não basta saber que a outra pessoa nos ama, há que, também, saber-se que se é responsável por aquele coração e nutri-lo, como se de um pássaro frágil se tratasse.

8 - “Mas os olhos são cegos. Tem de se procurar com o coração.”

Dizem que o amor é cego, mas referem-se apenas aos olhos quando usam essa expressão. Muitas vezes, o amor sente-se de tantas outras maneiras, pela pele, pelas acções e, principalmente, pelo coração, a maior bússola de relações.

9 - “Arriscamo-nos a chorar um pouco quando nos deixamos cativar...”

Ao amar outra pessoa é preciso baixar barreiras e permitir-se a ser vulnerável. É essa vulnerabilidade que mostra o nosso verdadeiro eu e permite ao outro amar-nos exactamente como somos.

Embora seja um livro pequenino, o principezinho, contém em si várias lições que podem transportar para a vossa relação e aplicá-las à maneira como se relacionam. Se a base do amor é a amizade, então este é o livro certo para lerem a dois.

Pode interessar: 

Ainda sem wedding planner? 🗒
Peça informação e preços de Organizadores a empresas próximas de si