São muitas as vantagens de celebrar uma cerimónia civil. Este tipo de cerimónias são celebrações com um carácter muito mais livre, onde podem personalizar os votos e inclusivamente contratar um mestre de cerimónias que faça um guião totalmente único para vocês. Tomem nota de alguns dos rituais mais simbólicos para celebrar a vossa cerimónia.

  • Cerimónia dos 4 elementos. É uma das mais clássicas, escolhida pelos amantes da natureza. Trata-se de fazer os votos inspirados em cada um dos elementos essenciais: terra, fogo, ar e água.
  • Cerimónia celta ou viking. A mágica mitologia viking pode ajudar-nos a encontrar símbolos cheios de força e profundidade.
  • Cerimónia da areia. No momento de realizar a cerimónia, os noivos misturam areia, cada um de uma cor diferente, conseguindo uma combinação de cores, o que simboliza o casamento consolidado como um só.
  • Cerimónia das velas. É parecida com a da areia. Tem como símbolo principal a união de duas pessoas. Cada um tem uma vela acesa e juntos acendem uma vela principal.
  • Cerimónia do vinho. Ideal para os amantes do vinho. Trata-se de três decantadores, em que num há vinho tinto, outro vinho branco e outro vazio, que serve para a mistura dos outros dois. Depois o oficiante da cerimónia, serve aos noivos um copo, para que estes provem a sua própria mistura.
  • União da mãos ou handfasting. Consiste num ritual de origem celta baseado na união das mãos e na promessa espiritual em manter essa união durante o tempo que perdure o amor. Os noivos entrelaçam as suas mãos (a direita de um com a esquerda do outro), formando o símbolo do infinito. O oficiante ata-as com uma corda ou laço, em representação da união perante os deuses e a natureza.
  • Cerimónia da rosa. Os noivos trocam duas rosas de pé grande e colocam-nas num jarrão. Far-se-á o mesmo em cada aniversário de casamento, para que o casal se lembre que o seu casamento está baseado no afeto e na paixão.

Qual destes rituais preferem?