O casamento é considerado um grande passo na vida de duas pessoas. Assim que tens o anel de noivado, há lugar para um sentimento de euforia e felicidade imensa, que fica presente durante muito tempo. Mas, ainda durante o namoro, é muito importante que falem seriamente acerca de alguns temas relacionados com o futuro se estão felizes e empenhados na vossa relação e já te imaginas a subir ao altar com o vestido de noiva. Enquanto casal, devem praticar desde cedo a honestidade e a transparência, de modo a construir uma rede de amor e confiança que uma cerimónia como o casamento só vai reforçar! Por isso, antes que comecem a enviar convites de casamento, vale a pena falar e refletir sobre alguns destes temas. Aqui estão as 4 conversas que devem ter antes do casamento!

Pint´art

1. Falem dos vossos sonhos e ambições

Viagens, projetos de vida, sonhos e desejos que sempre quiseram ver concretizados… está na hora de colocar tudo no papel e serem transparentes com a vossa cara metade antes de fazer os convites de casamento. Embora este assunto já deva ter surgido se ainda se encontram na fase de namoro, é normal que os nossos gostos e ambições se alterem ao longo dos anos e se adaptem, ou não, ao nosso estilo de vida. Para evitar que venham a ser motivo de discórdia ou conflito, o melhor é pôr todas as cartas na mesa e decidir o caminho a percorrer para atingir tudo o que desejam, juntos!

2. Vontade de ter filhos

Afinal, ter filhos pode ser um grande motivo de discórdia e, como se trata de um grande compromisso e projeto de felicidade para o casal, se tu desejares ter filhos e o teu noivo não, ou vice versa, o nosso conselho é que ponderem bem a vossa relação e futuro, e que não avancem já para a escolha das alianças de casamento. Este é um tema decisivo em que devem estar em sintonia, por isso não pensem que a outra parte vai mudar de ideias com o passar do tempo, nem tão pouco tentem forçar a vossa opinião sobre o assunto.

Artur Oliveira Ferreira - Photography

3. Quais as perspetivas de carreira?

Sobretudo se são um casal jovem, os primeiros anos de vida após entregarem as prendas de casamento originais aos vossos convidados serão pautados por trabalho e muitas responsabilidades. Qual é a vossa carreira de sonho? Não descartam a hipótese de serem colocados noutro local a qualquer momento da vossa vida? Devem ser sempre sinceros quando falam da vossa vida profissional e financeira. Não se esqueçam que o tempo que dedicam ao trabalho pode ser tema de discórdia num futuro muito próximo.

4. Inseguranças e coisas que não vos agradam um no outro.

Antes de sonhar com vestidos e penteados com tranças, temos de ser realistas… há algo que te incomode na outra pessoa? Algum defeito que têm trabalhado muito para corrigir ou alguma insegurança que receias que se venha a manifestar no futuro? Não tenham medo de falar dos vossos pontos fracos ou das coisas que vos deixam mais desconfortáveis ou inseguros. Há pequenas coisas que facilmente podem ser contornadas, mas que, com o passar do tempo podem vir a afetar a vossa relação e bem estar. Não ignorem ou silenciem estes pormenores que vos causam desconforto. Tentem ultrapassar juntos essas barreiras e vão ver como a vossa relação se vai tornar ainda mais sólida.

Há pequenas coisas que, no momento, podem não parecer importantes, mas que no decorrer de meses ou anos de uma vida em conjunto, se podem transformar em problemas reais que se tornar impossíveis de ignorar para o casal. Tudo parece perfeito quando escolhem o bolo de casamento e planeiam, felizes e ansiosos, a vossa lua de mel. Mas conhecer a verdadeira visão de cada um acerca destes temas não só vai facilitar a comunicação do casal como vos vai fazer perceber quais os valores e objetivos de vida de cada um! Prontos para dar o próximo passo e pensar nas lembrancinhas de casamento para os vossos melhores amigos e família?