Quem costuma ouvir música kizomba sabe que este ritmo angolano é sinónimo de sensualidade, graças ao seu compasso lento e sedutor... E foi precisamente numa destas festas que a Bérénice e o Iuri se conheceram. A atração surgiu de forma imediata e, com o passar do tempo, oficializou-se num namoro que vinculou as culturas portuguesa e francesa. O casal, que atualmente vive em Barcelona, uniu assim os seus destinos na Quinta Dos Lapiás, embalados numa das suas canções de kizomba preferidas: "Perfeito para mim", de Hennessz. 

O pedido de casamento

Depois de três anos e meio de namoro, o pedido de casamento surgiu de forma inesperada. Isto porque, durante o namoro, o casal nunca tinha sequer conversado sobre a possibilidade de dar o nó. O que Bérénice não sabia é que a sua vida estava prestes a mudar numa das passagens de ano que vieram passar em Lisboa... Sem que ela suspeitasse, o futuro noivo oficializou as suas intenções de construir um futuro a dois durante um jantar romântico. O pedido teve uma resposta rápida e óbvia: sim, quero! 

Sintra: o background de um enlace único

Como o casamento implicava a deslocamento de muita gente, os noivos decidiram casar-se em Sintra, de forma a garantir que o seu grande dia fosse marcado pelo bom tempo e pela deliciosa gastronomia portuguesa. A Quinta dos Lapiás, com o seu ambiente natural e romântico, foi o local escolhido para o enlace. Simples, íntimo e muito elegante, o casamento celebrou-se no jardim da quinta, emoldurado pelas maravilhosas montanhas da Serra de Sintra e por um profundo céu azul, que acompanhou a celebração até à hora do corte do bolo. Ao entardecer, os noivos foram recebidos por um cintilante corredor de sparkles, que marcou o início de uma noite de música, dança e diversão. 

Simplicidade e elegância

A elegância marcou todo o enlace, da decoração do recinto ao look nupcial dos noivos. O branco, conjugado de forma delicada com o dourado e o rosa millennial, foi o grande protagonista do dia, edificando uma atmosfera simples, romântica e calorosa. Para a celebração, os noivos optaram por visuais igualmente românticos: a noiva usou um vestido da marca Atelier Pronovias, com um maravilhoso decote nas costas, enquanto que o noivo escolheu um fato azul marinho, elegante e sóbrio. Para completar os visuais, Bérénice apostou num penteado em cascata, que colocou em evidencia os seus caracóis naturais, e Iuri escolheu uma gravata cinzenta e um boutonnière a conjugar com o ramo da noiva. Ambos estavam lindíssimos!

Os melhores momentos

A equipa fotográfica de Bodatrailer, sediada em Barcelona, responsabilizou-se por captar os momentos mais especiais da celebração: da preparação dos noivos, na companhia dos seus familiares mais queridos, à emocionante troca das alianças de casamento, todos os instantes foram registados com naturalidade e ternura. Para todos os presentes, o enlace da Bérénice e do Iuri foi sinónimo de diversão e alegria. Com mais de 15 nacionalidades reunidas na Quinta dos Lapiás, ficou provado que, independentemente da língua e da cultura, o amor e a amizade são possíveis! Que sejam felizes para sempre!