Os balões trazem-nos recordações de infância, boas recordações que nos fazem sorrir. Por isso, são muitos os casais que decidem realizar uma largada de balões no seu dia de casamento. Estes momentos costumam ser muito especiais e vividos plenamente pelos noivos e convidados, assim que se querem dar um plus ao vosso dia, esta é uma opção a ter em conta. 

  • Em que consiste uma largada de balões? 

 Trata-se de reunir todos os convidados num lugar ao ar livre e bastante amplo, onde todos possam estar. Todos têm que ter um balão na mão, incluindo os noivos. Depois de levar a cabo o ritual escolhido, toda a gente soltará o seu balão ao mesmo tempo, e em alguns caso, pedem um desejo para os noivos. 

 

 

  • O que se pode fazer com os balões antes de os soltarem? 

A ideia principal é pedir um desejo para os noivos. Podem fazer-se de várias maneiras: escrevendo um desejo em cada balão, numa carta, postal ou foto atada ao balão. Podem também aproveitar para dizer umas palavras de agradecimento a todos pela sua presença e pedirem a cada convidado que pense num desejo, antes de soltar um balão ao vento. 

  • Em que momento do casamento se pode fazer uma largada de balões? 

Os melhores momentos para o fazer são no fim da cerimónia ou durante o aperitivo, antes do copo-de-água. Estes momentos por norma são os escolhidos para este momento porque é quando os vossos convidados estarão reunidos num só espaço, coisa que pode resultar difícil quando o casamento é grande. Num enlace mais intimista, a escolha deste momento é mais ampla, visto que não necessita de tanta organização. 

 

Espaço Branco

 

  • Com que tipo de balões se pode fazer uma largada? 

As largadas de balões podem ser feitas com os normais balões de plástico e em muitas cores. Podem também escolher outro tipo de balões, sobretudo se o número de convidados for reduzido. É muito importante que contenham hélio, se querem que estes voem bem longe. Para além disto, existem ainda os balões de papel, uma tradição asiática que será a solução perfeita se querem fazer uma largada à noite. 

 

João de Medeiros e Pamela Leite