Márcio Ribafeita Fotógrafo
Márcio Ribafeita Fotógrafo

Para situações excecionais, medidas atípicas. 2020 foi sem dúvida o ano que mais nos surpreendeu. Se por um lado todos os vossos planos foram por água abaixo e se encontraram perante a difícil decisão de adiar o dia C, também foi tempo de parar, avaliar e recomeçar. Valorizar o que temos e encontrar formas de celebrar como podemos.
Se tiveram de adiar a data e reconsiderar todas as pessoas que estavam prestes a receber, não foram os únicos. Mas depois desse choque inicial, há muitas formas de adaptar o vosso dia e encontrar vantagens no tempo que têm pela frente! Afinal, o que podem fazer após adiar?

Definir prioridades

The Storytellers
The Storytellers

O que precisam para passar à próxima fase, limitar a lista de convidados? Escolher outro local para celebrar? Encontrar uma data que agrade a todos? Se for mais fácil de visualizar, passem todas as vossas ideias para o papel e tentem ordená-las segundo a prioridade. Será muito mais fácil partir desse ponto para começar a encontrar soluções.

Falar com os fornecedores

Aquela conversa que estão há semanas a adiar. Pode ser difícil, mas garantidamente que é algo de que todos já estavam à espera. Lamentavelmente, é possível que todos os negócios sofram uma quebra nesta altura, já que tantos noivos se viram obrigados a surgir com outras soluções e alternativas à data. Mas o mais importante é falar com a quinta, o fotógrafo, o catering, o Dj e o wedding planner o mais rapidamente possível. Fazê-lo vai também ajudar a que estes profissionais consigam encontrar soluções e agendar outras datas, enquanto preenchem as que deixaram vagas, causando o menor impacto possível na sua agenda.

Planear mais = planear melhor?

The Storytellers
The Storytellers

Nem sempre mais tempo equivale a mais eficácia nos preparativos. Mas sem dúvida que ajuda! Usem esse mesmo tempo de forma consciente. Lembrem-se de onde estão, de quem têm em vosso redor e do que mais importa. Tão facilmente nos deixamos levar pelas emoções que nos esquecemos do que realmente vos trouxe até aqui.

Relativizar

Não é o fim do mundo não poder celebrar quando mais desejavam. Mas por outro lado, o amor não deve ser adiado. Optar por uma cerimónia civil, um casamento mais restrito ou celebrar agora numa festa pequena e, mais tarde, à grande são formas de adaptação igualmente válidas. Estas alternativas têm sido a escolha de tantos noivos, como forma de encontrar esperança e felicidade mesmo quando a vida nos troca todos os planos.

The Storytellers
The Storytellers

Tempo para criar

O vosso casamento foi adiado e todas aquelas tarefas de última hora parecem ter subitamente perdido a urgência? O bónus? Mais tempo para pensar, para criar e para dar liberdade ao vosso lado mais criativo. Encarem estes períodos de espera como uma oportunidade de fazer tudo com mais calma, mais dedicação e mais amor!

Celebrar a data!

E porque não dar-lhe um novo cunho, celebrando à mesma a vossa data inicial de casamento? Vistam-se a rigor, tirem o dia e celebrem em casa ou com um jantar especial! Façam o esforço extra para dar uma nova luz ao amor, ainda que tudo tenha sofrido adaptações. Afinal, será para sempre um dia para recordar, basta que haja motivo para isso!

Mitt Photography
Mitt Photography

Focamo-nos tanto em regressar ao quer era a normalidade e às celebrações como as conhecíamos, que se torna mais complexo seguir em frente e perceber que temos de criar as nossas próprias tradições. É normal que se sintam perdidos, ansiosos e sem esperança nem previsão do que poderá acontecer se esta situação impactou o vosso casamento. Mas é na magia de se reinventarem e darem a volta a uma situação indesejável que está o segredo.