Mão Cheia
Mão Cheia

O começo de uma relação é sempre perfeito e maravilhoso. Até os maiores defeitos se tornam invisíveis, e o nosso companheiro parece-nos o mais cavalheiro dos príncipes ou a mais doce das princesas.

No entanto, é importante prestar atenção a certos aspectos do dia a dia para que não surjam problemas de convivência:

  • O dinheiro é a fonte de conflitos mais comum em todos os casais. Para que a vossa vida de casal funcione, analisem a vossa situação financeira e elaborem um orçamento para os gastos ordinários e extraordinários.
  • As tarefas domésticas devem ser partilhadas. Elaborem uma lista de coisas por fazer e dividam-nas tentando fazê-las ao mesmo tempo. Por exemplo, marquem um dia por semana para a limpeza da casa ou para fazerem as compras juntos.
  • A relação com as famílias de origem também leva muitas vezes a discussões e mal-entendidos. A elas acusam-nas de querer ir todos os fins de semana a casa dos pais. A eles critica-se por estarem sempre a fazer comparações com a sua mãe. Apenas o respeito, tolerância e a comunicação os vão ajudar a superar estes pequenos atritos. É vital compreender que os nossos companheiros não são os nossos pais nem os devem substituir, e ao mesmo tempo trabalhar para criar uma nova unidade familiar.
  • As discussões fazem parte da convivência e além disso são necessárias, por isso é preciso que aprendam a discutir. A norma principal é contar até dez antes de se chatearem e ver estas situações como uma oportunidade para saber o que é que incomoda a outra pessoa e como é que se pode melhorar. Nunca se deve ameaçar nem abandonar a casa.

Além de seguir estes conselhos, não se esqueçam que o amor se deve cuidar. Procurem e estimulem momentos especiais, fujam da rotina e surpreendam com pequenos pormenores.