COVID-19 Continuamos ao seu lado nestes momentos. Consulte o nosso Centro de Ajuda.

Rita
Destacada Junho 2022 Porto (Concelho)

Vida de casa em casal 💑👫

Rita, a 27 de Dezembro de 2019 às 09:39 Publicado em Fórum Vida a dois 0 29
Guardado Guardar
Responder

Olá meninas e meninos 🚶‍♀️ 🚶‍♂️

Por este lado estamos prestes a dar este grande passo que é ir viver junto! E como sei que há muita gente experiente nessa área por aqui, criei este debate para vos perguntar:

- Se fosse hoje, mudariam alguma coisa antes de se juntar? Atrasavam o processo, adiantavam ou acham que foi no tempo certo?

- O que acham de o casal se juntar antes do casamento?

- Se pudessem dar de 1 a 3 conselhos para quem vai começar essa fase da vida, quais seriam?


Obrigada pela vossa colaboração!

Beijinhos e continuação de bons preparativos 😘😘

29 respostas

  • Filipa
    Super Noiva Julho 2019 Guimarães
    Filipa ·
    • Denunciar

    Olá Rita Smiley smile Então respondendo às tua perguntas:

    - Não mudaria nada. As coisas acontecem quando têm de acontecer. Nós juntamos os trapos após 7 meses de namoro. Eu não queria, achava muito cedo e ele também estava com receio . Mas naquela altura não havia outra solução porque ele tinha de deixar a casa onde estava e não conseguia encontrar outro sitio. Então eu acredito que nada é por acaso e acabamos por nos juntar nessa altura (correu tudo bem e já passaram quase 6 anos).

    -Acho muito importante o casal se juntar antes do casamento (Só ai se conhecem verdadeiramente, casamos o ano passado).

    - Conselhos. Sejam muito paciêntes um com o outro. Estabeleçam regras em casa para ninguém ficar sobrecarregado. É normal no inicio quereres fazer tudo para agradar mas o trabalho tem de ser mútuo. Miminhos sim mas os dois têm de colaborar em casa.

    Espero te ter dado umas luzes Smiley smile Beijinhos e tudo a correr bem Smiley heart

    • Responder
  • Rita
    Destacada Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Obrigada Ana, pelos teus conselhos e pela resposta. Feliz 2020 Smiley kiss

    • Responder
  • Ana
    Noiva Master Setembro 2018 Lisboa (Concelho)
    Ana ·
    • Denunciar
    Não mudava nada na nossa mudança (menos de 1 ano de namoro e enquanto estudávamos).
    Acho quase essencial que os casais experimentem viver juntos antes de casar. Conheçam os maus hábitos, tiques e rotinas um do outro. Partilhem tarifas, despesas e dias maus tanto como dias bons.
    Conselhos: tenham muita paciência pois é outro ser humano a viver com vocês. Aprendam a ser auto críticos e sejam honestos com o vosso parceiro e vocês próprios. Não vale calar e encher o saco para depois estoirar! Tudo corre bem. 🙂
    • Responder
  • Rita
    Destacada Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Obrigada pela tua opinião, Vanessa. Beijinhos e feliz 2020 😘
    • Responder
  • Rita
    Destacada Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Obrigada pela tua mensagem, Catarina. Beijinhos e feliz 2020 😘
    • Responder
  • Vanessa
    Noiva Master Junho 2021 Lisboa (Concelho)
    Vanessa ·
    • Denunciar
    Eu acho óptimo quem puder juntar-se antes do casamento, uma vida a dois numa casa não têm nada a ver com um namoro em que cada um
    vive na sua casa! O desafio começa exatamente quando se vai viver juntos, e temos de aprender a viver com os hábitos da outra pessoa que na maioria das vezes não são os mesmo que os nossos! Aprender a dividir tarefas, gerir as despesas, perder um pouco a nossa privacidade deixa de ser “o meu quarto” e sim “o nosso quarto” é tudo uma mudança e por vezes nesta mudança que alguns casais chegam à conclusão que afinal não era aquilo que queriam!

    Tendo em conta o grande investimento que é fazer uma festa de casamento acho que não perdem nada viverem juntos antes!
    • Responder
  • Catarina
    Destacada Agosto 2021 Madeira
    Catarina ·
    • Denunciar
    Olá. Parabéns por darem esse passo tão importante. Apartir do momento em que partilhamos o mesno espaço, começa aí o verdadeiro teste.
    Como funcionam os dois feitios em conjunto, começas a perceber realmente como a pessoa é e , para ser sincera , super aconselho viverem juntos antes do casamento.
    Só assim é que percebem se os dois funcionam bem ao partilharem uma vida a dois. Eu comecei a viver com o namorido praticamente desde o início 🤣 E não mudava, não fazia sentido ser de outra maneira para nós. Quanto a conselhos, não há nada como explorar em que tarefas cada um gosta ou não se importa de fazer para não ser sempre o mesmo a fazer tudo o que pode gerar algumas discussões 😁😘
    • Responder
  • Rita
    Destacada Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Raquel! Muito grata pela tua resposta e todos os teus conselhos ficaram registados e espero estar a altura de os seguir! Smiley kiss Smiley love

    • Responder
  • Raquel
    Noiva Master Agosto 2021 Lisboa (Concelho)
    Raquel ·
    • Denunciar
    Olá minha querida,


    Viver junto é algo maravilhoso mas mente quem diz que é fácil. Afinal de contas são duas pessoas diferentes, com opiniões diferentes, gostos diferentes... a partilhar o mesmo espaço e algum do muito tempo da sua vida! Mas no final o que importa é que compensa muito!
    Respondendo às tuas questões.
    Na minha opinião juntei-me com o noivinho no tempo certo! Ainda vivemos algum tempo cada um na sua casa e quando nos decidimos juntar debatemos muito sobre o assunto e sobre se estavamos preparados para tal.
    2. Eu acho importantíssimo que o casal se junte antes do casamento! Viver junto não é o mesmo que namorar, dormir uma vez ou outra na casa um do outro ou passarem férias juntos... é nesta altura que conheces os verdadeiros defeitos, as verdadeiras qualidades e o que podes esperar do teu companheiro para o resto da vida!
    3. Comuniquem sempre um com o outro acima de tudo! Não guardem para dizer o que sentem (seja bom ou mau) para o dia seguinte! Preservem o espaço um do outro e dêem-se ao privilégio de puderem ter o vosso tempo pessoal sem a presença do outro (e não, não estou a falar do tempo em que estão separados a trabalhar. Falo de tempo de qualidade e de lazer). Por fim, não deixem o amor cair na rotina. Façam qualquer coisa diferente uma vez por mês... passear, viajar, um fim de semana romântico, com amigos, uma surpresa...
    Beijocas
    • Responder
  • Rita
    Destacada Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá querida, obrigada pelo teu conselho. Feliz 2020 Smiley kiss

    • Responder
  • Hlei
    Noiva Master Outubro 2020 Castelo Branco (Concelho)
    Hlei ·
    • Denunciar
    Olá querida, namoro com o noivo há 12 anos e vivemos juntos há 5. Não mudaria e acho que foi mesmo na altura certa. Quanto a conselhos, o que eu dou sempre é "apesar das dificuldades, birras, meias fora do sítio, etc... Se perceberes que, apesar de tudo, és mais feliz ao lado dessa pessoa, isso é o mais importante". As vezes limitamo-nos a procurar e apontar os defeitos....
    • Responder
  • Catarina
    Noiva Master Julho 2019 São Miguel
    Catarina ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    É isso. É sempre um desafio mas onde existe amor tudo se resolve 😊❤️
    • Responder
  • Rita
    Destacada Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Catarina. Obrigada pela tua partilha Smiley kiss

    Penso que o casal só se conhece verdadeiramente quando começam a ter essa convivência de morar junto. Apesar de eu e o noivinho já fazermos uma vida muito próxima à de casa conjunta, acabamos por "certos pormenores" deixar passar que se calhar estando na nossa casa não deixaríamos.

    É sempre um desafio, mas que estamos aqui prontos a cumprir e a ultrapassar!

    Beijinhos Smiley love

    • Responder
  • Rita
    Destacada Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Virgínia. Muito obrigada pela tua partilha e pelo teu conselho!

    Penso que o dinheiro deve ser uma das causas de maior conflito de um casal e logo desde início se deve definir de que forma será gerida essa parte e se ambos partilham da mesma opinião.

    Por acaso nós já falamos sobre isso e pensamos da mesma forma: Cada um continua a ganhar (ordenado) para a sua conta "de solteiro". Agora no início do ano vamos abrir uma conta conjunta onde vamos depositar X por mês para um pé de meia, esse valor só será mexido quando ambos decidirmos. Para as despesas de casa vão ser divididas entre os dois, da melhor maneira possível. Decidimos desta forma e espero que seja a forma que resulte!

    Beijinhos querida Smiley kiss

    • Responder
  • Catarina
    Noiva Master Julho 2019 São Miguel
    Catarina ·
    • Denunciar
    Olá Rita. Eu sempre achei que iria casar e depois morar com o marido mas a vida trocou-nos as voltas ahah 😂. Há 3 anos e pouco viemos para o Canadá e claro que tivemos que morar juntos. Já tinha passado algumas temporadas com ele mas não mais do que alguns meses. Agora vejo que foi importante e que conseguimos entender melhor como cada um vive. Acho que foi a altura certa e sinceramente acho importante as pessoas viverem juntas antes de casar porque conseguem perceber muitas coisas que não são possíveis quando cada um está na sua casa.
    Em relação aos conselhos. As meninas já deram bons conselhos. Eu confesso que nem sempre resolvemos os nossos problemas antes de irmos dormir mas que é muito importante, isso é. Concordo com o conselho da Virgínia. Cada um ter a sua independência financeira e não só é extremamente importante. Beijinhos
    • Responder
  • Virginia
    Noiva Master Maio 2019 Tavira
    Virginia ·
    • Denunciar

    Olá Rita, por aqui já vivíamos juntos antes do casamento, e não o faria de outra forma. A verdade é que quando dividimos um espaço com outra pessoa, temos de nos adaptar a muita coisa e o processo pode ser menos positivo. Não me fazia sentido casar logo e depois poder vir a ter surpresas. E refiro-me não apenas a situações do tipo "ele é desorganizado", "ela não foi ao supermercado" e afins, mas também cedência de privacidade, gestão de finanças, compatibilidade de horários, etc.

    O meu conselho é um pouco controverso, mas aqui vai: pra mim não existe "um casal tem uma só carteira". Devem os dois contribuir por igual nas despesas da casa, ajudar um ao outro quando têm dificuldades, mas sou grande apologista de cada um ter o seu dinheiro de parte caso aconteça alguma coisa. Em suma: nunca dependam financeiramente um do outro, mais cedo ou mais tarde será motivo de conflito e mais vale evitar.

    • Responder

Responda a este debate

×

Artigos relacionados