COVID-19 Continuamos ao seu lado nestes momentos. Consulte o nosso Centro de Ajuda.

Rita
Super Noiva Junho 2022 Porto (Concelho)

🚨 Recém-casados/as - Mudou algo na vossa nova vida?! 💑💍

Rita, a 4 de Março de 2020 às 15:40 Publicado em Fórum Recém Casad@s 2 35
Guardado Guardar
Responder

Olá noivinhas e noivinhos!,

Ou neste caso: esposas e maridões! 😅

Que tal está a correr essa semana? Atenção que já estamos na véspera da véspera de sexta-feira! 🤣

tenor.gif


Bom, hoje trago um debate relativamente à vida de recém-casados.

Para vocês, mudou alguma coisa nesta nova fase da vossa vida? 🙄
O que sentem que mais mudou? Ou o que faz maior diferença na hora de "se apresentarem" como marido e mulher? Acham que dá aquele "peso" que muita gente fala? Ou são tudo falácias e as coisas mantêm-se iguais e ainda com mais "love"?
😂😂

tenor.gif

Estou ansiosa para saber o que se passa aí por casa! Também estou a aceitar os vossos conselhos, recém-casadas 😊😊


Abreijos e continuação de boa semana! 😘😘 ❤️

35 respostas

  • Rita
    Super Noiva Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Ana!, 😊
    Que bom que o amor fortalece! Aproveitem bem cada momento!
    Sim, sem dúvida, a pressão da sociedade é incrivelmente assustadora. Temos mesmo de ignorar!

    Beijinhos e obrigada pela partilha 😘😘

    • Responder
  • Ana V.
    Noiva Master Outubro 2019 Figueira da Foz
    Ana V. ·
    • Denunciar

    Olá Rita. Tal como outras meninas, nós já vivemos juntos desde 2014. Em termos práticos não mudou nada, mas sinto que o nosso casamento fortaleceu ainda mais o nosso amor e cumplicidade. É um momento muito bonito em casal e que nos enche, ainda mais, o coração.
    Mas sim, com o casamento parece que muda o chip das pessoas à nossa volta e ouvimos muitas vezes "e quando é que têm filhos?" ou "agora já só faltam os filhos". Só que a isso nós fazemos ouvidos moucos, como se costuma dizer, até porque cada casal tem o seu timing.
    Beijinho

    • Responder
  • Rita
    Super Noiva Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Ana!, 😊
    Obrigada pelos conselhos! Nós por aqui vamos viver juntos nos próximos meses, bem antes do casamento, pois compramos casa agora e não nos fazia sentido aguardar tanto tempo. Mas considero que entre nós não haverá esse tipo de discussões, pois ambos somos poupados e temos os mesmos interesses e objetivos, então acredito que discussões por dinheiro não entrem lá em casa.

    Temos plena noção que as discussões fazem parte do processo de aprendizagem e só dessa forma podemos evoluir enquanto casal, como tem acontecido.

    Havendo amor, dá sempre tudo certo! 😍😘😘

    • Responder
  • Ana
    Noiva Master Novembro 2019 Porto (Concelho)
    Ana ·
    • Denunciar
    Olá Rita. Por aqui nada mudou pois já vivíamos juntos. 😄 ainda me custa chamá-lo de marido como algumas meninas referiram.


    Se no teu caso vocês só vão viver juntos após o casamento aconselho a irem de mente aberta e com paciência. Não é fácil moldarmo-nos, criar hábitos e rotinas conjuntos e aturar manias do outro. Vão sempre haver discussões e claro, também faz parte haver cedências e compreensão. 😊Acho muito importante dividirem tarefas, falar abertamente e não ter receio de dizer o que não gostaram numa atitude. Faz parte e até porque se não falarmos a outra pessoa não vai achar que fez mal. Se houver diálogo entre o casal é meio caminho andado para tudo correr bem. E claro, muito amor!!!!
    E estes são os meus conselhos. 😉
    • Responder
  • Rita
    Super Noiva Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Sofia!, 😊
    Obrigada pela tua partilha. O mais importante é os dois conseguirem se entender e arranjarem estratégias para se encaixarem na perfeição! Porque nada é 100% um mar de rosas, e todas as pessoas têm defeitos e feitios diferentes. Quando há amor, os espinhos eliminam-se à tesoura
    😘

    • Responder
  • Sofia
    Noiva VIP Junho 2019 Mangualde
    Sofia ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Vou falar da minha experiência.
    Eu vivo com o João desde 2013, 24 horas por dia, ou seja para nós foi dose reforçada.
    Inicialmente foi complicado por todas as razões que possam imaginar. Espaço, privacidade pessoal, divisão de contas, e tarefas. Discussões foram o prato do dia porque moldar-nos a outras pessoas implica SEMPRE cedências de parte a parte. No nosso caso e como estávamos sempre juntos, casa e trabalho, não havia espaço para aliviar porque o "problema" estava sempre ali. Então decidimos ter uma conversa difinitiva. Em casa fazemos tudo juntos e se um faz o jantar o outro dá banho ao filhito... Ou seja ninguém se fica a rir de ninguém, todos trabalham todos ajudam e agora até o mais pequeno colabora :pDepois em relação às contas a pagar, foi mais simples do que parece, as nossas poupanças são em comum, mas cada um tem a sua conta ordenado, a sua poupança pessoal para as prendas dos dias especiais ou gastos pessoais é uma forma de "privacidade" , e cada um tem a responsabilidade de pagar o que lhe compete das despesas de casa. Sim dividimos as despesas eu pago o gás, ele paga a luz... Blabla mas de forma a não sobrecarregar ninguém. Em relação à privacidade, hahahaha isso não existe, a vida dele é a minha e a minha a dele ainda por cima sabendo nós os passos que cada um dá, os amigos são os mesmos.... Posso dizer que somos um (24horas por dia). Mas quando existe alguma discussão, porque eu e o João somos bem diferentes, eu preciso de tempo para digerir e se for preciso deito-me chateada com ele e tenho mesmo de tirar nem que seja uma horinha para mim, para pensar sobre o assunto. Todos erramos de uma forma ou de outra e é essencial saber ouvir e saber reconhecer um erro. No início não temos noção dos limites, e hoje com 7 anos ainda estamos em constante aprendizagem porque nem sempre acordamos com a mesma disposição e existem factores novos todos os dias que alteram os nossos comportamentos. Uma coisa que nós fazemos é... Ele sabe quando tenho um dia de trabalho mau, então se eu lhe respondo mal ele já não leva a peito e ele próprio já me ignora e só fala comigo no dia a seguir ou então goza comigo e acabamos a rir dependendo da gravidade do dia, e eu faço o mesmo quando é com ele. São estratégias que vamos criando também com base nos nossos feitios. E é isto Smiley smile
    • Responder
  • V
    Top das Noivas Setembro 2019 São João da Madeira
    Vânia ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Eu falo por mim... às vezes era preferível atrapalharem um pouco mas estarem la quando precisamos, em vez de estarmos num país completamente sozinhos e sem qualquer backup e ajuda...
    • Responder
  • Ana S
    Noiva Experiente Agosto 2021 Penacova
    Ana S ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Não ajudam mas também não atrapalham 😂
    • Responder
  • Hlei
    Noiva Master Junho 2021 Castelo Branco (Concelho)
    Hlei ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Acho que isso vai ser dificílimo para mim ahaha
    • Responder
  • Rita
    Super Noiva Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Patrícia!, 😊
    Claro, faz-nos sonhar ainda mais alto depois que damos o "SIM" e começamos a poder chamar de "marido" e no bilhete de identidade aparece "estado civil: casada"
    😍 😘

    • Responder
  • Rita
    Super Noiva Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    E começar a chamar "marido" 😍😍

    • Responder
  • Rita
    Super Noiva Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Sofia!, 😊
    Então e que conselhos dás para quem está nessa fase de começar a viver junto? De que forma conseguimos respeitar os espaços vivendo na mesma casa? E qual a melhor forma para dividir as tarefas, na tua opinião?
    😘😘

    • Responder
  • Rita
    Super Noiva Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Claro, com tantos anos a viverem juntos já sabem bem o que a casa gasta, como se costuma dizer 🤣🤣
    Imagino... A lua-de-mel tem esse nome porque deve ser mesmo para ter esse sabor
    😍

    • Responder
  • Rita
    Super Noiva Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Eu acho que por aqui vou habituar-me facilmente a chamá-lo "marido" 🤣🤣

    • Responder
  • Rita
    Super Noiva Junho 2022 Porto (Concelho)
    Rita ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Vanessa!, 😊
    Pois é, há sempre essa pressão da sociedade, perguntas e mais perguntas de coisas que só deve dizer respeito ao casal! Mas pronto, faz parte e há que saber lidar
    😅

    É o hábito. Um dia vais habituar-te a dizer "marido" e depois ninguém te ouve mais a dizer "namorado" 🤣 É o hábito que eu estou ansiosa por criar... Não me vou importar nada 😂

    • Responder
  • V
    Top das Noivas Setembro 2019 São João da Madeira
    Vânia ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    No meu caso essa transição foi diferente. Além de ter passado a ir viver com o marido vim para um país diferente e por isso estive mais focada na mudança de país. Começar a viver com o marido foi simples, foi uma questão de adaptação claro mas eu já sabia com o que podia contar e desde logo não houve a preocupação de definir tarefas, tudo veio naturalmente. Além disso, estive em casa os 3 primeiros meses e acabei por ter a responsabilidade de tratar de tudo sozinha. Por exemplo desde o início que é ele quem cozinha porque sei que ele tem imenso cuidado com a alimentação e ele já sabia que eu não gostava de cozinhar. No geral a transição foi simples, além de já termos idade para termos juízo a grande e principal mudança foi mesmo estarmos a morar noutro país sem ninguém da família perto de nós para nos ajudar.
    • Responder

Escolheste . Escreve um comentário e adiciona mais detalhes à tua escolha 👇

×

Artigos relacionados