COVID-19 Continuamos ao seu lado nestes momentos. Consulte o nosso Centro de Ajuda.

Isa
Administradora Porto (Concelho)

O Conselho de Ministros revela o regresso gradual dos casamentos!

Isa, a 3 de Junho de 2020 às 17:44 Publicado em Fórum Casamentos.pt 16 61
Guardado Guardar
Responder

(Atualizado a 23/06/2020)

Olá Comunidade Smiley ring

A ameaça da pandemia Covid-19 parece estar a diminuir em Portugal, enquanto o país abre as portas da economia gradualmente. Na última Resolução do Conselho de Ministros (n.º 40-A/2020), do dia 30 de maio, as novas orientações referem a realização de casamentos, o que enche o coração dos noivos e profissionais do setor de alegria e esperança, alertando contudo que as novas especificações da Direção Geral da Saúde (DGS) ainda serão partilhadas.

Últimas notícias sobre as restrições nos casamentos de 2020:

A DGS anuncia um novo guia para a celebração dos casamentos


"Passam a ser permitidos, desde que respeitem as orientações da Direção-Geral da Saúde, os eventos de natureza familiar, incluindo casamentos e batizados, as celebrações comunitárias das diversas confissões religiosas, eventos de natureza corporativa realizados em espaços adequados para o efeito, bem como eventos de natureza cultural”, menciona o texto.


Na resolução, o conselho de ministros permite que os fornecedores de casamentos possam guiar-se pelas regras de segurança e higiene aplicáveis ao setor da restauração. Ainda não é possível voltar a celebrar os enlaces tal como conhecemos, no entanto, os casais podem voltar a comemorar a sua união e promessa de amor eterno seguindo as normas definidas pelo conselho, enquanto se aguarda pelas regras definitivas da DGS.


Os principais pontos da resolução do conselho de ministros aplicáveis aos copos de água são:


👉 Ocupação, permanência e distanciamento físico

-Deve-se limitar a ocupação máxima de 0,05 pessoas por metro quadrado de área, com exceção dos estabelecimentos de prestação de serviços. (Art 6º)

  • -A ocupação, no interior do estabelecimento, deve ser limitada a 50 % da respetiva capacidade. (Art 14º)

  • -Devem ser adotadas medidas que assegurem uma distância mínima de dois metros entre as pessoas, salvo orientação em contrário da DGS. (Art 6º)

  • -A proibição de situações de espera para atendimento no interior dos estabelecimentos (Art 6º)

  • -A definição, sempre que possível, de circuitos específicos de entrada e saída nos estabelecimentos.(Art 6º)

  • -A partir das 23:00h, o espaço não poderá receber novas admissões. (Art 14º)

  • -Nas áreas de consumo de comidas e bebidas (food-courts), deve-se organizar o espaço de forma a evitar aglomerações de pessoas e a respeitar, com as devidas adaptações, as orientações da DGS para o setor da restauração. (Art 14º)


👉 Regras de higiene

- Os espaços devem promover a limpeza e desinfecção diárias e periódicas dos espaços, equipamentos, objetos e superfícies, com os quais haja um contacto. (Art 7º)

-Os espaços devem promover a limpeza e desinfecção, após cada utilização ou interação, de equipamentos, objetos, superfícies, produtos e utensílios de contacto direto com os convidados e noivos. (Art 7º)


👉 Soluções desinfetantes para a pele

- Os espaços devem disponibilizar desinfetantes cutâneas para os trabalhadores e clientes em todas as entradas e saídas dos estabelecimentos, assim como no seu interior, em localizações adequadas para desinfeção.. (Art 8º)


Apesar de esclarecer que casamentos que cumpram as restrições mencionadas já podem ser celebrados, o comunicado reforça que a DGS deverá anunciar em breve outras medidas específicas para casamentos e outros eventos de natureza familiar.


Sobre a realização dos casamentos religiosos, a Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) anunciou há algumas semanas o protocolo para a realização destas cerimónias. Todos os detalhes estão atualizados aqui, mas recordamos a importância de contatar as autoridades religiosas locais, uma vez que cada Diocese poderá adaptar as normas segundo as necessidades locais.

****

Relembramos que na Comunidade sempre podem encontrar o apoio necessário para qualquer pesquisa, dúvidas ou sentimentos que pretendam partilhar com os restantes casais que estão a passar pelo mesmo processo.

E para qualquer caso particular, não deixem de escrever a help@casamentos.pt onde as nossas equipas estarão disponíveis para ajudar.

Um abraço forte Smiley heart 🌈

O Conselho de Ministros revela o regresso gradual dos casamentos! 1

📷 Rui Teixeira

61 respostas

  • Isa
    Administradora Porto (Concelho)
    Isa ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Ora essa! Acabamos de preparar um debate com as novas informações da DGS, onde se pode ler " sobre o limite de convidados, as regras não estão muito claras": A DGS anuncia um novo guia para a celebração dos casamentos. Resta-nos esperar por uma resposta mais concreta no que diz respeito ao número de convidados.

    Beijinhos!

    • Responder
  • Pedro
    Noivo Novato Setembro 2020 Gondomar
    Pedro ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Obrigada pela informação Isa Smiley smile
    • Responder
  • Isa
    Administradora Porto (Concelho)
    Isa ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Pedro. Sim, são estas as últimas restrições que saíram. Creio que a Dr Graça Freitas enganou-se nesse ponto aquando da sua intervenção. Podes ler neste debate a interpretação que os restantes noivos fizeram às novas regras (nos comentários): Casamento em Outubro -regras covid 19

    Beijinhos!

    • Responder
  • Pedro
    Noivo Novato Setembro 2020 Gondomar
    Pedro ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Olá Isa!
    Tem a certeza dessa questão? Ontem falei com a minha quinta e eles estavam reticentes precisamente devido a essa questão das 20 pessoas que falou a Senhora Diretora falou na sua intervenção. Era bom ter essa questão mesmo esclarecida ajudaria imenso Smiley sad
    • Responder
  • Isa
    Administradora Porto (Concelho)
    Isa ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Pedro! A questão das 20 pessoas aplica-se a ajuntamentos de pessoas banais, tudo o que seja eventos e cerimónias privadas como os casamentos, a ocupação deve ser limitada a 50 % da respetiva capacidade. Ou seja, se a capacidade máxima da vossa quinta é de 300, significa que poderão ter até 150 convidados. Esta é a informação que temos neste momento, sendo que a de 20 pessoas já se encontra desatualizada.

    Beijinhos!

    • Responder
  • Liliana
    Noiva Principiante Setembro 2020 Barcelos
    Liliana ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Concordo plenamente.
    • Responder
  • Cati
    Noiva Constante Setembro 2020 Vila do Conde
    Cati ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Na tabela que a Dgs lançou, diz que se tem de seguir as normas da restauração... Mas em breve vao sair as normas concretas... Esperemos!!
    • Responder
  • Pedro
    Noivo Novato Setembro 2020 Gondomar
    Pedro ·
    • Denunciar
    Olá a todos e todas!
    Eu e a minha noiva estamos a dar em malucos com isto.

    Um dia lançavam esse despacho, depois a ministra vem falar das 20 pessoas. Na quinta já nem sabem o que fazer novamente.
    Lancem normas de uma vez isto é insustentável!
    • Responder
  • Laura
    Noiva Ativa Outubro 2020 Caldas da Rainha
    Laura ·
    • Denunciar
    Olá Malta,
    Eu caso em Outubro e será num parque público e emblemático para a minha cidade. Sendo um espaço público e havendo grupos de família, penso que apenas teremos de seguir as regras que a restauração segue? A temática do meu casamento é wedding picnic e sendo no parque, conseguimos garantir distancias de segurança. Estava a pensar disponibilizar álcool gel para as mãos. O que acham?
    • Responder
  • Laura
    Noiva Ativa Outubro 2020 Caldas da Rainha
    Laura ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Escreveste os meus pensamentos. Tal e qual... A discrepância na tomada de decisões é muito grande.
    • Responder
  • S
    Noiva Novata Julho 2021 Santa Maria da Feira
    Sara ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Olá novinhas ☺️


    Ando a tentar respirar fundo e não anda fácil. Não entendo neste país que se permite tanta coisa com pessoas desconhecidas(idas as shopping, e espetáculos com 2 000 pessoas, etc) permitir realizar casamentos e não dar as recomendações necessárias para a sua realização. Simplesmente inaceitável. Além disso temos países que estiveram bem piores que nós e que nas suas fases de desconfinamento já colocaram medidas para se realizar casamentos. Ando a precisar de respirar fundo mesmo...desculpem o desabafo 😔
    • Responder
  • Isa
    Administradora Porto (Concelho)
    Isa ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Cláudia. Concordo plenamento contigo. Acho que já está mais do que na hora de sair diretrizes claras e concetras para o setor nupcial!

    • Responder
  • Isa
    Administradora Porto (Concelho)
    Isa ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Cati. Bem, parece que cada quinta está a seguir as suas próprias diretrizes. Por exemplo, a noiva Magda disse que a sua quinta deu autorização para o casamento em setembro: Casamento Setembro Autorizado

    Vamos esperar pelas informações finais da DGS. Beijinhos e não desanimes, vais ver que vai correr tudo bem 💖🌈

    • Responder
  • Cati
    Noiva Constante Setembro 2020 Vila do Conde
    Cati ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    É uma incerteza, uma angústia.... De um lado ouve se uma coisa. De outro ouve se outra. Nada em concreto.
    • Responder
  • Cláudia
    Noiva Principiante Agosto 2020 Matosinhos
    Cláudia ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    *e as quintas acabam por não terem informações concretas. Como disse, a minha passou a informação, que segundo ela foi a que obtiveram por parte da DGS. Por isso era ótimo que saíssem directrizes concretas para o sector.
    • Responder
  • Cláudia
    Noiva Principiante Agosto 2020 Matosinhos
    Cláudia ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Pois eu também me parece que a informação não está clara e acaba por
    • Responder

Escolheste . Escreve um comentário e adiciona mais detalhes à tua escolha 👇

×

Artigos relacionados