Sílvia
Noiva Constante Junho 2021 Póvoa de Varzim

Gestão do dinheiro

Sílvia, a 16 de Setembro de 2019 às 14:24 Publicado em Fórum Casamentos.pt 0 34
Guardado Guardar
Responder
Olá noivinhas!

Hoje trago um tema um pouco diferente e se calhar um pouco tabu. Mas como é uma coisa que me consome muito... Preciso, talvez, de um certo apoio de pessoas que também estejam nesta situação (sinto que as pessoas próximas não conseguem entender isto).

Então, sou eu e o meu noivo que vamos pagar por completo o nosso casamento. E será em 2021, logo acreditamos que iremos conseguir juntar dinheiro para tudo (às vezes não, mas pronto - a minha ansiedade a falar kkkkk). Mas acontece que nós não ganhamos por aí além, somos jovens e vocês sabem como os trabalhos andam difíceis. Enfim.. Queremos também fazer um casamento médio, simples mas com o seu toque de elegância. Mesmo assim, consegue ser um balúrdio de dinheiro que nunca imaginamos...

Queria saber como vocês estão a gerir e a poupar o vosso dinheiro até ao dia C? Vocês estão a colocar de lado por mês, X o noivo e X a noiva? E quem não se importar de dizer, quanto pensam colocar de lado, por mês?
Porque, sendo muito sincera e falando mesmo em números, faltando 20 meses, pelas nossas contas, teríamos de juntar 550€ por mês para ter dinheiro para tudo até lá.. Não digo que seja impossível mas é bastante difícil...

Como estão a fazer? Quem não quiser falar em números, eu entenderei perfeitamente. Mas a ideia é mesmo ser aberto e ajudar outros noivos que estejam na mesma situação... Obrigada! Beijinhos ❤️

34 respostas

  • S
    Noiva Ativa Outubro 2020 Lisboa (Concelho)
    Sofia ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    É uma maneira de teres esse dia especial e dos que vos amam tambem partilharem esse sonho. É tão valido como outra forma qualquer, ja o fazemos com aniversários porque nao com o casamento? 😊

    No nosso caso vamos optar por pagar nós mas algo muito pequeno e íntimo até porque aos olhos do mundo somos mais que casados (já la vão 13 anos). No entanto não faz sentido não comemorar com a familia e amigos 😊
    • Responder
  • Filipa
    Noiva Ativa Outubro 2019 Albufeira
    Filipa ·
    • Denunciar

    Olá, Sílvia !No nosso caso, seremos nós a pagar o casamento por completo e por isso, quando decidimos casar fizemos contas e determinámos que num ano conseguiríamos juntar a quantia necessária para o fazermos. Então, desde outubro de 2018 que estamos a pôr uma certa quantia de parte, todos os meses. Se tem sido difícil ? Não, basta mentalizar-nos que é por um bem maior e por um dia que vai ficar para sempre nos nossos corações. Com muita ponderação e moderação, conseguimos chegar perto dos valores que pretendíamos. Claro que nos privámos de algumas coisas, mas quando queremos muito atingir um objetivo, há que fazer escolhas.

    Optámos também por fazer muitas coisas em casa, nomeadamente, convites, missais, ementas, etiquetas para as lembranças, placas de photobooth, seating plan , etc... Comprámos imensa coisa no AliExpress. Quando fomos comprar as alianças, ficámos atentos à cotação do ouro (https://www.aorp.pt/quotes) e quando esta baixou, corremos à ourivesaria a comprar. São pequenas coisas que às vezes nos ajudam a poupar um pouco ! Aproveitámos épocas de saldos para comprar determinadas coisas.

    Como tudo na nossa vida, queremos fazer um casamento à nossa medida e à nossa imagem (fazer muitas coisas em casa também acaba por resultar numa personalização maior!).

    Oooops já me alonguei! Espero ter ajudado.

    Beijinho



    • Responder
  • Raquel
    Noiva Experiente Setembro 2020 Abrantes
    Raquel ·
    • Denunciar

    Olá Sílvia!

    No nosso caso, também seremos nós noivos a pagar o casamento e como tal definimos um orçamento. Para isso definimos poupar por mês entre €400 a €500. Claro que como já estamos a morar juntos não conseguimos poupar como se estivéssemos em casa dos nossos pais e além disso pode haver algum imprevisto ou despesa extra e aí pode não ser possível. De qualquer forma, tudo o que é dinheiro extra como o IRS, Subsidio de férias e natal, prendas de aniversário e natal, pomos automaticamente de lado (a não ser claro que aconteça alguma coisa). Também ajuda o facto do meu noivo tocar acordéon e assim conseguirmos juntar mais algum dinheiro extra além do que definimos por mês. Se tudo correr bem até iremos conseguir poupar mais do que o valor necessário para o casamento.

    Apesar de sermos nós a pagar o casamento, vamos ter algumas ajudas preciosas! Os nossos pais vão oferecer o pequeno-almoço, a decoração da igreja e o meio de transporte que escolhermos para ir para a igreja e para a quinta. A minha madrinha de casamento vai oferecer o vestido e as alianças.

    Além disso e para conseguirmos poupar mais algum dinheiro, somos nós que vamos fazer os convites, as lembranças e mais algumas manualidades.

    Com vontade tudo se consegue Smiley smile


    • Responder
  • Cristiana
    Noiva Experiente Setembro 2019 Maia
    Cristiana ·
    • Denunciar

    Nos tivemos cerca de ano e meio a juntar para o casamento.

    Fizemos um orçamento do que queriamos gastar e sabendo ja de antemão que o meu vestido, o fato, as alianças, a lua de mel eram oferta e quanto seria a prenda dos meus pais.

    Passado o dia, posso-te dizer que nao tivemos prendas de mexer na nossa poupança.. mas tivemos pessoas que nao nos deram prendas o suficiente para pagar a parte deles.... tivemos outras que nos deram prendas muito boas e que nao estavamos nada a contar... mas de facto nao podemos fazer conta às prendas porque acabam por ser sempre um extra.


    • Responder
  • Vânia
    Noiva Ativa Junho 2020 Vila Nova de Famalicão
    Vânia ·
    • Denunciar
    São situações complicadas..
    Nós estamos a juntar para o casamento á 5 anos 🙊🙈

    Mas finalmente já temos o dinheiro todo 👍
    • Responder
  • Ana Marina
    Noiva Experiente Maio 2021 Barreiro
    Ana Marina ·
    • Denunciar
    Viva minha querida.
    Parabens pelo topico, é de todo muito importante, se bem que como dizes um pouco tabu e muito subjectivo de noivos para noivos.
    Mas compreendo-vos muito bem. Tambem vamos ser nós, noivos, a suportar a maioria das despesas do nosso casamento. Teremos uma (muito) pequena ajuda dos pais, mas é so isso.
    Nos tambem começamos a preparar as coisas com cerca de 2 anos de antecedencia pra podermos fazer uma boa triagem dos fornecedores, com calma, estabelecer as prioridades, onde queremos gastar mais ou menos, perceber o que poderemos fazer nos proprios e poupar ao maximo. Entao defenimos que nao teremos um budget, teremos um objectivo: gastar o minimo e ter um dia lindo. 😄

    Claro que cada caso será um caso mas nós percebemos que ao ritmo a que estavamos a conseguir colocar € de parte, so com os nossos medianos ordenados, nao iamos conseguir ter a festa que queriamos, entao arranjamos um part-time cada neste ultimo ano, para termos um valor extra todos os meses. Esse extra, (o meu é um pouco mais certo, o do meu noivo é mais variavel), pomos todo de parte no mealheiro do casamento. (Sim é mesmo um mealheiro!!)😅

    É claro que é um esforço muito grande, mas tambem um acto de humildade que acreditamos ser sempre uma experiencia boa e que terá uma lição a reter no final... (E afinal, trabalhar nao mata... tambem nao dá saude, como dizem, mas...) 😝 Entao no momento estamos a conseguir poupar para o mealheiro do casorio mais ou menos uns 400€ por mes. 😊

    Aconselho-vos a serem muito pro-activos nas vossas pesquisas, nao tenham receio de tentar negociar detalhes da festa com os fornecedores, muitos sao acessiveis e flexiveis. Nao se limitem aos fornecedores tipicos de casamentos, ha outros profissionais qud podem tambem ser competentes e que levam valores muito mais interessantes e estejam atentos às oportunidades... a vida é feita de oportunidades. 😉

    Essencialmente acho que quando estamos focados e sentimos que vamos conseguir, tudo se supera. 😊
    Felicidades e força, foco, e tudo se arranja. 😋
    • Responder
  • Diana
    Noiva VIP Novembro 2019 Lisboa (Concelho)
    Diana ·
    • Denunciar

    Olá Silvia,

    Dinheiro, peso extra e familia acho que são dos dramas maiores que vamos enfrentar nesta epopeia loool Smiley xd

    Eu sou muito transparente nestas coisas, até porque eu acho que 1º cada carteira sua sentença. 2º cada um casa como quer e como pode lool. 3º cada um gasta o que quer e conforme as suas prioridades. ... e 4º não é porque tens um orçamento milionário que o teu casamento é mais bonito... o que interessa "és tu, o teu noivo e o dia ser à vossa medida."

    Eu e o meu noivo vimos de meios bastante humildes, aliás eu diria que venho de um meio bastante humilde mesmo. Mas graças a Deus compenetrei-me na escola, fui boa aluna, consegui arranjar trabalho e agarrar as oportunidades na altura certa.. e hoje graças a Deus posso dizer que vivo confortavelmente. E que, apesar de não ter tido uma "infância normal nem muito feliz" hoje a vida me sorri. Posso ajudar a minha mãe e os meus irmãos e isso é o mais importante para mim.

    O casamento e todo este dinheiro que vou gastar vai ser pela 1ª vez em 33 anos de vida o "gesto mais egoísta que vou fazer". Mas não me arrependo porque lutei para isso entendes.

    Se me perguntas, ah mas mais valia comprares uma casa com esse dinheiro... eu concordaria contigo... mas enfim.. um passinho de cada vez ahah

    Quando eu e o meu noivo começámos nesta aventura tínhamos cada um algum dinheiro de lado. Aliado a isto decidimos ter um noivado de 2 anos praticamente & em época baixa Novembro ahah para eu ter "aquele dia com que sempre sonhei" lool.

    Também te conto que inicialmente tínhamos em mente um Budget de cerca de 18.000€ que rapidamente passou para os 25.000€ e agora vai nos 29.000€ Smiley xd

    Como vamos ser nós a pagar tudo (à excepção dos meus vestidos que foram oferecidos pela minha mãe) , desde inicio que nos tivemos que orientar e logo aí "eu deixei de ter vida".... Tudo o que eu ganhava ou o noivo ia para a "poupança".... (estou muito farta se queres saber.. não ir comprar uma camisolinha lool, ou ir de férias como deve de ser enfim).

    A quinta que gostámos ronda os 100€/pessoa por isso tivemos logo que fazer uma escolha criteriosa nos convidados... Neste momento estamos com cerca de 125 no total.

    A nível de poupança desde, subsidio de férias, natal e irs foram direitinhos à poupança. Eu recebo um prémio todos os anos equivalente a um salário... e ia para onde » poupança...

    Mensalmente sozinha houve meses que consegui poupar 300€; 400€; outros 600€ (mas muito apertadinha mesmo lool).. O meu noivo como é PT sempre consegue mais uns "extras aqui e ali"..

    Posso-te dizer que fomos muito criteriosos no que compramospara o dia D... mas que eu em decoração me passei da cabeça ahah e esbanjei "de mais".. agora não vale a pena chorar, enfim

    Dicas:

    Tenta colocar numa conta poupança tudo quanto conseguires, não interessa se são 5€, 50€ ou 500€... esquece que esse dinheiro existe.

    Criei agora à pouco tempo o site de casamento e comecei a receber algum retorno... isso também ajuda.

    Quando andares a ver de fornecedores, vê 2 ou 3 pelo menos. Pergunta à tua quinta o que eles aconselham em termos de preço- qualidade .

    Na lua de mel, vê 3 ou 4 agências, confronta-as com os preços das outras e com preços online... é uma máfia tens que ter cuidado ahah.

    Será normal que o teu vestido de noiva exista noutras lojas, descobre-as e pergunta preços.

    Vai às feiras dos noivos e vê se essas lojas estão com descontos.

    Tudo quanto for manualidades e conseguires fazer poupas um bom dinheiro.

    Ali express é o nosso melhor amigo. Não tens noção quantas lojas de facebook vendem os mesmos artigos pelo dobro ou mais do preço.

    Espero que corra tudo pelo melhor no vosso planeamento. Um grande beijinho.

    Smiley heart

    • Responder
  • Soraia
    Super Noiva Maio 2021 Cartaxo
    Soraia ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Joana,

    Eu percebo bem o que dizes quando sabes que te vão cair em cima, só não percebo é o porquê.

    Na realidade eu acho sempre que a forma que cada casal escolhe para pagar o seu casamento é uma questão deles, porque sou altamente contra aquela velha frase de "se não tens dinheiro, não cases", então vendo por esse prisma só casavam os ricos.

    Se a pessoa quer casar até pode vender bolos em semáforos para angariar dinheiro, pode vender rifas a toda a gente que conhece, se ajudamos tanta causa porque é que não podemos ajudar um casal que se ama mas que não tem posses para ter um casamento de sonho?

    Eu sou da opinião que desde que não se fique a dever nada aos fornecedores, cada um angaria dinheiro para o seu casamento da forma que acha mais rentável e correta.

    Beijinhos e bons preparativos para todas Smiley smile

    • Responder
  • Joana
    Noiva Experiente Julho 2020 Cascais
    Joana ·
    • Denunciar
    Já sei que vou ser crucificada mas vamos lá.
    Vou casar em julho do ano que vem, já entregamos os convites aos nossos convidados que será cerca de 70, falamos com cada um que em vez de darem a dita prenda num envelope e como preservamos mais a amizade que o dinheiro que possam dar, preferimos que cada um pague o seu, e toda a gente adorou a ideia, pois a vida esta difícil para todos, já temos casa montada não precisamos de nada, e só queremos as pessoas que mais gostamos ao pe de nos, A nivel de decoração estou eu a fazer tudo, Fotógrafos vamos ter familiares e amigos com cameras boas que nos vao fazer esse serviço, Dj/Animador será um sobrinho de uma das convidadas que nos vai fazer isso. Ou seja, será mesmo um casamento LowCost pois sem duvida a vida é sempre melhor com bons amigos.

    continuação de bons preparativos
    • Responder
  • Carolina
    Noiva Experiente Julho 2021 São Miguel
    Carolina ·
    • Denunciar

    Olá noivinha! Eu também sei o que é isso, nós iremos pagar sozinhos tudo, e torna muito complicado pois quem tem ajuda sempre fica mais fácil e ás vezes nem pagam nada, sendo tudo os familiares.

    Nós também já fizemos contas e andamos mesmo a ver se não nos descuidamos para ter o que pretendemos. Por exemplo, nós adoramos viajar e tentamos ir todos os anos a 1/2 sitios mas implementamos não viajar por completo durante os anos que faltam para o casamento (mas fazendo as contas como se fossemos viajar), guardando o dinheiro da viagem para o casamento.

    Além disto, também criamos uma conta poupança conjunta em que todos os meses sai x de dinheiro da minha conta e da dele para a conta poupança que é para o casamento.

    Por último (quase nunca se realiza) sempre que chega ao dia do ordenado, caso ainda tenhamos X de dinheiro na conta do ordenado anterior, colocamos na poupança.

    BOA SORTE! Smiley smile

    • Responder
  • Anabela
    Noiva Ativa Outubro 2019 Guimarães
    Anabela ·
    • Denunciar
    Olá Sílvia!
    Nós por aqui estipulamos um determinado valor para juntarmos todos os meses e se no final do mês, quando recebessemos, tivesse sobrado dinheiro do mês anterior colocavamos esse também de lado. Dinheiro que entrasse extra (por exemplo, IRS) ia para o lado também.
    Para a lua-de-mel decidimos juntar moedas de 2€ e 0,50€ e conseguimos perto de 2000€, o que foi muito bom e uma bela ajuda.
    Estamos a 2 semanas e meia do casamento e tudo deu certo.
    • Responder
  • Flávia
    Noiva Constante Agosto 2019 Santarém (Concelho)
    Flávia ·
    • Denunciar

    Hallo Sílvia,

    não tenho problemas em falar em valores e gastos até porque acabou tudo por correr bem. E se quiseres saber mesmo valores reais manda-me mensagem privada porque tenho tudo apontado ehehe O noivo pediu-me em casamento em novembro de 2018 e marcámos data para agosto de 2019, basicamente 8 meses para organizar um casamento. E a verdade é que não tínhamos valor algum de lado, até porque tinha surgido um imprevisto com o nosso carro um meses antes e tivemos de comprar outro o que fez com que as nossas poupanças fugissem na hora para esse evento. Queríamos muito casar, e tínhamos de ser nós a suportar tudo, e sabíamos que se estivéssemos à espera de dinheiro nunca mais casávamos lol Por isso foi impulso e ainda bem!

    O que fizemos foi recorrer a um crédito na altura, apenas para perversão para o caso de termos de dar valor de entrada. E depois gerimos o casamento de maneira diferente e abdicámos de muitas coisas, e tivemos muita ajuda noutras. Só não abdicámos de uma coisa - convidados. Tinhamos muitoooos convidados mesmo (290 pessoas lol) e mesmo assim correu tudo bem, e o crédito foi devolvido na totalidade no final do casório eheh

    Basicamente o nosso fator de decisão dos fornecedores era "pagamento preferencial após o casamento" pois pagar antes e depois e uns fornecedores 15% e outros 50% era um confusão. E queríamos fazer as contas como deve ser.

    Algumas das coisas que abdicámos:

    Quintas - decidimos que não iríamos casar em quintas/restaurantes etc, porque o valor à cabeça era só uma cena do mal, e tínhamos de dar sempre entrada, que não nos convinha dar (ou seja fizemos o crédito mas não o queríamos gastar ahah) optamos então por fazer o casamento numa "associação" bem gira e com condições para tal, e contratámos um serviço de catering, em que apenas tínhamos de pagar na semana após o casamento, e a associação apenas nos cobrou "uma ajuda que achássemos justa". Ou seja o espaço e a comida foi tudo pago após o casamento.

    Menu - Optámos por casamento à tarde, casamos às 3h da tarde, o que fez com que o Menu por pessoa fosse mais barato, ou seja em vez de entradas, almoço e copo de agua com comidas quentes, tivemos apenas entradas à tarde, jantar, e mesa de doces, queijos e mariscos. A verdade é que ficámos com uma menu por pessoa cerca de 20/25€ mais barato do que se fosse com almoço. Toda agente adorou, porque comeram a horas decentes lol e mesmo assim a comida acabou por ser muita.

    Bolo - Quem nos fez o bolo foi uma senhora aqui da zona que costuma fazer bolos de aniversário e assim e está agora a tirar um curso de pastelaria, nada de esmpresas ou cake designers XPTO, o bolo estava lindo e absolutamente delicioso. O facto de procurar-mos ás vezes pessoal com pouca experiência faz com que, além de ser mais barato por norma porque querem ganhar mercado, acabam por se empenhar mais, pois tem algo a provar. E foi o que aconteceu. O bolo estava lindo, super delicioso e ficou muitoooo mais barato se mandássemos fazer numa pastelaria ou assim. E também podemos pagar após o casamento Smiley smile

    Convites e Brindes - Sou de marketing, e trabalho com programas de edição de imagem, lojas online etc e na empresa em que trabalho sou eu que trata de tudo com as gráficas. Eu é que fiz os nossos estacionários todos (convites, etiquetas, menus e missais) e eu é que construí os convites, reciclando bue de cenas, lol com a ajuda no noivo querido e de amigos e familiares fizemos tudo à mão! E a parte melhor foi que o Sr. da gráfica ofereceu-me metade das coisas que mandei imprimir (convites e etiquetas) e os meus patrões deixaram-me imprimir os menus e missais na empresa, só tive de comprar o papel. Basicamente, em convites, etiquetas, menus, missais, livros de atividades e mais uma ou outra coisa, gastei 150€. ( e nós tínhamos muitoooos convidados, ou seja imprimimos muitos convites e muitas etiquetas e muitos missais)
    Os brindes foram coisas simples, chapéus para os homens com uma etiqueta, leques para as senhoras também com uma etiqueta e livros de atividades para os miúdos feitos por mim. Não sei os valores de cor, mas aqui talvez houvessem opções mais baratas mas mesmo assim não gastámos muito, mas os chapéus mandei vir em janeiro e paguei logo, os leques em fevereiro, e os lapis para os miudos em março. Ou seja pagámos logo estas despesas só que dividimos por meses lol

    Carro dos noivos - decidimos que era desnecessário. O Noivo foi numa carrinha antiga de um amigo nosso bem gira, eu fui no carro dos meus padrinhos.

    Lua de mel - Não podemos dizer que abdicámos, mas foi quase: passámos 3 dias em Vila Nova de Mil Fontes apenas para descansar. Porque tínhamos compromissos no fds seguinte ao casamento também não podíamos ir para longe xD. Estamos a planear uma viagem para o ano porque correu tudo bem. Mas não foi um investimento que incluímos no casamento.

    Coro de igreja - Foram as nossas amigas e amigos que animaram a missa. Foi lindo de morrer. E além disso o rapaz que animou o casamento, levou um pequeno orgão para a igreja e ajudou na animação. (nota: grande parte dos meus colegas toca instrumentos, e fazem parte de orquestras e estudam musica lol esta parte ajudou claro) mas evitámos aqui ter de contratar alguém.

    Arranjos florais extramente exagerados - Quem fez os arranjos das flores das mesas do casamento fui eu e as minhas primas lol Normalmente isto é uma coisa que muitas noivas não têm noção, mas é o que encarece muito ás vezes os preços das quintas. As flores e os arranjos florais são muito caros! Comprei as flores avulso. Basicamente gastei 40€ em flores, e coloquei tudo em frascos decorados que já andava a juntar desde janeiro (eu e todas as mulheres da familia, tive frascos demais no final ahah). As flores foram daquelas bem giras que depois de secas ficam iguais, o que me permitiu começar a fazer arranjos quase um mês antes. Decorámos mais alguns sítios com verdura, e essa fui apanhar lá no campo nos dias antes lol As bases dos arranjos eram pequenas rodelas de sobreiro que um primo meu me cortou.

    Fotografa: Top, Top, Top, porque só tivemos de dar 50 paus de entrada. O resto é pago na entrega das fotos todas. (faz sentido) Abdicámos de video, pedimos aos nossos colegas para gravarem tudo com os telemóveis. Temos vídeos basicamente de todo o dia que eles depois nos mandaram pro what app ahah

    Ajuda que tivemos (e foram muitas como já deves ter percebido):

    Além de envolver-mos todos os amigos e familiares nisto ahah houveram muitas ajudas.

    Alianças - A minha irmã perguntou-me que prenda queríamos e do que precisávamos, eu perguntei se queria dar as alianças, e assim foi. Menos uma despesa.

    Vestido de noiva - Só fui a uma loja, verdade, só experimentei 5 vestidos, verdade, e trouxe o meu vestido naquele dia com 70% de desconto, verdade lol e aqui a parte boa foi que a minha madrinha decidiu oferecer-me o vestido, e os acessórios, e as emendas foi uma colega dela costureira que fez. Menos uma despesa.

    Outros acessórios - Os brincos custaram 7,5€ na C&A e a minha mãe quis pagar, a pulseira o meu padrinho ofereceu-me em Maio nos meus anos, guardei para usar no dia, o colar no próprio dia fui ao quarto da minha irmã e roubei um já usado ahah sapatos, tinha uns que nunca tinha usado que me tinha oferecido mas faziam doer os pés, comprei uns em saldos 2 semanas antes, por 18€, compensados e bem confortáveis. Melhor compra de sempre!! Lol (os ténis comprei por 40€ da Cristina Ferreira, e já os usei depois do casamento uma série de vezes ahah)

    Ramo da noiva e para mandar às solteiras e travessão do cabelo, decoração da igreja, e pagela do noivo - Tenho uma prima florista, ofereceu-me essas coisas todas Smiley smile. Os arranjos da igreja foi a dividir com outra noiva que casou no mesmo dia ehehe Menos uma despesa e muita poupança.

    Roupa do noivo - Comprámos na Elisabete Videira apenas o blazer e as calças (130 paus), a camisa, o colete, cinto e sapatos, cada um foi numa loja, a gravata era uma que ele já tinha mas nunca tinha utilizado lol Ficou lindo de morrer o meu marido. (depois se quiseres mando-te as fotos para veres Smiley smile ) E as coisas que foi comprando dão para usar depois (excepto o blazer e as calças ahah)

    Make-Up e Cabelo - Foi oferta de umas colegas que abriram um salão e eu ajudei a fazer os logótipos e essas coisas todas e elas fizeram questão de oferecer. E foram lá a casa maquilhar-me a mim e á minha irmã e primas e amigas ehehe (visto que o casamento era às 3h tivemos bem tempo) e ficámos todas absolutamente lindas. (como digo há que dar oportunidade a quem quer ganhar mercado)

    Mesas de saída - na nossa terra utilizam-se as "mesas de saída" que é uma espécie de comida self-service em casa dos respetivos noivo e noiva, antes da cerimónia, como só casávamos às 3h aqui foi quase como que almoço pré-missa para os convidados de cada lado lol Foram os nossos pais que suportaram esta despesa, por opção deles, cada um em sua casa e à sua maneira.

    Basicamente isto dava um debate, de certeza que ia ajudar muitas noivas. E se calhar vou copiar e colar como debate ahah

    Mas o meu conselho é, com amor tudo é lindo, o nosso casamento não teve nada de luxos e toda agente amou de paixão. Aliás fiz um debate sobre isso há pouco tempo. Há muita coisa que pode ser evitada e planeada de forma diferente, basta pensar "fora da caixa", procurar soluções alternativas e perceber que não é preciso gastar muito dinheiro para este dia.

    Mas caso queiras saber valores e formas de gestão, e caso queiras os meus conselhos claro, podemos falar sem problema eheh


    Espero ter ajudado. Beijinhos




    • Responder
  • Marília
    Noiva Ativa Novembro 2019 Madeira
    Marília ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Olá Sílvia,
    Quando decidimos reduzir o número de convidados, é claro que algumas pessoas importantes para nós não estarão lá. Mas há sempre volta a dar. Para aquelas pessoas que gostaríamos mesmo de convidar podemos fazer um almoço simples e informal em casa, noutro dia. No casamento, em vez de quinta podes reservar um restaurante.
    Há que pensar se manter o número de convidados compensa o stress e o sacrifício financeiro.
    Beijinhos e espero que tudo corra bem
    • Responder
  • Catarina
    Destacada Agosto 2021 Madeira
    Catarina ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Eu apesar de ter esse receio, de chegar a altura e não ter dinheiro todo, estou a levar esta experiência calmamente. A nossa cabeça por vezes é o nosso pior inimigo e pensamentos negativos só atraem coisas negativas.
    Secalhar é melhor veres onde podes poupar , coisas que podes dispensar, que não fazem falta para o teu dia C ou então se existe maneira de as fazeres tu própria que, nornalmente , sai mais barato.
    • Responder
  • Milhinha
    Top das Noivas Outubro 2020 Madeira
    Milhinha Online ·
    • Denunciar
    Ola Sílvia! Eu e o noivo estabelecemos um orçamento e comprometemo-nos a cada um pagar metade. Os orçamentados tem-nos ajudado a fixar quem paga o quê. Em 18 meses conseguimos poupar para o nosso casamento de sonho. Mas estamos a ter algumas boas surpresas com prendas que não estávamos à espera! Bjs
    • Responder
  • Sílvia
    Noiva Constante Junho 2021 Póvoa de Varzim
    Sílvia ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Eu tenho 100 pessoas e já demos voltas e mais voltas e não dá mesmo para ser menos que isso. Já está super reduzido mesmo. Para além de que a maioria das quintas coloca um preço mais elevado por pessoa quando se trata de menos convidados, levando a compensar mais o preço para mais pessoas. Aliás, encontramos uma quinta que gostamos imenso a 60€ por pessoa e o mínimo que aceitam são 100 pessoas... Então, por aí, não dá muito mais para cortar... Infelizmente Smiley sad
    • Responder

Responda a este debate

×

Artigos relacionados