COVID-19 Continuamos ao seu lado nestes momentos. Consulte o nosso Centro de Ajuda.

Claudia
Noiva VIP Julho 2018 Leiria (Concelho)

Casamento com estrangeiro: o drama da conservatória

Claudia, a 9 de Março de 2018 às 09:40 Publicado em Fórum Organizar um casamento 1 34
Guardado Guardar
Responder
Bom dia meninas!
Já estamos em Portugal Smiley smile
Chegamos na quarta e fomos directamente à embaixada buscar os documentos do noivo. Ontem fomos à conservatória e pensámos que ficaríamos logo despachados.. Mas depois de meses a falar com a conservatória, presencialmente, por telefone e email, chegamos lá e lembram-se que afinal o noivo precisa ou de um passaporte, ou de um certificado de nacionalidade.. Coisa que nunca nos disseram antes. E que tecnicamente é uma ilegalidade, pois o noivo não precisa de nada disso, é apenas um "procedimento interno" da conservatória onde fui. Depois de sairmos de la de rastos, visto que o noivo não tinha passaporte e esse certificado demora imenso e não podia ficar pronto antes do casamento, combinamos com a conservatória abrir o processo uma semana antes do casamento, o que era assustador. Felizmente, a minha mãe mexeu uns cordelinhos e fomos a outra conservatória que não nos pediu nada dessas coisas, que nos disse que isso não fazia sentido nenhum, que iam ter uma reunião hoje nesse sentido e que abririamos o processo esta segunda. Foram espectaculares, a conservadora de uma simpatia extraordinária e sempre a sorrir ao contrário da anterior.. Faço este post como um alerta para todas as noivas que se casam com cidadãos estrangeiros mas de países da união europeia. Parece que cada conservatória pode pedir documentos diferentes e que se decidirem que querem documentos que não são necessários vocês têm de os levar na mesma.
Indo por partes:
Quando viemos a Portugal reservar a data na conservatória em Novembro, viram o cartão de cidadão do noivo, disseram que tendo isso ele não precisava de passaporte. Disseram apenas que ele precisava desse cartão, de um certificado de capacidade matrimonial, da certidão de nascimento original, e depois tudo traduzido para português com apostilha. Nós insistimos se tinham a certeza, tanto na altura, como mais tarde por mail e por telefone. No país do noivo perguntaram se não queríamos o certificado de nacionalidade mas como nos disseram que não era preciso, e estes documentos são caros, dissemos que não.
Ontem estivemos lá duas horas, em que a senhora negou isso tudo que nos disse, depois sentiu-se culpada e usou umas desculpas esfarrapadas de falta de entendimento.. Entretanto eu implorei se não podíamos abrir o processo de casamento e na semana antes do casamento, quando voltamos a Portugal, podíamos levar o passaporte, que o noivo ia fazer um. Ela diz que sim (notem, a conservadora, que é supostamente a pessoa mais alta da conservatória). Nós ficámos super felizes. Depois foi falar com uma senhora, e a outra que nos está a atender diz que afinal já não nos abre o processo porque se tiverem uma inspecção perde o trabalho.. Eu obriguei-os a escrever um papel com todos os documentos que precisava e assinado pela conservadora, e ficámos então de abrir o processo de casamento a uma semana antes.
O noivo de lágrimas nos olhos, eu num caco.
Lá fomos à outra conservatória, graças à minha mãe e às colegas de trabalho dela que nos apoiaram imenso e mexeram-se todos para encontrar uma solução. Notem que a minha mãe trabalha para o estado e todos lá concordaram que este procedimento da conservatória é incorrecto, porque mesmo que o noivo tivesse 50 nacionalidades diferentes, desde que uma fosse da união europeia, ele não precisa de certificado de nacionalidade nenhum e muito menos do passaporte, que é um documento de viagem e não de identificação.
Enfim, lá resolvemos as coisas e se tudo correr bem segunda feira venho aqui dar as boas notícias.
Para futuras noivas que precisem de documentos como eu, vou dizer-vos exactamente o que necessitam, para que não passem por este pesadelo, como eu :

- Certidão de nascimento do cidadão estrangeiro, original e apostilhada. Esta certidão tem de ser traduzida para português. Nós traduzimos na embaixada da Eslováquia em Portugal.

- Certificado de capacidade matrimonial : um papel em que diz que o noivo é capaz de casar por sua vontade, isto é, que não tem nenhum problema de saúde que o impossibilite de casar nas suas capacidades. No caso do meu noivo, o país dele não passa esse documento. Assim sendo, a embaixada dele (não tem de ser no país dele, as embaixadas em Portugal passam este documento) passa um chamado documento de recusa, onde diz que a Eslováquia não passa este certificado.

- Certificado de nacionalidade : basicamente é um documento que diz quais as nacionalidades que o cidadão tem.

-Passaporte: o passaporte faz com que não precisem de certificado de nacionalidade, da mesma forma que se tiverem o certificado de nacionalidade não precisam do passaporte, desde que o cidadão estrangeiro tenha um cartão de cidadão semelhante ao nosso português.

- O vosso cartão de cidadão.

É triste que não nos tenham explicado isto.. Viemos para cá e antes de irmos à outra conservatória sentimos que tínhamos vindo em vão.

Muito importante : a embaixada do noivo fez a tradução dos documentos. É importante que falem com a embaixada antecipadamente, pois eles às vezes já têm um modelo de tradução, visto que no caso do noivo as certidões de nascimento são todas iguais e só muda a informação pessoal, e assim têm tudo preparado. O cônsul tem de estar presente no dia em que vão buscar os documentos, por isso têm de agendar uma reunião para esse dia.

Conclusão : façam muitas perguntas, SEMPRE. E quando pedirem a informação de documentos precisem, peçam um documento escrito a dizer detalhadamente o que precisam, para depois não chegarem a Portugal e todos terem mudado de ideias!

PS - Hoje tenho a primeira prova do vestido e agora que sei, à partida, que abrimos o processo na segunda, temos todos os motivos para estar super felizes Smiley smile mas sem dúvida que ontem foi um dia terrível!

34 respostas

  • Hannah
    Noiva Ativa Março 2021 Santa Maria da Feira
    Hannah ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Acho que não podem casar na embaixada da França pois eles so devem realizar casamentos entre franceses (a brasileira sonrealiza entre dois brasileiros)...
    • Responder
  • Hannah
    Noiva Ativa Março 2021 Santa Maria da Feira
    Hannah ·
    • Denunciar
    Oh, mas que aborrecimento! No meu nosos caso a estrangeira sou eu...estou no Brasil por conta da pandemia mas cheia de medo de dar com os burros n'água pois já me falaram que poderia demorar até 06 meses para o SEF liberar o casamento... Todavia, se casarmos por procuração (o que daria jeito, por causa do fecho da fronteira), o casamento sai praticamente no mesmo mês. Não faz sentido nenhum...
    • Responder
  • Francys
    Noivo Novato Outubro 1999 Lisboa (Concelho)
    Francys ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Sou brasileiro e meu parceiro é francês. Moramos juntos em Portugal e queremos casar aqui mesmo. Você acha melhor ele pedir os documentos necessários para o casamento na embaixada de França aqui em Lisboa e só depois irmos à conservatória? Será que podemos casar na embaixada francesa diretamente?
    • Responder
  • J
    Noiva Principiante Junho 2021 Lisboa (Concelho)
    Joana ·
    • Denunciar

    Olá Claúdia e Noivas!

    Tenho uma situação semelhante - vou casar em Portugal, casamento religioso, com uma britânico não residente.

    Estou com medo porque me disseram agora na conservatoria em Lisboa que o processo vai demorar muito tempo porque ele é não residente - já alguém passou por isso e quanto tempo demorou?

    Como o nosso casamento é religioso temos de entregar o papel da conservatória na igreja aqui em londres para depois a igreja enviar para a igreja em Lisboa.

    Nós vamos começar o processo agora - 6 meses antes - é suficiente??

    Outras 2 perguntas:

    - A Claudia disse que reservou a data na conservatória antes de começar o processo - é preciso fazer isto?

    - A Certidão de nascimento do cidadão estrangeiro, original e apostilhada. Esta certidão tem de ser traduzida para português - É só a certidão original que tem de ser apostilhada, não a tradução?


    Agradecia mesmo as vossas informações - obrigada a todas!

    • Responder
  • Zélia
    Noiva Constante Maio 2021 Rio Maior
    Zélia ·
    • Denunciar

    Obrigada pelas dicas Cláudia. Parece mesmo um processo demorado Smiley sad

    • Responder
  • Repovik
    Lisboa (Concelho)
    Repovik ·
    • Denunciar

    Estou com um problema semelhante ... a que conservatória foste marcar o casamento?

    • Responder
  • RUTE
    Noiva Novata Agosto 2018 Terceira
    RUTE ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Mas como é que não lhe pediram o certificado de capacidade matrimonial, e a mim e meu noivo pedem ? Olhem nos estamos a espera faz agora um ano e desde que o nosso processo foi para Lisboa departamento jurídico nunca mais ninguém nos informou de absolutamente NADA!Estou furiosa e cansada de ser bem educada. Todos me respondem que não é da competência deles. Como é possível um documento levar tanto tempo? E pela lei do direito a informação eles são obrigados a dizerem onde e como está o processo. Mas vejam o cúmulo disto, que nem no registo civil obtém qualquer resposta e nem sabem onde me posso dirigir. Este país é inconcebível. Meu conselho é peça tudo por escrito. Eu vou ao ministério público pedir informações, e ao provedor da justiça, porque estou farta de andarem a gozar com a minha cara 😠😠😠😠😠😠E advogados não fazem nada e só levam dinheiro. Diga me como ficou o vosso processo? Boa sorte para todos que vivemos num país louco
    • Responder
  • Adryana
    Noiva Novata Dezembro 2019 Porto (Concelho)
    Adryana ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Olá sou brasileira e meu namorado português e queremos nos casar, estou em Portugal e ele na França porque ele trabalha lá e quer vim para o país dele casar comigo onde devemos ir primeiro, localidades documentos meus por favor me ajudem não temos orientação
    • Responder
  • Claudia
    Noiva VIP Julho 2018 Leiria (Concelho)
    Claudia ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Para nós, enviamos o original para o embaixada do meu marido, explicámos a urgência e quando chegámos a Lisboa já tinham tudo preparado..
    • Responder
  • Claudio
    Noivo Novato Julho 2019 Gondomar
    Claudio ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Ola Rute... eu e a minha namorada estamos a passar o mesmo. Eu sou português e ela indonésia... nao me pediram o certificado de capacidade matrimonial dela, só o certificado de nascimento e uma cópia documento de identificação dela mas quando questiono "prazo para..?" só respondem que demora imenso! Smiley sad

    Sabes alguma resposta de quanto tempo demora? já reparei que em certas embaixadas é de 5 a 15 dias...

    • Responder
  • Qasimalikhan0
    Noivo Novato Dezembro 2020 Aveiro (Concelho)
    Qasimalikhan0 ·
    • Denunciar

    Você está planejando se casar ou entrar em uma parceria registrada no exterior? Em caso afirmativo, verifique se isso é permitido pela lei do país em questão. Para descobrir, você deve consultar a autoridade estrangeira responsável pela realização de casamentos e registro de parcerias. Você não pode se casar em uma embaixada ou consulado holandês no exterior. Se você deseja registrar sua certidão de casamento estrangeira ou certificado de parceria registrada na Holanda, você provavelmente precisará primeiro ter seu certificado estrangeiro legalizado. Isso pode ser feito pelas autoridades do país onde você se casou. A embaixada ou consulado holandês naquele país pode então também precisar legalizar a certidão de casamento ou o certificado de parceria registrada. Você pode descobrir mais sobre o que você precisa fazer nas informações de legalização para esse país. https://estamoscuriosos.me/questions/15342/recusa-de-visto-de-casamento-e-condicoes-fechadas

    • Responder
  • RUTE
    Noiva Novata Agosto 2018 Terceira
    RUTE ·
    • Denunciar
    Olá a todos! Eu estou a espera do certificado de capacidade matrimonial para casar com um árabe da Tunísia. Eles complicam muito e na conservatória de Lisboa são mal educados e não dizem como está o processo. Estamos há 5 meses à espera e entretanto há documentos que vão expirar. Também temos de fazer um investimento financeiro, não é nada barato casar no estrangeiro. Não sei o que fazer. Alguém sabe se existe um decreto lei com um prazo para obtermos o certificado de capacidade matrimonial? Estamos um pouco cansados desta desinformação. Queremos organizar 9 casamento para o verão e estamos a ficar sem tempo...
    • Responder
  • Luyana
    Noiva Ativa Setembro 2019 Lisboa (Concelho)
    Luyana ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Muchas gracias Claudia!
    Vamos ligar e juntar todas as informações Smiley winking

    • Responder
  • Claudia
    Noiva VIP Julho 2018 Leiria (Concelho)
    Claudia ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Pois eu vivo na Irlanda por isso não sei bem como será em Portugal Smiley sad o estado civil suponho que tenhas de ir à loja do cidadão para alterar, e talvez tenhas de traduzir a certidão de casamento, mas sei que há alguns países que não precisam de tradução, talvez Espanha seja um deles. O meu conselho é que ligues para uma conservatória em Portugal e pecas estas informações todas, porque as vezes cada uma faz as suas regras ;(
    • Responder
  • Luyana
    Noiva Ativa Setembro 2019 Lisboa (Concelho)
    Luyana ·
    • Denunciar

    Uiiii!!!

    Que experiência!
    Vou casar em Espanha e depois seguimos para Portugal para ver o que é preciso fazer lá.
    Foi preciso apresentar algum documento em PT? Por exemplo um certificado de casamento para que o reconheçam lá? e para mudar o estado civil no Cartão de cidadão?


    Obrigada!!


    • Responder
  • Mariana
    Noiva Constante Julho 2018 Faro (Concelho)
    Mariana ·
    • Denunciar

    Eu fiz as coisas muito simplesmente:

    - Fui à conservatoria de Faro marcar apenas a data e hora. Nenhum papel foi tratado la'!

    - Fui ao Consulado português em Marselha, que vai tratar de TODA a papelada. O processo sera' feito la' e transmetem informaticamente à conversatoria de Faro. Para o noivo so' pediram bilhete de identidade, certificado de capacidade matrimonial (que vai ser dado pela Embaixada francesa de Lisboa) e comprovativo da nossa residência. Disseram que podem fazer o processo até na semana antes do casamento que não ha' problema nenhum!

    - Enviei o meu dossier de casamento à Embaixada francesa de Lisboa para o certificado de capacidade matrimonial do noivo que é francês

    - Ponto final, toda a gente fica feliz!

    Para mim, para os estrangeiros, o mais simples é tratar da papelada do casamento numa embaixada ou consultado português no pais onde se vive


    • Responder

Escolheste . Escreve um comentário e adiciona mais detalhes à tua escolha 👇

×

Artigos relacionados