COVID-19 Continuamos ao seu lado nestes momentos. Consulte o nosso Centro de Ajuda.

Isa
Administradora Porto (Concelho)

A DGS anuncia um novo guia para a celebração dos casamentos

Isa, a 18 de Junho de 2020 às 15:36

Publicado em Fórum Casamentos.pt 71

Olá Comunidade! O amor provou que, mais uma vez, supera tudo. Após vários meses de medos e incertezas sobre o futuro dos casamentos, o grande dia de milhares de casais portugueses volta a ser uma realidade. Depois da resolução do Conselho de Ministros, a Direção-Geral de Saúde (DGS) divulgou...

Olá Comunidade!

O amor provou que, mais uma vez, supera tudo. Após vários meses de medos e incertezas sobre o futuro dos casamentos, o grande dia de milhares de casais portugueses volta a ser uma realidade.


Depois da resolução do Conselho de Ministros, a Direção-Geral de Saúde (DGS) divulgou finalmente normas específicas que abrangem o setor nupcial no Guia de Recomendações por Tema e Setor de Atividade. Há novas orientações específicas, mas o setor ainda continua a seguir as normas de restauração. Porém, recomendamos que estejam sempre atentos às notícias e às novas orientações das autoridades, uma vez que as diretrizes mudam constantemente, de acordo com a evolução da abertura económica ou novos acontecimentos relacionados com o vírus >> artigo 5º da Resolução do Conselho de Ministros n.º 45-B/2020


Para que todos os noivos estejam informados sobre as medidas de segurança e higiene exigidas pelo órgão, preparamos o seguinte resumo:


👉Medidas de segurança para o espaço

Além de exigir o cumprimento das normas de higiene por parte dos cidadãos e funcionários e elaborar um plano de contingência próprio para a COVID-19 (orientação nº 006/2020), os estabelecimentos devem assegurar que todas as pessoas que trabalham e que vão frequentar o mesmo estão sensibilizadas para o cumprimento das novas regras. Entre os pontos mais importantes, estão estes:



◼ Igualmente, os estabelecimentos devem adotar medidas que assegurem o distanciamento entre pessoas seguindo as seguintes orientações:

    • >> O atendimento em balcão deve fazer-se com a distância de pelo menos 1 metro (idealmente 2) garantindo a sinalização devida e através de barreiras físicas que limitem a proximidade (orientação nº 011/2020).


    • >> Deve-se considerar a possibilidade de estabelecer, no interior dos estabelecimentos, algumas barreiras físicas que limitem a proximidade entre pessoas (ex.: colocação de “elementos separadores” que evitem uma aproximação excessiva entre indivíduos) (orientação nº 011/2020).


    • >> No caso de ser necessário proceder à entrega direta de materiais, o responsável deverá evitar, no limite das suas possibilidades, o contacto direto com as pessoas ou seus objetos pessoais (orientação nº 011/2020).


    • >> Dispor, sempre que possível, as cadeiras e as mesas de forma a garantir uma distância de, pelo menos, 2 metros entre as pessoas (orientação nº 023/2020).


>> Oferecer uma solução antisséptica de base alcoólica - SABA – em locais como os dispensadores de senhas, e incentivar o seu uso (através de, por exemplo, pósteres e cartazes) (orientação nº 011/2020).


>> Identificar pessoas vulneráveis (por exemplo, idosos com mais de 65 anos e com limitações físicas ou mentais perceptíveis, grávidas, acompanhantes de crianças de colo com idade igual ou inferior a 2 anos) e aplicar a legislação referente ao atendimento prioritário (orientação nº 011/2020).


  • >> Os lugares em pé, pela dificuldade de garantir a distância entre as pessoas, estão desaconselhados, assim como o self-service, buffets e dispensadores de alimentos que impliquem contato (orientação nº 023/2020).


  • >> Deve-se retirar os motivos decorativos nas mesas (orientação nº 023/2020).

  • >> Assegurar uma boa ventilação e renovação frequente de ar (orientação nº 023/2020).


  • >> A circulação das pessoas para as instalações sanitárias, que devem ocorrer em circuitos onde seja possível manter a distância adequada (orientação nº 023/2020).


  • >> Seguir as regras de desinfecção da orientação nº 014/2020.


Em relação aos convidados

Relativamente às cerimónias religiosas, é necessário ter em consideração as diretrizes da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) e as diretrizes da orientação número 029/2020 relativa aos cultos. Em suma, o mais importante é manter a distância de 2 metros, usar máscara, não se deslocar a cerimónias religiosas em caso de suspeita de covid-19 e seguir as orientações de entrada, saída e gerais dos responsáveis pela organização da cerimónia e do local.

>> É necessário usar a máscara segundo a orientação nº 019/2020 (principalmente em relação ao artigo 8).

Para obter informações mais detalhadas sobre o novo guia da DGS, podem consultar o documento original e todos os links anexos.

cfb_602437.jpg

📷 Profoto Studios


71 respostas

  • Andreia
    Noiva Ativa Agosto 2020 Azambuja
    Andreia ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Nós também vamos fazer semelhante, apenas cerimónia civil este ano com familia próxima (16 pessoas se possível) e a festa com 120 convidados adiámos para Agosto de 2021. Continuo descansada e em paz que foi a melhor decisão 🙏
    • Responder
  • Vanessa
    Noiva Constante Setembro 2020 Braga (Concelho)
    Vanessa ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Sara,

    É com surpresa que leio o seu comentário! Obrigada pela partilha.

    Esse caso que fala no Algarve saiu nos jornais? Tem a notícia para eu ler?

    Obrigada!

    • Responder
  • Vanessa
    Noiva Constante Setembro 2020 Braga (Concelho)
    Vanessa ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Mas não era suposto permitirem os casamentos (claro, que com certas limitações, como por exemplo 50% da capacidade, etc)?

    Porque não a deixam fazer?

    • Responder
  • Vanessa
    Noiva Constante Setembro 2020 Braga (Concelho)
    Vanessa ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Susana,

    Vai casar pela igreja e pelo civil também? e no próximo ano faz a festa (e com renovação dos votos)?

    • Responder
  • Dina
    Noiva Principiante Julho 2020 Sines
    Dina ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Eu não sei o que dizer a minha quinta diz q não pode fazer enviei e-mail a delegada de saúde e tb disse q não era permitido, já não sei o q faça o dia está a chegar 25 de julho são bodas de prata e não sei o que dizer aos convidados.
    • Responder
  • Susana
    Noiva Novata Julho 2020 Lisboa (Concelho)
    Susana ·
    • Denunciar
    Eu adiei a minha grande festa para o ano, mas o religioso vou manter, será daqui a 9 dias. 13 convidados é o que terei, mas acredito que será um dia muito feliz. Estou já muito ansiosa🥰
    • Responder
  • S
    Noiva Ativa Outubro 2020 Lisboa (Concelho)
    Sofia ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Sim é o que tenho feito...o que tiver de ser será 😉 obrigada
    • Responder
  • Isa
    Administradora Porto (Concelho)
    Isa Online ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá querida Sofia! Depois da tempestade, vem a bonança. Muita força e continua em contato com os fornecedores do teu casamento para saber quais as restrições que eles tencionam adotar. Um beijinho grande Smiley heart

    • Responder
  • Isa
    Administradora Porto (Concelho)
    Isa Online ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Olá Adriana! Força para vocês 😘🌈 Vamos conseguir ultrapassar tudo isto. Obrigada por partilhares a tua experiência connosco. Beijinhos!

    • Responder
  • Adriana
    Noiva Ativa Julho 2021 Santa Maria da Feira
    Adriana ·
    • Denunciar
    Parece tudo um pesadelo este ano. Infelizmente decidimos adiar o nosso casamento que estava planeado para o dia 7 de Agosto 2020 para o ano 2021. Estou muito tristes sobre esta situação, mas penso que foi melhor porque não queríamos casar com restrições... e tenho a sensação que cada dia que passa, há mais restrições. 😔


    Muita coragem, tenho fé que tudo vai ficar bem novamente! 😘
    • Responder
  • S
    Noiva Ativa Outubro 2020 Lisboa (Concelho)
    Sofia ·
    • Denunciar
    Obrigada pela informação, isto é assustador...eu so caso em outubro e vou esperar ate mais perto para decidir se caso ou nao...porque com tanta coisa o dia de sonho mais parece um pesadelo...a todas as noivas muita força e coragem 😕🙏
    • Responder
  • Soraia
    Noiva Principiante Setembro 2020 Mação
    Soraia ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Https://dre.pt/pesquisa/-/search/134889278/details/maximized


    O que está em vigor é o que está na lei basta abrir o link que lhe enviei e ler especialmente a partir do artigo 12 que é bem explícito as regras a aplicar e como são aplicadas.Cumprimentos Luís Marques
    • Responder
  • Renata
    Noiva Curiosa Junho 2021 Montijo
    Renata ·
    • Denunciar

    Se as quintas vão ter as mesmas regras da restauração, então o uso de máscara pelos convidados quando se levantam da mesa devia ser obrigatório (excepto se for ao ar livre) porque é assim num restaurante actualmente. Se juntarmos: álcool, pessoas felizes (porque é um dia de alegria e partilha), 100 pessoas (dependendo do tamanho da quinta) e música (porque ao que parece a animação, música será permitida)....não me parece que vá haver grande distanciamento social.

    • Responder
  • Krizitah
    Destacada Julho 2021 Lisboa (Concelho)
    Krizitah ·
    • Denunciar

    Que bela informação!!!

    • Responder
  • S
    Coimbra (Concelho)
    Sara ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada
    Boa tarde
    Infelizmente isso não é verdade. É só mesmo 20 pessoas maximas para eventos. Não se reje da mesma maneira que as regras do restaurante. Porque segundo a DGS um casamento é apenas um grupo. Enquanto num restaurante os clientes entram e saem e não são da mesma família nem do mesmo grupo e só ficam por mesa famílias. Num casamento sabemos que não funciona assim. Podemos ver o exemplo que aconteceu este fim de semana no Algarve. É a mesma coisa. O responsável da Quinta leva um processo crime e fecham lhe o restaurante de imediato, multas para os noivos e os convidados seram todos obrigados a ser testados com exames. Estas informacoes obtive através do comandante do posto de GNR, com engenheiros de segurança alimentar e com advogado responsável no assunto. Espero ter ajudado.
    Vamos esperar que isto passe para voltarmos a normalidade
    • Responder
  • Isa
    Administradora Porto (Concelho)
    Isa Online ·
    • Denunciar
    Ver mensagem citada

    Sim, toda a razão. Ainda está tudo muito confuso e cada um tira as suas próprias conclusões mas o recomendado é que os noivos entrem em contato com a quinta e que sigam as indicações da mesma, eles sabem melhor do que ninguém que restrições podem ou não aplicar. Obrigada pela informação Luís! Um bom fim de semana Smiley smile

    • Responder

Escolheste . Escreve um comentário e adiciona mais detalhes à tua escolha 👇

×