Dulce Araújo Studio

Agora que já mostraram o anel de noivado a toda a gente, está na hora de mergulhar de cabeça nos preparativos para o grande dia! De entre todas as tarefas, fazer e enviar os convites de casamento é uma das mais importantes. Afinal, é neste pequeno grande detalhe que poderão dar "pistas" sobre o vosso enlace, tanto no que diz respeito à localização como ao dress code. No entanto, existem algumas diretrizes que devem ser cumpridas, de forma a que o convite possa dar toda a informação revelante e não suscitar dúvidas a quem o receba. Portanto, se já sabem onde e quando vão trocar as alianças de casamento, leiam atentamente este artigo: 

Biju Bouquet

1. Demasiada informação visual

Sabemos que o mercado está repleto de convites de casamento originais, que combinam as mais maravilhosas cores, caligrafias e ilustrações. No entanto, é importante que se foquem num único estilo e que consigam um convite clean e harmonioso. Escolham um design que espelhe o tema do vosso dia C - seja ele vintage, rústico ou industrial chic - e priorizem a simplicidade. Afinal, a principal função deste elemento é informar. 

2. Conteúdo pobre (ou excessivo!)

Agora que já escolheram o estilo dos vossos convites, está na hora de personalizá-los com toda a informação relevante para o vosso dia C. Neste ponto, é muito importante que não pequem pelo excesso... nem pela carência! Adicionem todos os dados imprescindíveis - horário da cerimónia, morada, local do copo de água, etc - e toda aquela informação que considerem necessária. Mas não entrem em grandes detalhes nem se percam em frases românticas e longas... Estes pormenores ficarão melhor no vosso site de casamento, por exemplo. Finalmente, tenham também atenção à gramática e ortografia. Afinal, ninguém quer defrontar-se com um erro imperdoável após ter encomendado centenas de convites, não é...?

Plim Papier

3. Dar demasiado tempo de resposta

Geralmente, os convites indicam também o prazo limite para confirmar - ou recusar - a presença no grande evento. Os noivos costumam dar alguns meses de manobra e, tal como está provado, esta tolerância apenas faz com que muitos dos convidados se esqueçam de responder. O nosso conselho? Definam o prazo do RSVP para três ou quatro semanas após o recibimento do convite de casamento. Este período é mais que suficiente para que cada convidado verifique o seu calendário e se comprometa - ou não - com o vosso evento. 

4. Não especificar quem está convidado

Ok, não é necessário fazer um convite de casamento para cada pessoa. Mas também não é recomendável que, ao elaborar um convite para uma família ou casal, não especifiquem o nome de todos os convidados. Se for um casamento sem crianças, coloquem no convite um aviso para este facto - sobretudo se o convite for endereçado à família. Se querem convidar toda a gente - país, filhos, etc - também é recomendável que identifiquem cada nome, de forma a que ninguém fique com dúvidas. Do mesmo modo, se estiverem dispostos a aceitar um plus one, é aconselhável que o indiquem no convite. 

Casa Stop Eventos

5. Anexar a lista de casamento no convite

Se decidiram ter uma lista de casamento - ou seja, uma lista onde indiquem os presentes de casamento que gostariam de receber - é de bom tom que esta não esteja incluída no convite. Em vez disso, coloquem o link para o vosso site ou para a vossa lista de casamentos em Casamentos.pt. Esta é uma forma muito mais sutil e elegante - já para não dizer moderna! - de fazer referência à lista. 

6. Encomendar poucos convites

Quando estiverem prestes a encomendar os convites de casamento, lembrem-se de pedir alguns extra (a nossa recomendação? 25% dos convites). Deste modo estarão preparados para fazer frente a qualquer imprevisto - seja um convite que nunca chegou ao destino ou uma nova pessoa que decidam convidar para o evento. Esta filosofia também deve ser aplicada às prendas de casamento e à comida do copo de água. Afinal de contas, é melhor sobrar do que faltar... 

Paper Rabbit

7. Enviar os convites demasiado tarde

Como podem imaginar, o "tarde" é muito relativo, já que depende de variados factores. Regra geral, os convites devem ser enviados com umas 12 semanas de antecedência, para que todos os convidados possam preparar-se para o evento. No entanto, se se tratar de um destination wedding, o mais correto será enviar os convites com 6 meses - ou até um ano - de antecedência. Se têm medo de falhar com a entrega dos convites, optem por fazer um Save The Date e enviá-lo por e-mail ou whatsapp. Deste modo, os vossos convidados já poderão contar com o evento. 

Paprika

Já reuniram muitas ideias para os convites de casamento? Então escolham aquela que melhor se adapta ao estilo do vosso dia C e comecem a personalizá-lo! Acima de tudo, lembrem-se que este elemento serve para informar os vossos convidados e que, por isso mesmo, deve ser facilmente compreensível e direto. Se o vosso enlace tiver algum particularidade - que será uma festa sem crianças ou com um dress code específico para os vestidos de cerimónia - não se esqueçam de mencioná-lo. De resto, se seguirem as indicações fornecidas, temos a certeza de que os vossos convites serão perfeitos!